Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Vacina da gripe H1N1 pode causar Guillain-Barré

A vacina contra o vírus da gripe H1N1 contém uma partícula do vírus inativo, o que é suficiente para levar à produção de anticorpos anti-H1N1, protegendo assim da doença. No entanto, em algumas pessoas, esta vacina pode causar a Síndrome de Guillain-Barré, uma doença neurológica degenerativa que pode levar à morte.

Esta síndrome pode se instalar após a vacinação por um 'erro' no sistema imune, que ao invés de atacar o vírus da gripe, passa a atacar as células do sistema nervoso, causando a doença. Entretanto, esta alteração é muito rara e a vacinação continua sendo a melhor forma de se proteger da gripe H1N1, uma doença que pode ter graves complicações e causar pneumonia.

Vacina da gripe H1N1 pode causar Guillain-Barré

Como saber se a vacina é segura

Toda vacina tomada na rede particular ou administrada nos hospitais e postos de saúde pelo SUS são de confiança e protegem da doença. Não há como saber quando uma pessoa pode desenvolver a síndrome ou não, mas se entre 15 e 40 dias após a toma da vacina surgirem sintomas como formigamento, falta de força nos músculos e dificuldade de fazer esforços deve-se ir ao médico para o devido diagnóstico e início do tratamento.

Quem deve ser vacinado

Apesar de todas as pessoas poderem tomar a vacina da gripe, ela é especialmente indicada para crianças, com o conhecimento do pediatra, idosos acima de 60 anos, gestantes e profissionais da área da saúde porque estes podem facilmente espalhar a doença para muitas pessoas.

Quem está gripado também pode tomar a vacina da gripe.

Saiba quais são os efeitos colaterais e quem não pode ser vacinado clicando aqui.

Entenda a Síndrome de Guillain-Barré

A síndrome de Guillain-Barré é mais comun em homens e é caracterizada pela inflamação dos nervos periféricos causando fraqueza muscular que começa nas pernas, e que aos poucos, vai subindo, afetando o abdômen, os braços, sendo particularmente grave se afetar o diafragma, que é o principal músculo da respiração.

Normalmente a pessoa afetada procura o médico porque começa a ter dificuldade para caminhar e levantar objetos, que são características desta síndrome. Seu tratamento pode incluir o uso de remédios e sesões de fisioterapia, e geralmente a cura é alcançada em 1 ou 2 meses, embora em alguns casos, possa ser um pouco mais demorada. Para saber mais detalhes desta doença clique aqui.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...