Hiperuricemia: o que é, sintomas, causas e tratamento

Atualizado em fevereiro 2024

Hiperuricemia é o excesso de ácido úrico no sangue e aumentar o risco de desenvolvimento de gota, resultando em sintomas, como dor ou inchaço nas articulações. Além disso, como o ácido úrico é eliminado pelos rins, a hiperuricemia pode causar a formação de pedras nos rins.

Essa condição pode ser causada pela diminuição da eliminação de ácido úrico pelos rins, consumo excessivo de proteínas na alimentação ou aumento da produção de ácido úrico no corpo, podendo se acumular nas articulações, tendões ou rins.

O tratamento da hiperuricemia é feito pelo reumatologista, nefrologista ou clínico geral que podem indicar redução da ingestão de proteínas ou uso de remédios para baixar o ácido úrico.

Imagem ilustrativa número 1

Sintomas de hiperuricemia

Os principais sintomas de hiperuricemia são:

  • Dor nas articulações, especialmente no dedão do pé, mãos, tornozelos e joelhos;
  • Inchaço e sensação de calor nas articulações;
  • Vermelhidão nas articulações.

Ao longo do tempo, o acúmulo excessivo de ácido úrico pode ainda resultar em deformações das articulações. Confira todos os sintomas de ácido úrico alto.

Além disso, algumas pessoas com hiperuricemia também podem apresentar pedra nos rins, que causam dor intensa no fundo das costas e dificuldade para urinar, por exemplo. 

Leia também: 10 sintomas de pedra nos rins (com teste online) tuasaude.com/sintomas-de-pedras-nos-rins

O que a hiperuricemia pode causar?

A hiperuricemia pode causar gota ou pedras nos rins, devido ao acúmulo do ácido úrico nas articulações, tendões ou rins.

Além disso, o excesso de ácido úrico no sangue pode levar ao desenvolvimento de diabetes, pressão alta ou doenças cardíacas, por exemplo.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da hiperuricemia é feito pelo reumatologista, nefrologista ou clínico geral através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde e exames físico e laboratoriais.

Marque uma consulta com o reumatologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Reumatologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Assim, os principais exames para confirmar o diagnóstico de hiperuricemia são exames de sangue e de urina, que permitem determinar os níveis de ácido úrico no sangue ou verificar se existe excesso de ácido úrico sendo eliminado pelos rins na urina. Veja os principais exames que detectam ácido úrico alto.

Possíveis causas

As principais causas de hiperuricemia são:

  • Fatores genéticos hereditários;
  • Dieta rica purinas, como carnes vermelhas, feijão ou mariscos;
  • Consumo excessivo de frutose, como nos casos de xarope de milho ou refrigerantes;
  • Dieta rica em gordura saturada;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Doença renal aguda ou crônica.

Além disso, o uso de alguns medicamentos, como diuréticos, ciclosporina, salicilatos ou pirazinamida, por exemplo, podem reduzir a eliminação do ácido úrico, aumentando o risco de hiperuricemia. 

Como é feito o tratamento

O tratamento da hiperuricemia deve ser feito com orientação do reumatologista, nefrologista ou clínico geral e varia com a gravidade da hiperuricemia e dos sintomas.

Os principais tratamentos para hiperuricemia são:

1. Dieta para ácido úrico alto

A dieta para ácido úrico alto deve ser orientada pelo nutricionista e normalmente é recomendado evitar o consumo alimentos com alto teor proteico, como carnes vermelhas, fígado, mariscos, certos peixes, feijão, aveia e ainda bebidas alcoólicas, principalmente cerveja. Veja como deve ser a dieta para ácido úrico alto.

Assista ainda o vídeo seguinte e veja mais dicas para controlar os níveis de ácido úrico no organismo:

2. Remédios

Em situações mais graves, em que haja o comprometimento das articulações e desenvolvimento de crise de gota, o médico pode indicar o uso de remédios como alopurinol ou probenecida, para reduzir o ácido úrico no sangue ou urina. Confira os principais remédios para ácido úrico alto.

Além disso, o médico pode recomendar o uso de anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, naproxeno, etoricoxibe ou celecoxibe, que ajudam a reduzir a dor e o inchaço causado pelo acúmulo de ácido úrico nas articulações.

No caso de pedras nos rins, o tratamento inicial geralmente é feito no hospital, pois asa cólicas renais podem causar dor intensa, sendo necessária a aplicação de analgésicos na veia. Além disso, o médico pode indicar remédios que facilitam a eliminação das pedras do rim. Veja como é feito o tratamento das pedras nos rins.

Leia também: 5 remédios caseiros para baixar o ácido úrico tuasaude.com/remedio-caseiro-para-acido-urico

Vídeos relacionados