Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais sintomas de Osteoporose

A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela diminuição da resistência dos ossos e atinge principalmente pessoas que têm história desta doença na família, que fazem uso de cigarro ou que têm artrite reumatoide. Além disso, a osteoporose é mais comum em mulheres após a menopausa, devido a alterações hormonais, e em homens que tenham mais de 65 anos.

Na maioria dos casos, a osteoporose não causa sintomas específicos, mas como os ossos de pessoas que têm osteoporose ficam frágeis e perdem a força por causa da redução de cálcio e fósforo no corpo, podem ocorrer pequenas fraturas. Essas fraturas acontecem, principalmente, nas vértebras, no osso da coxa e do punho e podem causar sinais e sintomas como:

  • Dor na coluna: surge especialmente devido a uma fratura em uma ou mais vértebras, e pode ser dor tipo pontada nas costas e, em alguns casos, melhorar ao deitar ou ao sentar;
  • Formigamento nas pernas: acontece quando alguma fratura das vértebras atinge a medula espinhal;
  • Diminuição da altura: ocorre quando as fraturas na coluna desgastam a parte de cartilagem que fica entre as vértebras, podendo ocorrer uma redução de cerca de 4cm;
  • Postura encurvada: acontece em casos mais avançados da osteoporose devido a alguma fratura ou degeneração das vértebras na coluna.

Além disso, as fraturas causadas pela osteoporose podem surgir após uma queda ou algum esforço físico, por isso é necessário tomar medidas de prevenção destas quedas, como fazer uso de calçado antiderrapante.

Principais sintomas de Osteoporose

Quem tem maior risco

A osteoporose é mais comum na seguintes situações:

  • Mulheres após a menopausa;
  • Homens acima de 65 anos;
  • História familiar de osteoporose;
  • Baixo índice de massa corpórea;
  • Uso de corticoides por períodos prolongados, acima de 3 meses;
  • Ingestão de bebidas alcoólicas em grande quantidade;
  • Baixa ingestão de cálcio na dieta;
  • Uso de cigarro.

Além disso, outras doenças podem levar a ocorrência de osteoporose como artrite reumatoide, esclerose múltipla, insuficiência renal e hipertireoidismo. 

Como confirmar o diagnóstico em caso de fratura

Ao surgirem os sintomas das fraturas causadas pela osteoporose, é importante procurar atendimento médico que poderá solicitar um raio X para verificar se realmente existe uma fratura e, dependendo da gravidade e da extensão da fratura, pode ser necessária a realização de tomografia computadorizada ou ressonância magnética. 

Caso o médico suspeite que a pessoa tenha osteoporose, pode solicitar um exame de densitometria óssea, que serve para verificar a perda óssea, ou seja, identificar se os ossos estão frágeis. Saiba mais como é feito o exame de densitometria óssea

Além disso, o médico irá avaliar o histórico de saúde da pessoa e da família e poderá pedir exames de sangue para analisar a quantidade de cálcio e fósforo no corpo, que ficam reduzidos na osteoporose, e também para avaliar a quantidade da enzima fosfatase alcalina, que pode estar com valores altos na osteoporose.

Em casos mais raros, quando a fragilidade óssea é muito intensa e quando existem várias fraturas ao mesmo tempo, o médico poderá pedir uma biópsia do osso. 

Principais sintomas de Osteoporose

Como é feito tratamento

Ao identificar a presença de uma fratura, o médico vai avaliar a gravidade e indicar um tratamento, como imobilização da parte afetada com talas, faixas ou gesso e também poderá indicar apenas repouso para que o corpo recupere a fratura.

Mesmo que não haja fratura, ao diagnosticar a osteoporose o médico indicará uso de medicamentos para fortalecer os ossos, fisioterapia, prática de exercício físico regular, como caminhada ou musculação e ingestão de alimentos ricos em cálcio, como leite, queijo e iogurte, por exemplo. Saiba mais sobre o tratamento para a osteoporose.

Para evitar as fraturas, é necessário tomar medidas para prevenção de quedas como usar calçado antiderrapante, evitar subir em escadas, instalar corrimão no banheiro, evitar andar por lugares com buracos e com desníveis e manter o ambiente bem iluminado.

Além disso, é importante ter mais cuidados com pessoas que além de osteoporose, têm também outras doenças como demência, doença de Parkinson ou distúrbios visuais, pois têm maior risco de ter uma queda e sofrer alguma fratura.

Bibliografia >

  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. Manual de Orientação de Osteoporose. 2010. Disponível em: <https://www.febrasgo.org.br/images/arquivos/manuais/Manuais_Novos/ManualOsteoporose.pdf>. Acesso em 05 Nov 2019
  • RADOMINSKI, Sebastião C. et al. Diretrizes brasileiras para o diagnóstico e tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa. rev bras reumatol. Vol.2. 57.ed; 452-466, 2017
  • HEALTH LINE. Osteoporosis Symptoms. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/osteoporosis-symptoms>. Acesso em 04 Nov 2019
  • GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew I.. Goldman-Cecil Medicina. 25 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2018. 1670-1680.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem