Osteoporose: o que é, sintomas, causas e tratamento

novembro 2022
  1. Sintomas
  2. Diagnóstico
  3. Causas
  4. Tratamento
  5. Prevenção

A osteoporose é uma doença causada pela diminuição da massa óssea, deixando os ossos mais frágeis e aumentando, assim, o risco de fraturas na coluna, no braço, no quadril ou no fêmur, que é o osso da coxa.

Sendo uma doença silenciosa, a osteoporose geralmente não causa sintomas. No entanto, à medida que os ossos ficam enfraquecidos, algumas fraturas podem ocorrer causando sintomas como dor na coluna, postura curvada e diminuição da altura. Saiba reconhecer alguns sintomas da osteoporose.

Apesar da osteoporose não ter cura, o tratamento tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida da pessoa e diminuir o risco de fraturas, podendo incluir exercícios físicos e o uso de suplementos e medicamentos que ajudam a melhorar a reabsorção de cálcio e formar a massa óssea.

Sintomas da osteoporose

A osteoporose é uma doença silenciosa e que não causa sintomas na maioria das vezes. No entanto, a medida em que os ossos ficam mais frágeis, alguns sintomas que podem surgir são:

  • Dor na coluna;
  • Diminuição de, pelo menos, 2 cm de altura;
  • Formigamento nas pernas;
  • Postura curvada.

Por ser muitas vezes assintomática, a osteoporose geralmente é identificada através de exames feitos após a ocorrência de fraturas, por exemplo.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da osteoporose é feito pelo ortopedista, através da avaliação dos sintomas e sinais apresentados e da história de saúde familiar e da pessoa.

Além disso, o médico também pode solicitar exames de sangue para complementar o diagnóstico, como hemograma completo, dosagem de cálcio e vitamina D, além da densitometria óssea, que é um exame de imagem que avalia a massa óssea. Veja como é feita a densitometria óssea.

Principais causas

A osteoporose é causada pela diminuição da massa óssea, deixando os ossos mais frágeis, estando muito relacionada com o envelhecimento das células dos ossos, podendo acontecer principalmente em homens e mulheres após os 50 anos.

Outras causas que também podem favorecer o desenvolvimento da osteoporose são:

  • Doenças endócrinas, como diabetes ou hiperparatireoidismo;
  • Deficiência de cálcio e/ou vitamina D;
  • Sedentarismo;
  • Menopausa;
  • Alimentação inadequada;
  • Tabagismo;
  • Anorexia nervosa;
  • Alcoolismo;
  • Uso de alguns tipos de medicamentos;
  • Deficiência na produção de hormônios.

Além disso, algumas doenças também podem aumentar o risco do desenvolvimento da osteoporose, como câncer, HIV, artrite reumatoide, hemofilia, insuficiência renal e talassemia.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a osteoporose deve ser feito sob a orientação do ortopedista, ou clínico geral, e tem como objetivo diminuir a dor, melhorar a qualidade de vida da pessoa, diminuir o risco de fraturas e complicações.

O tratamento da osteoporose pode incluir:

1. Remédios

Os remédios indicados pelo médico variam de acordo com as causas da osteoporose, a idade, o sexo e o estado geral de saúde da pessoa, podendo ser indicados:

  • Bifosfonatos, como alendronato e risedronato, remédios que ajudam a manter a densidade dos ossos, evitando o risco de fraturas;
  • Anticorpos monoclonais, como o denosumabe e o romosozumab, medicamentos que são indicados principalmente para mulheres na pós menopausa e homens com alto risco de fraturas, ou quando outros tratamentos não foram eficazes;

Além disso, o médico também pode indicar o uso de teriparatida, que é um medicamento indicado para o tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa e em homens com elevado risco de fraturas.

2. Reposição hormonal

A reposição hormonal com estrogênio pode ser indicada principalmente para mulheres na menopausa, para evitar a perda de massa óssea e fraturas. Já a reposição hormonal com testosterona pode ser indicada para homens que, além da osteoporose, também apresentam baixos níveis desse hormônio no organismo.

3. Suplementos

Alguns suplementos, como cálcio, magnésio e vitamina D também podem ser recomendados pelo médico para manter a saúde dos ossos.

No entanto, esses suplementos geralmente são recomendados em casos de baixa ingestão dos alimentos fonte ou em situações que diminuem a absorção de nutrientes, como nos casos de cirurgia bariátrica, doença celíaca e doença de Crohn.

