Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que faz o Geriatra e quando é recomendado se consultar

O geriatra é o médico especialista em cuidar da saúde do idoso, através do tratamento de doenças ou problemas comuns nesta fase da vida, como alterações da memória, perda do equilíbrio e quedas, incontinência urinária, pressão alta, diabetes, osteoporose, depressão, além de complicações provocadas por uso de medicamentos ou exames em excesso. 

Este médico também poderá orientar formas de prevenir o surgimento de doenças, bem como ajudar a obter um envelhecimento saudável, no qual o idoso poderá se manter ativo e independente pelo máximo de tempo possível. Além disso, o acompanhamento pelo geriatra é uma boa opção para aqueles idosos que são tratados por diversos médicos de várias especialidades, e acabam se confundindo com tantos remédios e exames.

Geralmente, a consulta pelo geriatra é mais demorada, pois este médico pode realizar diversos testes, como os que avaliam a memória e capacidade física do idoso, além de fazer uma avaliação mais geral, que envolve, além da saúde física, também as questões emocionais e sociais. 

O que faz o Geriatra e quando é recomendado se consultar

Além disso, o geriatra é capaz de compreender melhor as alterações na estrutura do corpo e o metabolismo do organismo do idoso, sabendo indicar melhor os remédios que são apropriados ou não apropriados para o uso nesta idade. 

Qual a idade para ir ao geriatra

A idade recomendada para ir ao geriatra é a partir dos 60 anos, no entanto, muitas pessoas buscam consultar-se com este médico mesmo antes, com 30, 40 ou 50 anos, principalmente para prevenir os problemas da terceira idade. 

Assim, poderá se consultar com o geriatra tanto o adulto saudável, para tratar e prevenir doenças, como aquele idoso que já está fragilizado ou que tem sequelas, como estar acamado ou sem reconhecer as pessoas ao redor, por exemplo, pois este especialista poderá identificar formas de diminuir os problemas, reabilitar e dar mais qualidade de vida ao idoso. 

O geriatra pode realizar consultas em consultórios, atendimentos domiciliares, instituições de longa permanência ou asilos, assim como em hospitais. 

Doenças que o geriatra trata

As principais doenças que o geriatra pode tratar incluem:

  • Demências, que causam alterações na memória e na cognição, como Alzheimer, demência por corpos de Lewy ou demência frontotemporal, por exemplo. Entenda o que causa e como identificar o Alzheimer;
  • Doenças que causam perda do equilíbrio ou dificuldades nos movimentos, como Parkinson, tremor essencial e perda da massa muscular;
  • Instabilidade da postura e quedas. Saiba quais são as causas de queda no idoso e como evitar;
  • Depressão;
  • Confusão mental, chamada de delirium.
  • Incontinência urinária;
  • Dependência para realizar atividades ou imobilidade, quando o idoso está acamado. Saiba como evitar a perda de massa muscular no idoso;
  • Doenças cardiovasculares, como pressão alta, diabetes e colesterol alto;
  • Osteoporose;
  • Complicações pelo uso de medicamentos inapropriados para a idade ou em excesso, situação chamada de Iatrogenia.

O geriatra também está apto para realizar o tratamento dos idosos que têm doenças que não têm cura, através de cuidados paliativos

Geriatria é a mesma coisa que gerontologia?

É importante lembrar que a geriatria e gerontologia são diferentes. Enquanto a geriatria é a especialidade que estuda, previne e trata as doenças do idoso, a gerontologia é um termo mais abrangente, pois é a ciência que estuda o envelhecimento humano, e engloba a ação de médicos e de outros profissionais da saúde como nutricionista, fisioterapeuta, enfermeiro, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo e assistente social, por exemplo. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...