Exame oftalmológico: o que é, para que serve e quando fazer

março 2022

O exame oftalmológico é um teste que serve para avaliar os olhos, pálpebras e canais lacrimais de forma a investigar doenças oculares, como o glaucoma ou a catarata, por exemplo.

No exame oftalmológico é feito o teste de acuidade visual, que tem como objetivo avaliar a visão da pessoa, porém, outros exames mais específicos podem ser feitos, como avaliação dos movimentos oculares ou da pressão ocular, podendo incluir o uso de máquinas ou instrumentos específicos, não causando dor e não exigindo qualquer preparo antes da execução do exame.

O exame oftalmológico é indicado para todas as pessoas, sendo o primeiro teste realizado ainda na maternidade, que é conhecido como teste do olhinho. No caso das pessoas diagnosticadas com alterações oculares, pode ser indicada

Para que serve o exame

O exame oftalmológico serve para avaliar todas as características do olho, o que envolve a avaliação da capacidade visual da pessoa, medição da pressão no olho, avaliação das vias lacrimais e características da retina, por exemplo.

O exame da acuidade visual é um dos componentes mais conhecidos do exame oftalmológico, pois serve para avaliar o potencial de visão da pessoa sendo feito com a colocação de um letreiro, com letras de diferentes tamanhos ou símbolos, em frente à pessoa para que ela leia o que está sendo mostrado, sendo esse exame indicado como rotina ou em concursos públicos ou para tirar ou renovar a carteira de motorista, por exemplo.

Além do exame da acuidade visual, outros exames que estão presentes no exame oftalmológico são:

  • Exame de movimentos oculares: serve para avaliar se os olhos estão alinhados, sendo que o médico poderá pedir ao paciente para olhar em direções diferentes, ou apontar um objeto, como uma caneta e, observar os movimentos oculares;
  • Fundoscopia: serve para diagnosticar alterações na retina ou no nervo ótico. O médico utiliza uma lente acessória para examinar o paciente;
  • Tonometria: serve medir a pressão dentro do olho, através de uma luz azul projetada sobre o olho do indivíduo e através do contato com aparelho medidor ou através de um aparelho de sopro;
  • Avaliação das vias lacrimais: O médico analisa através de colírios e materiais a quantidade da lágrima, sua permanência no olho, sua produção e sua remoção.

Além destes exames, o oftalmologista pode aconselhar a pessoa a fazer outros exames mais específicos como ceratoscopia computadorizada, curva tensional diária, mapeamento da retina, paquimetria e campimetria visual, dependendo das suspeitas que surgirem durante o exame oftalmológico.

Quando é indicado

O exame oftalmológico varia acordo com a idade da pessoa e a presença ou ausência de problemas de visão, sendo que as pessoas que têm problemas de visão devem consultar o oftalmologista pelo menos uma vez por ano e, em caso de alguma alteração na visão, como dor no olho ou visão turva, por exemplo, deve procurar consultar o oftalmologista logo que possível.

No entanto, todas as pessoas devem fazer exames de rotina à vista e devem ir ao médico:

  • Ao nascer: deve fazer o teste do olhinho na maternidade ou em consultório oftalmológico
  • Aos 5 anos: antes de entrarem para escola é essencial fazer o exame para diagnosticar problemas de visão, como miopia, que podem dificultar o processo de aprendizagem, devendo-se repetir repetir o exame anualmente durante esse período;
  • Entre os 20 e os 40 anos: deve-se procurar ir ao oftalmologista pelo menos duas vez durante esse tempo;
  • Entre os 40 e 65 anos: deve-se avaliar a vista a cada 1-2 anos, pois a vista tem maior chance de se cansar;
  • Depois de 65 anos: é importante avaliar os olhos a cada ano.

Além disso, o médico pode recomendar exames mais frequentes e mais específicos, caso a pessoa tenha diabetes, pressão arterial elevada, glaucoma ou tenha um trabalho visualmente exigente, como trabalhar com peças pequenas ou no computador.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em março de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • SILVA, JAILTON V.; FERREIRA, BRUNO F. A.; PINTO, HUGO S. R. Avaliação Oftalmológica. 2013. Disponível em: <http://www.ligadeoftalmo.ufc.br/arquivos/ed_-_principios_-_avaliacao_oftalmologica.pdf>. Acesso em 10 mar 2022
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878