Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de alergia respiratória e principais causas

Atualizado em Outubro 2019

As alergias respiratórias são reações de hipersensibilidade do sistema imune a substâncias que entram em contacto com o organismo, como pêlo de animais, pó ou pólen por exemplo, podendo provocar doenças como asma, rinite ou sinusite e levando à ocorrência de tosse seca e irritativa, olhos vermelhos e muitos espirros seguidos, o que pode ser bastante desconfortável e debilitante.

É importante que a pessoa consulte o alergologista para que sejam feitos exames de alergia e seja possível identificar a causa, pois assim é possível evitar o contato. Além disso, para aliviar os sintomas pode ser recomendado pelo médico o uso de anti-histamínicos dependendo da frequência e gravidade dos sintomas.

Sintomas de alergia respiratória e principais causas

Sintomas de alergia

Os sintomas de alergia respiratória costumam surgir quando a pessoa entra em contato com qualquer substância que irrita o nariz, sendo os principais:

  • Muitos espirros seguidos;
  • Tosse seca e irritativa;
  • Olhos vermelhos e lacrimejando;
  • Nariz vermelho e escorrendo:
  • Ruído no peito;
  • Dificuldades para respirar;
  • Sensação de falta de ar.

É possível também que surja dor de cabeça e cansaço, sendo esses sintomas consequências dos anteriores e estão diretamente relacionados com a frequência de ocorrem. Por isso, a alergia respiratória pode ser bastante desconfortável e interferir diretamente na qualidade de vida da pessoa.

Para aliviar os sintomas e combater a alergia respiratória, é recomendado fazer uso de medicamentos anti-histamínicos e manter o ambiente com baixa umidade, podendo ser utilizado um purificador de ar, por exemplo, o que também ajuda a diminuir as crises alérgicas. Saiba como deve ser feito o tratamento para alergia respiratória.

Principais causas de alergia respiratória

A alergia respiratória é causada por fatores que podem irritar a mucosa nasal e desencadear resposta do sistema imunológico, levando ao surgimento dos sintomas característicos da alergia respiratória.

Assim, a ocorrência desse tipo de alergia pode ser devido à presença dos ácaros que se acumulam na poeira, cobertores, tapetes e cortinas, além de também poder ser desencadeada pelo pólen das árvores e plantas, poluição, fumaça e pêlos de animais domésticos, por exemplo.

Além disso, algumas situações podem aumentar o risco de desenvolver alergia respiratória, como por exemplo ter histórico familiar de alergias, trabalhar num local com muita poeira ou muito exposto a mofo ou viver em uma casa com muita umidade ou com pouca ventilação.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da alergia respiratória é feito pelo clínico geral ou alergologista baseado nos sinais e sintomas apresentados pela pessoa. No entanto é recomendado também realizar os testes de alergia, que são realizados no consultório médico, para confirmar a alergia e saber qual o agente responsável.

A realização do teste de alergia é extremamente importante pois é dessa forma que é possível identificar a causa e, assim, evitar entrar em contato. Entenda como é feito o exame para identificar a alergia.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem