Laringe inflamada: 6 principais causas (e o que fazer)

Atualizado em novembro 2023

Na maioria das vezes, a laringe inflamada é causada por infecções virais, como gripes ou resfriados, ou pelo uso excessivo da voz, mas também pode ser provocada por alergias, inalação de fumaça e refluxo gastroesofágico.

A laringe inflamada, ou laringite, pode causar sintomas como rouquidão e desconforto na garganta. Além disso, dependendo da sua causa, também pode surgir febre, tosse, azia ou aumento de secreções nas vias aéreas, por exemplo. Entenda melhor o que é laringite e seus sintomas.

Em caso de suspeita de laringe inflamada, é recomendado consultar um otorrinolaringologista. O tratamento depende da sua causa, e pode envolver medidas, como usar menos a voz ou parar de fumar, e o uso de medicamentos antialérgicos ou antiácidos. 

Imagem ilustrativa número 1

Causas de laringe inflamada

As principais causas de laringe inflamada são:

1. Gripe ou resfriado

Na maioria das vezes, a laringe inflamada é causada por infecções virais, como gripes ou resfriados, devido à multiplicação do vírus nas vias aéreas. Neste caso, é comum surgirem sintomas como rouquidão, dor de cabeça, tosse, espirros e febre baixa. Saiba como diferenciar a gripe do resfriado.

O que fazer: a laringe inflamada tende a melhorar sem um tratamento específico em cerca de 7 a 10 dias na medida em que o sistema imunológico reage para eliminar o vírus. 

No entanto, especialmente em caso de sintomas como febre ou dor de cabeça, é recomendado consultar um clínico geral ou otorrinolaringologista, podendo ser indicados medicamentos, como analgésicos e antitérmicos, para aliviar os sintomas. Veja como aliviar os principais sintomas do resfriado.

Não ignore os sinais que seu corpo está dando!

Conte com os nossos especialistas para entender a causa dos seus sintomas. Marque sua consulta já!

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Usar a voz excessivamente

A laringe pode ficar inflamada quando se usa a voz excessivamente, para falar alto ou gritar e por longos períodos, por exemplo, devido à fadiga e lesão dos músculos responsáveis pela sua produção. Pode causar sintomas como rouquidão, dor e perda da voz.

O que fazer: a laringe inflamada tende a melhorar em poucos dias na medida em que a pessoa permite que a voz descanse e os músculos se recuperem.

No entanto, caso os sintomas persistam ou piorem, é recomendado consultar um otorrinolaringologista para verificar se existe algum problema interferindo na recuperação da laringe. 

3. Alergias

Alergias também podem fazer com que a laringe fique inflamada, devido a irritação causada pelo contato com substâncias específicas, tosse e secreções produzidas pelas vias aéreas, causando sintomas como rouquidão e pigarro. Confira os principais sintomas de alergia respiratória.

O que fazer: é importante consultar um alergista ou clínico geral em caso de suspeita de uma alergia. O tratamento pode envolver o uso de medicamentos antialérgicos, além de se evitar o contato com as substâncias que estejam provocando a alergia.

4. Inalar fumaça

Inalar fumaça, devido ao hábito de fumar ou poluição do ar, por exemplo, também pode causar a inflamação da laringe. Isso se deve à irritação provocada pela fumaça ao entrar em contato com a sua mucosa e pode causar sintomas como rouquidão, tosse seca e desconforto na garganta.

O que fazer: a laringe inflamada tende a melhorar quando se evita a inalação de fumaça. Além disso, em caso de tabagismo, é recomendado parar de fumar porque, além de não ser um hábito saudável, somente assim pode-se permitir a recuperação da laringe inflamada. Conheça algumas dicas para parar de fumar.

5. Medicamentos inalatórios

Alguns medicamentos inalatórios, como aqueles usados para asma, podem deixar a laringe inflamada. Além disso, o uso de corticoides inalatórios pode predispor a infecção da laringe por fungos, especialmente quando não se faz a higiene oral após o seu uso.  

O que fazer: deve-se seguir corretamente as orientações do médico quanto ao uso de medicamentos inalatórios, não sendo recomendado usar medicamentos sem a sua indicação devido ao risco de efeitos colaterais.

Além disso, quando o tratamento da asma é feito corretamente e os sintomas são controlados, a necessidade de medicamentos inalatórios pode diminuir. Veja como é feito o tratamento para asma.

6. Refluxo gastroesofágico

A laringe inflamada pode ser causada pelo refluxo gastroesofágico quando o conteúdo ácido do estômago que sobe pelo esôfago consegue chegar até a laringe. Além de tosse e rouquidão, também podem surgir sintomas como queimação na garganta e azia. Conheça outros sintomas do refluxo.

O que fazer: em caso de suspeita de refluxo gastroesofágico é recomendado consultar um gastroenterologista ou clínico geral. O tratamento geralmente envolve o uso de medicamentos para reduzir a acidez no estômago, como o omeprazol e ranitidina.

Além disso, algumas medidas, como elevar a cabeceira da cama para dormir, perder peso, evitar o consumo de álcool, café, alimentos picantes ou gordurosos, também podem ajudar a controlar o refluxo. Saiba como deve ser a dieta em caso de refluxo gastroesofágico.

Vídeos relacionados