4. Alimentação saudável e variada

Manter uma alimentação saudável e adequada, incluindo alimentos ricos em cálcio e vitamina D, como leite, iogurte, brócolis e amêndoas, é fundamental para aumentar a absorção de cálcio e fósforo, melhorando a saúde dos ossos.

É importante também evitar alimentos que diminuem a absorção de cálcio, como café, chá preto, sal e comidas do tipo fast food. Veja como fazer uma dieta para osteoporose.

5. Exercícios físicos

Praticar exercícios físicos de forma regular, como caminhada, dança e hidroginástica, ajudam a fortalecer os músculos e articulações, prevenindo fraturas e aliviando os sintomas da osteoporose. Conheça alguns exercícios indicados para quem tem osteoporose.

Diferença entre osteopenia e osteoporose

A osteopenia é um desequilíbrio na renovação óssea que causa a perda gradativa da densidade dos ossos e que, quando identificada na fase inicial, pode ser tratada, evitando-se, assim, a osteoporose.

Já a osteoporose é uma doença onde já existe uma elevada perda da massa óssea, deixando os ossos mais frágeis e aumentando, assim, o risco de fraturas.

Como prevenir

A prevenção da osteoporose deve ser feita ao longo da vida, desde o início na infância por meio da adoção de hábitos simples, como por exemplo:

  • Manter uma alimentação saudável e variada, consumindo alimentos ricos em cálcio e vitamina D, como laticínios, ovos e peixes gordurosos, porque esses nutrientes são fundamentais para a formação dos ossos;
  • Tomar de 15 a 30 minutos de sol por dia, para facilitar a produção de vitamina D pelo organismo, uma vez que essa vitamina participa no processo de absorção do cálcio no organismo. Veja como pegar sol para produzir vitamina D no organismo;
  • Praticar exercícios físicos, como caminhada, corrida e musculação, já que ajudam a fortalecer os músculos e articulações, melhorando a densidade óssea;
  • Evitar o cigarro, pois o hábito de fumar está associado a um risco aumentado de osteoporose;
  • Diminuir o consumo de bebidas alcoólicas, uma vez que o consumo de álcool está relacionado com a diminuição de cálcio pelo organismo.

No caso de pessoas idosas, é importante manter a casa segura para evitar quedas e diminuir o risco de fraturas. Assim, é recomendado evitar tapetes na casa e no banheiro, colocar pisos antiderrapantes e barras de proteção.

Confira no vídeo a seguir mais dicas para ter ossos mais fortes e diminuir, assim, o risco de osteoporose:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em novembro de 2022. Revisão médica por Dr. Francisco Couto Valente - Ortopedista, em julho de 2022.

Bibliografia

  • GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew I.. Goldman-Cecil Medicina. 25 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2018. 1670-1680.
  • RADOMINSKI, Sebastião C. et al. Diretrizes brasileiras para o diagnóstico e tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa. rev bras reumatol. Vol.2. 57.ed; 452-466, 2017
Mostrar bibliografia completa
  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. Manual de Orientação de Osteoporose. 2010. Disponível em: <https://www.febrasgo.org.br/images/arquivos/manuais/Manuais_Novos/ManualOsteoporose.pdf>. Acesso em 05 nov 2019
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE QUALIDADE DE VIDA. Manual Brasileiro de Osteoporose: oreintações práticas para os profissionais de saúde. Disponível em: <https://www.febrasgo.org.br/pt/component/k2/item/1298-manual-brasileiro-de-osteoporose?highlight=WyJvc3Rlb3Bvcm9zZSJd>. Acesso em 21 jul 2022
  • MAYO CLINIC. Diseases and Conditions: osteoporosis. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/osteoporosis/diagnosis-treatment/drc-20351974>. Acesso em 21 jul 2022
Ortopedista
Médico ortopedista formado pela Faculdade Souza Marques em 2011, com CRM.RJ 52.92679-5 e Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia.

Tuasaude no Youtube

  • O segredo para ENVELHECER com SAÚDE

    10:39 | 5821 visualizações
  • Alimentos ricos em VITAMINA D para FORTALECER A IMUNIDADE

    05:54 | 137003 visualizações
  • Ossos Fortes Sempre | Tati & Marcelle | Como tratar osteopenia e osteoporose

    09:05 | 186328 visualizações
  • Alimentação rica em CÁLCIO

    02:16 | 246379 visualizações