Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de IST no homem

As infecções sexualmente transmissíveis (IST), anteriormente conhecidas como doenças sexualmente transmissíveis (DST), normalmente causam sintomas como coceira e secreção no pênis, aparecimento de verrugas ou feridas na região íntima e ardor ao urinar.

Para identificar este tipo de infecções e prevenir complicações, os homens com vida sexual ativa devem ir pelo menos 1 vez por ano a uma consulta com o urologista ou médico de família, para que o aparelho reprodutor seja avaliado e as doenças sejam tratadas rapidamente.

Por serem infecções transmitidas por via sexual, é importante que tanto o homem afetado como sua parceira ou parceiro sejam também tratados, para que a pessoa não volte a pegar a doença. Além disso, para evitar essas infecções, o mais importante é ter relações sexuais protegidas com o uso de preservativo. Veja como colocar a camisinha masculina corretamente.

Sintomas de IST no homem

Os principais sintomas relacionados a doenças sexualmente transmissíveis no homem são:

1. Coceira, vermelhidão e dor no pênis

Esses sintomas normalmente são indicativos de infecção por fungos, principalmente pelo fungo Candida albicans, que pode ser adquirido durante o contato íntimo, por exemplo, e se manifestar quando o sistema imune do homem estiver fraco e não conseguir combater a infecção. Esse fungo também se pode desenvolver na boca devido ao sexo oral desprotegido e causa sintomas como dor de garganta, mau hálito ou placas esbranquiçadas nas bochechas, gengivas e garganta.

Além da candidíase, esses sintomas podem ser indicativos de herpes genital, que é um tipo de IST muito comum e que além desses sintomas, é caracterizado pela presença de microbolhas na região íntima.

Como tratar: no caso da Candidíase, o tratamento normalmente é feito com a aplicação de cremes ou ingestão de medicamentos antifúngicos, como o Fluconazol ou o Clotrimazol, que devem ser recomendados pelo urologista ou clinico geral. Já no caso da herpes genital, o urologista pode recomendar o uso de antivirais ou a aplicação de pomadas, como o Aciclovir ou Fanciclovir, por exemplo, que devem ser usados por 10 a 14 dias ou de acordo com a orientação do médico. Saiba que cuidados deve ter durante o tratamento para herpes genital.

2. Feridas no órgão genital

A presença de feridas, caroços ou bolhas no órgão genital normalmente acontece devido à infecção por um microrganismo durante o contato sexual, sendo portanto indicativo de uma IST.

O HPV, que é uma doença causado pelo Papiloma Vírus Humano, é caracterizada pela presença de verrugas no pênis, escroto ou ânus, mas também podem estar presentes na boca ou na garganta caso tenha havido contato dessas regiões com as secreções da parceira ou parceiro infectado.

Outras doenças que podem ser caracterizadas pela presença de feridas pequenas ou bolhas na região genital são o herpes genital e a sífilis, que é caracterizada pela presença de feridas na região íntima que não doem, além de caroços no pescoço que causam dor e resultam em dor de cabeça, mal estar geral e febre.

Como tratar: o tratamento para herpes genital é feito com o uso de medicamentos antivirais de acordo com a orientação médica. No caso do HPV, o médico pode recomendar a aplicação de pomada em casa para a eliminação da verruga, como a Podofilina, ou ser feita aplicação no consultório se forem várias verrugas.

O tratamento para sífilis depende da fase da doença, sendo normalmente recomendado pelo médico a aplicação de uma injeção de Penicilina nas fases iniciais e, nas fases mais avançadas, podem ser necessárias várias injeções. Veja mais sobre como é feito o tratamento da sífilis.

3. Corrimento

A presença de corrimento também pode ser indicativo de IST, principalmente Gonorreia ou Clamídia. No caso da Gonorreia, pode ser notada a presença de corrimento amarelado parecido com pus, além de dor e ardor ao urinar e febre baixa. Caso tenha havido contato oral ou anal com a pessoa infectada, podem surgir dor na garganta e inflamação no ânus, por exemplo.

A Clamídia também é uma IST que pode apresentar corrimento no pênis, além de feridas pequenas e pouco dolorosas no pênis e formação de ínguas na região intima.

Como tratar: essas IST's são causadas por bactérias, assim, normalmente urologista indica o uso de antibióticos, como Azitromicina, Ceftriaxona ou Doxiciclina por ao menos 1 semana ou de acordo com a orientação do médico. É importante que o tratamento da Clamídia seja realizado conforme orientação do médico, pois caso não seja tratada da maneira correta, pode resultar em infertilidade. Saiba mais sobre o tratamento para Clamídia.

4. Dor e ardor ao urinar

A dor e o ardor ao urinar normalmente são sintomas de infecções urinárias, mas também podem ser indicativos de doenças sexualmente transmissíveis, como o Herpes genital, Gonorreia, Clamídia e Candidíase, por exemplo.

Como tratar: nesses casos é importante ir ao urologista ou médico de família para que sejam solicitados exames que permitam identificar a causa e, assim, iniciar o tratamento, podendo ser feito com medicamentos antivirais, antibióticos ou antifúngicos.

5. Mal estar geral, perda de peso e feridas na boca

Nem sempre os sintomas de IST estão relacionados a alterações na região genital, é o caso da infecção pelo HIV, cujos sintomas iniciais são semelhantes à gripe, como por exemplo febre, mal estar e dor de cabeça. Além disso, pode haver febre alta e persistente, perda de peso rápida, cansaço, diarreia, presença de manchas vermelhas na pele e feridas na boca.

Como tratar: A infecção pelo HIV não tem cura, no entanto pode ser controlada por meio da ingestão de medicamentos antivirais para evitar a progressão da infecção, a ocorrência de AIDS ou surgimento de algumas complicações. Saiba quais os remédios utilizados no tratamento.

Assista à conversa entre a nutricionista Tatiana Zanin e o Dr. Drauzio Varella sobre IST's, em que abordam maneiras de prevenir e/ou curar a infecção:

INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS | com Drauzio Varella

21 mil visualizações

Como evitar pegar uma IST

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem