Minoxidil: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Atualizado em maio 2023
  1. Para que serve
  2. Como funciona
  3. Como usar
  4. Efeitos colaterais
  5. Contraindicações
  6. Marcar Consulta

O minoxidil é uma substância que estimula o crescimento capilar, sendo indicado para o tratamento e prevenção da queda de cabelo androgênica. O minoxidil aumenta o calibre dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação sanguínea no escalpe. Além disso, ajuda a prolongar a fase anágena do fio, que é quando acontece o nascimento e crescimento do cabelo.

Em algumas situações, e caso o médico assim o recomende, a solução de minoxidil também pode ser usada para engrossar e preencher falhas nas sobrancelhas e na barba.

O minoxidil está disponível para venda com diferentes nome comerciais, como Aloxidil, Rogaine, Pant ou Kirkland, por exemplo, podendo ainda ser manipulado na farmácia. Antes de utilizar minoxidil deve-se falar com o médico, para entender as contraindicações e efeitos colaterais que podem surgir.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O minoxidil está indicado para o tratamento e prevenção da queda de cabelo androgênica. Em alguns casos, pode ainda ser aconselhado pelo médico para engrossar e preencher falhas na barba e nas sobrancelhas.

Como funciona o minoxidil

Ainda não se sabe ao certo qual o mecanismo de ação do minoxidil. Inicialmente, esta substância era utilizada para baixar a pressão arterial em pessoas hipertensas, já que o minoxidil tem uma ação vasodilatadora. Só depois se descobriu que um dos efeitos colaterais nestas pessoas era o crescimento do cabelo.

Assim, o minoxidil passou a ser usado em solução no couro cabeludo, devido à sua ação vasodilatadora, que melhora a circulação sanguínea, promovendo a absorção de nutrientes no bulbo capilar. Sabe-se ainda que esta substância prolonga a fase anágena, que é a fase do ciclo capilar em que ocorre nascimento e crescimento dos fios.

Como usar

O uso de minoxidil só deve ser utilizado sob orientação médica. Geralmente, conforme a região a tratar, o minoxidil deve ser usado da seguinte forma:

1. Cabelo

Para tratar a queda de cabelo, a solução de minoxidil pode ser aplicada diretamente na pele do couro cabeludo seco, nas regiões em que o cabelo está mais fraco, com a ajuda de uma massagem, duas vezes ao dia. Saiba como usar o minoxidil no cabelo.

Geralmente, a quantidade que é aplicada de cada vez é de cerca de 1 mL e a duração do tratamento pode ser de cerca de 3 a 6 meses ou conforme indicação do clinico geral ou dermatologista.

2. Barba

Embora os fabricantes da solução de minoxidil não recomendem a aplicação do produto em outras regiões além do couro cabeludo, em alguns casos, o dermatologista pode recomendar a aplicação do produto na barba. Veja quando usar o minoxidil na barba.

Para preencher falhas da barba, o minoxidil pode ser aplicado da mesma forma que é aplicado no couro cabeludo, mas neste caso, o produto deve ser aplicado primeiro nas mãos e depois nas regiões da barba que se pretende tratar. Lavar as mãos após a aplicação do minoxidil na barba.

Depois de aplicar o produto, a pessoa deve passar um produto hidratante e nutritivo, como um óleo de coco ou amêndoas doces, por exemplo, para evitar o ressecamento e reduzir o cheiro do medicamento, já que ele tem uma grande quantidade de álcool, que seca a pele.

3. Sobrancelha

Os fabricantes da solução de minoxidil não estão autorizadas para recomendar a utilização do produto noutras regiões além do couro cabeludo, no entanto, em alguns casos, o dermatologista pode recomendar a aplicação do produto nas sobrancelhas, de forma segura.

O minoxidil também pode ser usado para engrossar as sobrancelhas, aplicando a solução com a ajuda de um cotonete. Depois de aplicar o produto, também se pode passar um óleo na sobrancelha, para que não fique ressecada. Saiba como fazer sobrancelha crescer e engrossar.

Em todas as situações, depois da aplicação do minoxidil, deve-se usar um produto que evite o ressecamento da pele, é aconselhado lavar bem as mãos depois da aplicação, ter cuidado com a região dos olhos e evitar usar mais de 2 mL da solução por dia.

Possíveis efeitos colaterais

Em alguns casos a solução de minoxidil pode causar efeitos colaterais como reação alérgica local, coceira, pele seca, descamação do couro cabeludo e crescimento de pelos em outras partes do corpo, como orelhas, testa e buço.

Em alguns casos, pode ocorrer aumento da queda de cabelo, que geralmente é temporária, e pode ocorrer cerca de 2 a 6 semanas após o início do tratamento, melhorando após algumas semanas. No entanto, se a queda de cabelo continuar por mais de 2 semanas, deve-se interromper o uso do minoxidil e informar ao médico para que o tratamento seja reavaliado.

Quem não deve usar

O minoxidil não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação, ou que tenham alergia ao minoxidil ou qualquer outro componente da fórmula. A solução do minoxidil a 5% só deve ser usada por mulheres sob a orientação do médico.

O uso do minoxidil não é indicado se a pele ou o couro cabeludo estiverem inflamados, irritados, doloridos ou em casos de queimaduras ou dermatites.

Além disso, por conter álcool na sua composição, o uso do minoxidil não é recomendado para pessoas em tratamento de alcoolismo que fazem uso do remédio dissulfiram.

Marque consulta com um Dermatologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 7 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

*Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Sergipe e Distrito Federal

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender