Permanganato de potássio: para que serve e como usar

março 2022

O permanganato de potássio é um remédio antisséptico, com ação antibacteriana e antifúngica, indicado para o tratamento de dermatites, eczema, brotoejas, ou feridas superficiais, pois ajuda a secar a pele, aliviar a coceira e facilitar a cicatrização de feridas, como a catapora, por exemplo.

Além disso, o banho de permanganato de potássio também pode ser usado para ajudar no tratamento de candidíase vaginal, vulvovaginite ou vaginite, desde que com orientação médica.

O permanganato de potássio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos para diluir em água e fazer banhos ou compressas, não devendo ser ingerido por via oral. Esse remédio deve ser usado com indicação médica e é vendido apenas com prescrição, pois pode causar efeitos colaterais como irritação ou queimaduras na pele.

Para que serve

O permanganato de potássio é indicado para uso externo em banhos nos casos de dermatites, eczema, abscessos, brotoejas, lesões na pele com secreção, como feridas ou bolhas de catapora, ajudando a secar a pele e aliviar a coceira.

Esse remédio também pode ser indicado para auxiliar no tratamento da candidíase, vulvovaginite ou vaginite, na forma de banho de assento, de acordo com a orientação médica.

Como usar 

O permanganato de potássio deve ser usado somente via tópica, ou seja, sobre a região da pele afetada, não devendo ser ingerido por via oral.

Para diluir o permanganato, deve-se adicionar 1 comprimido de 100 mg em cerca de 1 a 4 litros de água natural ou morna, dependendo do problema a tratar e da indicação do médico. A diluição do comprimido deve ser feita para evitar irritação ou manchas na pele, se o permanganato for aplicado puro. Por isso, também é recomendado que o comprimido seja removido do envelope no momento do uso, sem que se tenha contato do comprimido puro com os dedos. A solução diluida de permanganato de potássio deve ser usada imediatamente após o preparo e descartada qualquer quantidade não utilizada.

Caso a pessoa esteja a usar o produto pela primeira vez, deve-se fazer um teste para saber se tem alergia a esse remédio, passando um pouco da solução diluída de permanganato de potássio numa pequena região da pele, como no dorso da mão, por exemplo. Se a pele ficar vermelha ou irritada, não é recomendado o uso do permanganato de potássio.

Depois disso, a solução pode ser usada para preparar banhos ou compressas, da seguinte forma:

1. Banho de permanganato de potássio

O banho de permanganato de potássio deve ser feito com a solução diluída, colocando-a em uma bacia ou banheira, e permanecer dentro da solução por cerca de 10 minutos, ou colocar a solução em uma vasilha e enxaguar o corpo, do pescoço para baixo, devendo-se evitar ao máximo o contato com o rosto, e aguardar por no máximo 10 minutos.

Após o banho, deve-se secar a pele com uma toalha limpa, seca e macia, para que não cause irritação na pele.

O banho de permanganato de potássio pode ser feito todos os dias, até que as feridas desapareçam ou conforme orientação do médico.

2. Banho de assento com permanganato de potássio

Para fazer o banho de assento com permanganato de potássio, deve colocar a solução diluída dentro de uma bacia limpa e seca, e permanecer sentado dentro da bacia, durante alguns minutos. Em alternativa, pode-se utilizar o bidê ou uma banheira.

O banho de assento com permanganato de potássio deve ser feito somente com indicação médica, pois pode alterar o pH vaginal e levar ao desequilíbrio da flora natural da região íntima, especialmente dos bacilos de Doderlein, aumentando o risco de infecções por fungos e bactérias. Entenda as funções dos bacilos de Doderlein para a flora vaginal

3. Compressas de permanganato de potássio

Uma outra forma de usar a solução de permanganato de potássio, principalmente em idosos e bebês, é fazendo compressas.

Para utilizar a compressa de permanganato, deve-se molhar uma gaze ou um pano limpo na solução diluída de permanganato de potássio e passar a compressa sobre a região da pele afetada, deixando agir por no máximo 10 minutos.

Cuidados durante o tratamento

É importante não segurar o comprimido diretamente com os dedos, abrindo a embalagem e deixando cair o comprimido dentro da bacia onde está a água, por exemplo. Os comprimidos são corrosivos e não devem entrar em contato direto com a pele por poder causar irritação, vermelhidão, dor, queimaduras severas e manchas escuras nos locais de contato. No entanto, quando devidamente diluído, o permanganato de potássio é seguro e não causa nenhum dano à pele.

Deve-se ter o cuidado de não deixar o produto entrar em contato com os olhos, porque os comprimidos ou a água muito concentrada, pode causar irritação severa, vermelhidão e visão borrada. 

Os comprimidos também não podem ser ingeridos, mas caso isso aconteça não se deve induzir o vômito, sendo mais recomendado beber grandes quantidades de água e ir ao pronto socorro o mais rápido possível. 

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o uso do permanganato de potássio, são irritação, queimaduras, dor, vermelhidão, coceira ou manchas na pele, especialmente quando a solução diluída é utilizada por mais de 10 minutos. 

O permanganato de potássio é de uso exclusivamente externo e nunca deve ser ingerido, pois tem um efeito cáustico. No caso de ingestão acidental do comprimido ou contato da solução diluída com a boca, podem surgir irritação das vias digestivas, vômitos, náuseas, dor abdominal e diarreia, além de também poder alterar a cor da boca, sendo recomendado procurar ajuda médica imediatamente ou o pronto socorro mais próximo.

Além disso, também deve-se procurar ajuda médica, caso se tenha contato acidental da solução diluída ou do comprimido de permanganato de potássio com os olhos, e sintomas como irritação severa nos olhos, vermelhidão e visão borrada.

Quem não deve usar

O permanganato de potássio não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham alergia ao permanganato de potássio ou qualquer outro componente da fórmula.

Além disso, deve-se evitar o uso do permanganato de potássio em áreas como o rosto, principalmente perto dos olhos. Também não se deve segurar os comprimidos diretamente com as mãos, para evitar irritação, vermelhidão, dor ou queimaduras.

O permanganato de potássio não deve ser ingerido por via oral, sendo seu uso exclusivamente externo. 

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • BRITISH ASSOCIATION OF DERMATOLOGISTS. How to use potassium permanganate solution soaks. 2018. Disponível em: <https://www.bad.org.uk/shared/get-file.ashx?id=3637&itemtype=document>. Acesso em 31 mar 2022
  • PUBCHEM. Potassium permanganate. Disponível em: <https://pubchem.ncbi.nlm.nih.gov/compound/potassium_permanganate>. Acesso em 31 mar 2022
Mostrar bibliografia completa
  • RAI, V. What is the evidence for the use of potassium permanganate for wound care?. Drug Ther Bull. 58. 5; 71-74, 2020
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.