Laringite: o que é, sintomas, causas e tratamento

A laringite é uma inflamação na laringe cujo principal sintoma é a rouquidão de intensidade variável, e que pode ser acompanhada por febre, dor ao engolir, dor ao falar e tosse, em alguns casos.

A laringite pode ter causa infecciosa, podendo ser devido a infecção por vírus, fungos, bactérias ou parasitas, ou ter causa não infecciosa, sendo consequência de alergias, refluxo ou tensão vocal, por exemplo.

Normalmente a laringite tem duração de até 7 dias, sendo recomendado nesses casos repouso da voz e inalação de vapor. No entanto, nos casos em que os sintomas são persistentes, é recomendado que o médico seja consultado para identificar a causa e ser indicado o melhor tratamento, que pode envolver o uso de medicamentos.

Laringite: o que é, sintomas, causas e tratamento

Sintomas de laringite

O principal sintoma de laringite é a rouquidão, que pode ser acompanhada por outros sintomas, como:

  • Tosse;
  • Dor na garganta;
  • Dor ao engolir;
  • Dor ao falar.
  • Dificuldade em respirar;
  • Perda da voz, voz falhando;
  • Pode haver febre.

Os sintomas da laringite infantil são semelhantes aos sintomas da laringite viral, também conhecido como crupe, embora na criança o maior sinal de inflamação da laringe seja a presença de tosse seca, semelhante a latido de um cachorro, normalmente durante a noite. Entenda melhor o que é o crupe e os principais sintomas.

Tipos de laringite

A laringite pode ser classificada em dois principais tipos de acordo com a duração dos sintomas, sendo eles:

  • Laringite aguda, em que os sintomas duram cerca de 7 dias, sendo mais comum de acontecer em crianças;
  • Laringite crônica, em que os sintomas duram semanas, sendo mais frequente de ser observado em adultos.

Além disso, a laringite pode ser classificada de acordo com a causa em:

  • Laringite não infecciosa, em que a inflamação da laringe acontece devido a situações não infecciosas, como alergia, refluxo e tensão vocal, por exemplo;
  • Laringite infecciosa, que pode ser causada por vírus, fungos, bactérias e parasitas.

É importante que o tipo de laringite seja identificada, pois assim é possível que o médico indique a melhor forma de tratamento.

Principais causas

As principais causas de laringite são:

  • Refluxo gastroesofágico;
  • Tensão vocal;
  • Alergia;
  • Doenças autoimunes;
  • Câncer de laringe;
  • Infecção por vírus, como influenzae e parainfluenzae;
  • Infecção por parasita, como Leishmania braziliensis, nos casos de laringite crônica;
  • Infecção por fungos, como Histoplasma capsulatum, Paracoccidioides braziliensis e Candida sp., sendo mais comum em pacientes imunossuprimidos e/ ou que fizeram uso de grande quantidade de antibióticos;
  • Infecção por bactérias, como Haemophilus influenzae, Staphylococcus aureus, Streptococcus beta-hemolítico, Corynebacterium diphtheriae, Bordetella pertussis.

Além disso, em alguns casos, a laringite pode ser consequência de doenças infecciosas crônicas, como tuberculose, sífilis e hanseníase, por exemplo.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da laringite é feito pelo médico a partir da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa. Caso haja suspeita de infecção aguda por bactérias, por exemplo, pode ser recomendado que seja feita a coleta de uma amostra da secreção da garganta para que seja possível identificar o agente infeccioso.

Além disso, nos casos em que os sintomas persistem por mais de 3 semanas, pode ser realizada a videolaringoscopia com o objetivo de avaliar a laringe e identificar sinais indicativos de inflamação. Entenda como é feita a videolaringoscopia.

Como é feito o tratamento

O tratamento para laringite pode variar de acordo com a causa da inflamação, no entanto, independentemente da causa da laringite, é recomendado que a pessoa repouse a voz e faça inalação de vapor aquecido para aliviar o desconforto e diminuir a inflamação da laringe.

Além disso, o médico pode indicar o uso de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios ou corticosteroides em forma de spray, e a administração de antibiótico por via oral, principalmente quando a infecção é causada por bactérias. Nos casos de laringite alérgica, pode ser também indicado o uso de anti-histamínicos.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OTORRINOLARINGOLOGIA E CIRURGIA CÉRVICO-FACIAL. Guideline IVAS - Infecções das Vias Aéreas Superiores. Disponível em: <https://www.aborlccf.org.br/imageBank/guidelines_completo_07.pdf>. Acesso em 20 Out 2021
  • CAMPAGNOLO, A. BENNINGER, MS. Allergic laryngitis: chronic laryngitis and allergic sensitization. Brazilian Journal of otorhinolaryngology. Vol 85. 3 ed; 263-266, 2019
Mais sobre este assunto: