Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

7 principais sintomas de ácido úrico alto

Na maioria dos casos, o aumento da quantidade de ácido úrico no sangue, chamado de hiperuricemia, não causa sintomas, sendo descoberto apenas durante exame de sangue, em que é verificada concentração de ácido úrico acima de 6,8 mg/dL, ou exame de urina, em que podem ser visualizados microscopicamente cristais de ácido úrico.

Quando surgem sintomas, é indicativo de que houve desenvolvimento de alguma doença devido ao acúmulo do ácido úrico que encontra-se em excesso no sangue, podendo haver dor nas costas, dor e inchaço nas articulações, por exemplo.

7 principais sintomas de ácido úrico alto

Principais sintomas

Os sintomas de ácido úrico alto estão relacionados com a doença que pode estar causando, podendo ser indicativo de gota ou pedra nos rins, por exemplo. Assim, os principais sintomas que podem surgir são:

  1. Dor e inchaço nas articulações:
  2. Pequenos inchaços perto das articulações dos dedos, cotovelos, joelhos e pés;
  3. Vermelhidão e dificuldade de movimentar a articulação afetada;
  4. Sensação de "areia" ao tocar na região onde os cristais se depositaram;
  5. Calafrios e febre baixa;
  6. Descamação da pele na região afetada;
  7. Cólicas renais.

No caso da gota, a dor é mais comum no dedão do pé, mas também pode afetar outras articulações como tornozelos, joelhos, punhos e dedos das mãos, sendo que as pessoas mais afetadas costumam ser os homens, pessoas com história familiar de artrite e pessoas que consomem muito álcool.

Como é feito o tratamento

O tratamento para ácido úrico alto pode ser feito com algumas restrições na alimentação e com remédios receitados pelo médico reumatologista. Assim, para melhorar a alimentação e baixar o ácido úrico é recomendado beber água regularmente, ingerir alimentos que ajudam a reduzir o ácido úrico, como maçã, beterraba, cenoura ou pepino, por exemplo, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, principalmente a cerveja por ter uma grande quantidade de purina, e evitar a ingestão de carne vermelha, frutos do mar, peixes e alimentos industrializados porque também contêm níveis elevados de purina.

Além disso, deve-se ainda tentar combater o sedentarismo e manter uma vida ativa. O médico pode ainda receitar o uso de medicação analgésica, anti-inflamatória e para reduzir a quantidade de ácido úrico no corpo.

Assista o vídeo seguinte e saiba mais sobre a alimentação que deve fazer se tem o ácido úrico elevado:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem