Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a tuberculose ocular e como tratar

A tuberculose ocular surge quando a bactéria Mycobacterium tuberculosis, que provoca tuberculose no pulmão, infeta o olho, causando sintomas como visão embaçada e hipersensibilidade à luz. No entanto, esta bactéria pode afetar várias partes do olho e, por isso, os sintomas podem variar muito de acordo com o local afetado.

Este tipo de infecção é mais frequente em pacientes com HIV, em pacientes já infectados com tuberculose em outro local do corpo ou em pessoas que vivem em locais sem saneamento básico para tratamento de esgotos e água residuais.

A tuberculose ocular tem cura, no entanto, o tratamento é demorado, podendo durar entre 6 meses até 2 anos, com o uso dos antibióticos recomendados pelo oftalmologista.

O que é a tuberculose ocular e como tratar

Principais sintomas

Os dois principais sintomas da tuberculose ocular são a visão embaçada e a hipersensibilidade à luz. No entanto, também é frequente surgirem outros sinais como:

  • Olhos vermelhos;
  • Sensação de queimação nos olhos;
  • Diminuição da visão;
  • Pupilas de tamanhos diferentes;
  • Dor nos olhos;
  • Dor de cabeça.

Estes sintomas não estão presentes em todos os casos e podem variar muito de acordo com o local afetado que, normalmente, é a esclera ou a úvea do olho.

Muitas vezes, estes sintomas podem surgir quando a pessoa já tem o diagnóstico de tuberculose pulmonar e, por isso, é importante informar o médico uma vez que pode ser necessário trocar o antibiótico utilizado.

Veja outras causas comuns de vermelhidão nos olhos, que não são tuberculose.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da tuberculose ocular é quase sempre feito através da observação dos sintomas e avaliação da história clínica de cada pessoa. Porém, o médico pode pedir uma análise, em laboratório, do líquido do olho para confirmar a presença da Mycobacterium tuberculosis.

O que é a tuberculose ocular e como tratar

Como é feito o tratamento

O tratamento é feito da mesma forma que o tratamento da tuberculose pulmonar e, por isso, é iniciado com o uso de 4 remédios, que incluem Rifampicina, Isoniazida, Pirazinamida e Etambutol, por cerca de 2 meses.

Depois desse tempo, o oftalmologista aconselha o uso de 2 desses remédios, geralmente por mais 4 a 10 meses, para garantir que a bactéria é completamente eliminada do organismo. Em alguns casos, podem ainda ser receitadas gotas de remédio corticoide para aliviar os sintomas de coceira e queimação durante o tratamento.

Uma vez que o tratamento é demorado, é muito importante seguir todas as orientações do médico, para que as bactérias sejam eliminadas e não continuem se desenvolvendo, tornando-se mais fortes e difíceis de eliminar.

Veja algumas dicas para acelerar o tratamento da tuberculose.

O que pode causar a tuberculose ocular

A bactéria responsável pelo surgimento de tuberculose ocular pode ser transmitida de uma pessoa infectada para outra através de pequenas gotas de saliva, que são liberadas ao tossir, espirrar ou falar, por exemplo.

Assim, sempre que o diagnóstico de tuberculose é feito a alguém, seja tuberculose do tipo ocular, pulmonar ou cutânea, é muito importante que todas as pessoas mais íntimas, como familiares ou amigos, façam o teste para saber se possuem a bactéria, já que podem passar várias dias ou semanas até ao surgimento dos primeiros sintomas.

Como fazer a prevenção da tuberculose

As melhores formas de evitar o contágio com tuberculose consistem em fazer a vacinação contra a doença e evitar o contato próximo com pessoas infectadas, evitando trocar talheres, escovas ou outros objetos que possam entrar em contato com a saliva de outras pessoas.

Entenda melhor como funciona o contágio da tuberculose e como se proteger.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...