Infliximabe: para que serve, como usar e efeitos colaterais

novembro 2022
  1. Para que serve
  2. Efeitos colaterais
  3. Contra-indicações

O infliximabe é um anticorpo monoclonal anti reumático indicado para o tratamento de doenças autoimunes, como artrite reumatoide, psoríase ou doença de Crohn, por exemplo.

Esse remédio age bloqueando a ação da proteína TNF-alfa, que está relacionada a processos inflamatórios crônicos no corpo, e, desta forma, ajuda a reduzir os sintomas dessas doenças e melhorar a qualidade de vida.

O infliximabe pode ser fornecido gratuitamente pelo SUS, ou fornecido por planos de saúde, encontrado com o nome comercial Remicade, na forma de pó, contendo 100 mg de infliximabe, que deve ser diluído e aplicado diretamente na veia, em hospitais ou clínicas especializadas, por um enfermeiro, sob supervisão médica.

Para que serve

O infliximabe é indicado para:

  • Artrite reumatoide;
  • Artrite psoriática;
  • Espondilite anquilosante;
  • Psoríase;
  • Doença de Crohn em adultos ou crianças;
  • Doença de Crohn fistulizante;
  • Colite ulcerosa;
  • Retocolite ulcerativa.

O infliximabe ajuda a reduzir a inflamação no corpo, melhorar a cicatrização das mucosas, prevenir lesões nas articulações, reduzir os sintomas dessas doenças e a melhorar a qualidade de vida.

Esse remédio deve ser usado somente com indicação médica, pelo tempo de tratamento orientado pelo médico, de acordo com a condição a ser tratada.

Como usar

O infliximabe deve ser aplicado por um enfermeiro em hospitais, clínicas especializadas ou postos de saúde, por via intravenosa, ou seja, diretamente na veia, sob supervisão médica.

As doses normalmente recomendadas para adultos com mais de 18 anos variam de acordo com a condição a ser tratada e incluem:

  • Artrite reumatoide: a dose inicial normalmente recomendada é de 3 mg por Kg de peso corporal, administrada por no mínimo 2 horas. Essa dose pode ser aumentada pelo médico para até 10 mg por Kg de peso corporal;
  • Espondilite anquilosante, artrite psoriática, psoríase ou doença de Crohn, colite ou retocolite ulcerativa: a dose normalmente recomendada é de 5 mg por Kg de peso corporal, administrada por no mínimo 2 horas.

No caso do tratamento da doença de Crohn em crianças entre 6 a 17 anos, a dose normalmente recomendada é de 5 mg por cada Kg de peso corporal, podendo essa dose ser aumentada pelo pediatra para até 10 mg por Kg de peso corporal, de acordo com a resposta ao tratamento.

As doses devem sempre ser indicadas e calculadas pelo médico e podem ser repetidas, nas semanas 2, 6 ou 8 após a primeira dose, dependendo da condição a ser tratada. Após a administração do infliximabe, o médico deve solicitar aguardar 1 hora no hospital, para acompanhar o surgimento ou não de reações alérgicas.

Cuidados de armazenamento

O infliximabe deve ser armazenado sob refrigeração, a uma temperatura entre 2 a 8ºC.

No caso da pessoa buscar o infliximabe fornecido pelo SUS, é importante levar um recipiente de isopor ou bolsa térmica com gelo, para transportar esse remédio.

Se a administração não for feita no mesmo dia em que se buscou o infliximabe, ao chegar em casa, deve-se retirar o remédio do isopor ou bolsa térmica e armazenar na geladeira. É aconselhado não guardar na porta da geladeira, pois ao abrir e fechar a porta constantemente, pode causar variações de temperatura no infliximabe.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns do infliximabe são reações alérgicas durante ou até 2 horas após a administração do medicamento, que podem ser percebidas através de sintomas como:

  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dor no peito;
  • Dificuldade para respirar;
  • Falta de ar;
  • Diminuição ou aumento da pressão arterial;
  • Vermelhidão, coceira e inchaço na pele.

Esses sintomas devem ser comunicados imediatamente ao enfermeiro ou ao médico para que se possa prestar os primeiros socorros imediatamente.

O infliximabe também pode causar reações alérgicas tardias, cerca de 3 a 12 dias após sua administração, causando sintomas como febre, vermelhidão na pele, dor de cabeça, dor nos músculos ou nas articulações, inchaço nas mãos ou rosto, ou dificuldade para engolir. Na presença desses sintomas, deve-se procurar ajuda médica imediatamente ou o pronto-socorro mais próximo.

Além disso, o infliximabe pode diminuir a capacidade do organismo para combater infecções, deixando o organismo mais vulnerável ou piorando infecções já existentes.

Quem não deve usar

O infliximabe não deve ser usado por crianças com menos de 6 anos de idade, ou por pessoas que tenham infecções, como pneumonia, sepse ou abscessos, ou por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Além disso, mulheres grávidas ou em amamentação, pessoas com hepatite B, insuficiência cardíaca, câncer, doenças nos pulmões ou no sistema nervoso, ou que tenham o hábito de fumar, só devem usar o infliximabe após avaliação médica criteriosa dos riscos e dos benefícios do tratamento.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • SUBEDI, S.; et al. Infliximab and biosimilar infliximab in psoriasis: efficacy, loss of efficacy, and adverse events. Drug Des Devel Ther. 13. 2491-2502, 2019
  • LICHTENSTEIN, G. R.; et al. Infliximab for Crohn's Disease: More Than 13 Years of Real-world Experience. 24. 3; 490-501, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • JANSSEN-CILAG FARMACÊUTICA LTDA. Remicade (infliximabe) 100 mg pó para diluição. 2012. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/remicade.pdf>. Acesso em 03 nov 2022
  • LICHTENSTEIN, L.; et al. Infliximab-Related Infusion Reactions: Systematic Review. J Crohns Colitis. 9. 9; 806-15, 2015
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • 7 alimentos antiinflamatórios que você precisa usar

    24:55 | 796575 visualizações
  • ARTRITE: o que pode e o que não pode comer

    03:49 | 236832 visualizações
  • Dieta para DOENÇA DE CROHN

    07:30 | 152814 visualizações
  • PSORÍASE | Tratamentos Caseiros

    05:00 | 634997 visualizações