O que você precisa saber?

Sintomas de DST no homem

As doenças sexualmente transmissíveis no homem normalmente causam sintomas como coceira e secreção no pênis, aparecimento de verrugas ou feridas na região íntima e ardor ao urinar.

Para identificar este tipo de doenças e prevenir complicações, os homens com vida sexual ativa devem ir pelo menos 1 vez por ano a uma consulta com o urologista, para que o aparelho reprodutor seja avaliado e as doenças sejam tratadas rapidamente.

Sintomas de DST no homem

1. Candidíase

A candidíase é uma doença bastante comum que surge devido ao crescimento exagerado do fungo Candida albicans, que causa sintomas como coceira, vermelhidão e dor no pênis, especialmente durante o contato íntimo. No entanto, este fungo também se pode desenvolver na boca devido ao sexo oral desprotegido e causa sintomas como dor de garganta, mau hálito ou placas esbranquiçadas nas bochechas, gengivas e garganta.

  • Como tratar: normalmente é feito com a aplicação de cremes ou ingestão de remédios antifúngicos, como Fluconazol ou Clotrimazol, receitados pelo urologista. Veja como é feito o tratamento desta doença.

2. HPV

O HPV é causado pelo papiloma vírus humano e, no homem, o seu principal sintoma é o surgimento de verrugas no pênis, no escroto ou no ânus, assim como na boca e na garganta nos casos em que houve contato dessas regiões com as secreções da parceira ou parceiro infectado.

Em alguns casos, estas verrugas podem não ser visíveis a olho nú, mas podem ser transmitidas pelo contato sexual desprotegido. Dessa forma, é muito importante fazer consultas regulares no urologista para iniciar o tratamento se necessário.

  • Como tratar: apenas é possível eliminar as verrugas com a aplicação de pomadas, como a Podofilina, sendo que o vírus deve ser eliminado naturalmente pelo organismo. Saiba mais sobre o tratamento.

3. Herpes Genital

A herpes também é uma DST bastante comum, que costuma causar sintomas como coceira, dor ao urinar, mal estar geral, febre e surgimento de bolhas e pequenas feridas semelhantes a aftas na região íntima.

  • Como tratar: pode ser feito com a ingestão de remédio antivirais ou aplicação de pomadas, como Aciclovir ou Fanciclovir, por 10 a 14 dias. Saiba que cuidados deve ter durante o tratamento.

4. Gonorreia

Os sintomas desta doença surgem cerca de 1 a 3 dias após o contato íntimo desprotegido e incluem dor ou ardor ao urinar, febre baixa e corrimento amarelado parecido com pus, no pênis. Além disso, quando há relações orais e anais também podem surgir dor na garganta e inflamação do ânus, por exemplo.

  • Como tratar: normalmente é preciso tomar antibiótico, como Azitromicina ou Ceftriaxona, por cerca de 1 semana para eliminar a bactéria que provoca a infecção.

5. Clamídia

A clamídia normalmente se manifesta entre 1 a 3 semanas após o contato íntimo, causando sintomas como dor ao urinar, corrimento no pênis e inchaço nos testículos. Quando não tratada, essa doença pode até causar infertilidade.

  • Como tratar:  é preciso consultar o urologista para iniciar o uso de antibióticos, como Azitromicina ou Eritromicina, pelo tempo recomendado. Além disso, também se deve evitar ter relações durante o tratamento. Veja que outros cuidados se deve ter.

6. Sífilis

Os sintomas da sífilis dependem do estágio em que a doença está, mas normalmente os primeiros sinais no homem são o surgimento de feridas na região íntima que não doem, caroços no pescoço que causam dor, dor de cabeça, mal estar geral e febre.

  • Como tratar: nas fases iniciais, a doença pode ser tratada com apenas uma injeção de Penicilina, no entanto nas fases mais avançadas podem ser necessárias várias injeções. Veja mais sobre como é feito o tratamento da sífilis.

7. HIV

Os primeiros sintomas de infecção pelo HIV surgem cerca de 21 dias depois da contaminação, e são febre, mal estar e dor de cabeça, sendo normalmente confundidos com uma gripe comum. Apenas após cerca de 8 a 10 anos é que os sintomas desta doença voltam a surgir, sendo os mais comuns a febre alta persistente, dor de cabeça, emagrecimento rápido, cansaço, diarreia e manchas vermelhas na pele.

  • Como tratar: esta doença não tem cura, no entanto pode ser contralada com a ingestão de remédios antivirais para evitar o desenvolvimento de AIDS ou surgimento de outras complicações. Saiba quais os remédios utilizados no tratamento.
Mais sobre este assunto:
Carregando
...