Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Febre Chikungunya - os melhores remédios caseiros

Os chás de equinácea, matricária e o ginseng são bons exemplos de remédios caseiros que podem complementar o tratamento médico da chikungunya, pois ajudam a fortalecer o sistema imune, além de aliviarem alguns sintomas típicos da infecção, como dor de cabeça, cansaço ou dores musculares.

O tratamento caseiro da febre chikungunya consegue aliviar os sintomas e diminuir a frequência do uso dos analgésicos, combatendo de forma natural, sem prejudicar o fígado, mas devem ser usados com conhecimento médico.

Assim, é importante lembrar que estes remédios não devem substituir o tratamento indicado pelo médico, servindo apenas como um complemento para acelerar a recuperação e aliviar mais rápido os sintomas. Veja quais os remédios indicado pelo médico.

Febre Chikungunya - os melhores remédios caseiros

1. Fortalecer o sistema imune

O chá de equinácea (Echinacea purpurea) é excelente para fortalecer o sistema de defesa da pessoa e pode ser feito adicionando 1 colher (de sopa) em 150 ml de água fervente. Deixar repousar por 3 a 5 minutos, coar e tomar morno, 3 vezes ao dia.

2. Baixar a febre

Tomar um chá morno preparado com folhas de salgueiro(Salix alba) ajuda a baixar a febre porque esta planta medicinal promove o suor, o que baixa naturalmente a temperatura do corpo.

Para preparar este chá corretamente deve-se usar 1 colher (de chá) das folhas secas em 150 ml de água fervente, deixar repousar por 5 minutos, coar e tomar a cada 6 horas.

3. Combater a dor muscular e nas articulações

Uma excelente estratégia natural de combater as dores causadas pela chikungunya é usar as compressa de pimenta-caiena ou canforeiro (Cinnamomum camphora), ou esfregar óleo essencial de hipericão nas partes mais doloridas.

Para as compressas deve-se preparar um chá forte e deixar esfriar. Quando estiver frio, molhar uma gaze limpa e aplicar na região dolorida deixando atuar por 15 minutos.

Febre Chikungunya - os melhores remédios caseiros

4. Aliviar a dor de cabeça

Esfregar 2 gotas de óleo essencial de hortelã na testa ou na nuca pode aliviar a dor de cabeça, mas também pode-se comprar o extrato seco de salgueiro e tomar segundo a embalagem indicar.

O chá de matricária (Tanacetum vulgare) é também muito indicado e basta preparar com 1 colher (de chá) para cada 150 ml de água quente. Deixar amornar, coar e tomar 2 vezes ao dia. Outra possibilidade é tomar 1 cápsula de tanaceto por dia. 

5. Combater o cansaço e a exaustão

Excelentes opções naturais para melhorar a disposição, combater o cansaço e reduzir a exaustão típica da doença, é usar o ginseng, o guaraná em pó ou o mate.

Pode-se comprar o guaraná em farmácias e lojas de produtos naturais e tomar misturando 1 colher (de sopa) em meio copo de água fria. O ginseng e o mate podem ser preparados adicionando 1 colher (de chá) de cada planta em 150 ml de água fervente. Tomar morno 3 vezes ao dia.

6. Aliviar náuseas e vômitos

O chá de gengibre com camomila combate o enjoo e o vomito tendo efeito prolongado. Para preparar basta ferver 150 ml de água com 1 cm de raiz de gengibre e depois adicionar 1 colher (de chá) de flores de camomila. Tomar 3 vezes ao dia.

7. Parar a diarreia

Além de tomar a água do arroz, pode-se tomar o chá de pau de canela porque ele prende o intestino. Basta ferver durante 10 minutos 1 pau de canela em 200 ml de água e tomar ainda morno 2 vezes ao dia.

Veja ainda como deve ser a alimentação em casos de diarreia:

Como usar os remédios caseiros corretamente

Para combater mais de um sintoma é possível misturar os chás, usando as proporções indicadas e tomar a seguir. No entanto, se houver piora da febre ou surgirem outros sintomas que não existiam como formigamentos, dor no tórax ou vômitos frequentes deve-se voltar ao médico porque estes sintomas podem indicar o agravamento da Chikungunya, e pode ser necessário internamento hospitalar.

Grávidas e crianças só devem usar estes remédios caseiros com conhecimento médico.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar