Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Retemic (oxibutinina): para que serve e como tomar

Atualizado em Agosto 2019

Oxibutinina é um medicamento indicado para o tratamento de incontinência urinária e para aliviar sintomas associados à dificuldades para urinar, pois sua ação tem efeito direto na musculatura lisa da bexiga, aumentando a sua capacidade de armazenamento. O seu princípio ativo é o cloridrato de Oxibutinina, que tem efeito antiespasmódico urinário, e é conhecido comercialmente como Retemic.

Esse medicamento é de uso oral, e está disponível como comprimido nas doses de 5 e 10 mg, ou como xarope na dose de 1mg / ml, devendo ser comprado com receita médica, nas principais farmácias. O preço do Retemic costuma variar entre 25 e 50 reais, o que depende do local que vende, quantidade e tipo do medicamento.

Retemic (oxibutinina): para que serve e como tomar

Para que serve

A oxibutinina é indicada nos seguintes casos:

  • Tratamento da incontinência urinária;
  • Diminuição da urgência para urinar;
  • Tratamento da bexiga neurogênica ou outras disfunções da bexiga;
  • Diminuição do excesso de volume urinário noturno;
  • Noctúria (aumento do volume de urina durante à noite) e incontinência em pacientes com bexiga neurogênica (disfunção da bexiga com perda de controle da urina por alterações no sistema nervoso);
  • Auxílio ao tratamento de sintomas da cistite ou prostatite;
  • Reduzir sintomas urinários também de origem psicológica e é útil no tratamento de crianças, acima de 5 anos, que urinam na cama à noite, quando indicado pelo pediatra. Entenda as causas e quando é necessário tratar a criança que faz xixi na cama.

Além disso, como um dos efeitos colaterais da ação do Retemic é a diminuição da produção de suor, este medicamento pode ser indicado durante o tratamento de pessoas com hiperidrose, já que pode atuar diminuindo este incômodo.

Como funciona

A Oxibutinina tem efeito antiespasmódico urinário, pois funciona bloqueando a ação no sistema nervoso de um neurotransmissor chamado acetilcolina, o que resulta no relaxamento dos músculos da bexiga, evitando os episódios de contração súbita e perda involuntária da urina.

Geralmente, o início da ação do medicamento demora entre 30 a 60 minutos após o seu consumo, e o seu efeito costuma durar entre 6 e 10 horas.

Como tomar

O uso da Oxibutinina é feito por via oral, na forma de comprimido ou xarope, da seguinte forma:

Adultos

  • 5 mg, 2 ou 3 vezes por dia. O limite de doses para adultos é de 20 mg por dia.
  • 10 mg, na forma de comprimido de liberação prolongada, 1 ou 2 vezes ao dia.

Crianças com mais de 5 anos de idade

  • 5 mg, 2 vezes por dia. O limite de doses para essas crianças é de 15 mg por dia.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos principais efeitos colaterais que podem ser causados pelo uso da Oxibutinina são sonolência, tontura, boca seca, redução da produção de suor, dor de cabeça, visão borrada, prisão de ventre, náusea.

Quem não deve usar

A Oxibutinina está contra-indicada em casos de pessoas com alergia ao princípio ativo ou aos componentes da sua fórmula, glaucoma de ângulo fechado, obstrução parcial ou total do trato gastrointestinal, intestino paralítico, megacolon, megacolon tóxico, colite grave e miastenia grave.

Também não deve ser utilizado por gestantes, mulheres em período de amamentação e em crianças menores de 5 anos.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem