7 principais sintomas de pedras nos rins

Dr.ª Clarisse Bezerra
Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Julho 2020

Os sintomas de pedra nos rins surgem de forma repentina quando a pedra é muito grande e fica presa no rim, quando ela começa a descer pelo ureter, que é um canal muito apertado até a bexiga, ou quando favorece o surgimento de uma infecção. Na presença de pedra nos rins, a pessoa normalmente sente muita dor no final das costas que pode causar dificuldade para se movimentar.

A crise renal pode variar ao longo do tempo, principalmente no que diz respeito à localização e intensidade da dor, mas pedras pequenas costumam não causar problemas e muitas vezes só são descobertas durante a realização de exames de urina, ultrassom ou raio-X, por exemplo.

Principais sintomas

Assim, quando a pessoa sente dificuldade para deitar e descansar devido à dor forte nas costas, náuseas ou dor para urinar, é possível que tenha pedra nos rins. Saiba se pode ter pedra nos rins fazendo o seguinte teste:

  1. 1.Dor intensa na parte de baixo das costas, que pode limitar os movimentos
  2. 2.Dor que irradia das costas para a virilha
  3. 3.Dor ao urinar
  4. 4.Urina rosa, vermelha ou marrom
  5. 5.Vontade frequente para urinar
  6. 6.Enjoos ou vômitos
  7. 7.Febre acima de 38º C

O local e intensidade da dor podem variar de acordo com a movimentação da pedra dentro do organismo, sendo de maior intensidade quando ela percorre o ureter até a bexiga, para ser eliminada juntamente com a urina.

Em casos de dor intensa que não passa, febre, vômitos, sangue na urina ou dificuldade para urinar, deve-se procurar o médico para que seja avaliado o risco de infecção urinária associada, sejam feitos exames e o tratamento iniciado rapidamente.

Confira os principais exames indicados para confirmar a pedra nos rins.

Por que a dor costuma voltar?

Após uma crise, é comum sentir uma pressão, dor ligeira ou queimação ao urinar, sintomas que estão relacionados com a liberação das pedras restantes que a pessoa pode possuir, podendo a dor voltar a cada nova tentativa do corpo de expelir as pedras.

Nestes casos, deve-se beber pelo menos 2 litros de água por dia e tomar remédios que aliviem a dor e relaxem a musculatura, como Buscopan, receitado pelo médico durante a crise anterior. No entanto, caso a dor fique mais forte ou dure mais de 2 horas, deve-se voltar ao pronto-socorro para que sejam feitos novos exames e possa ser iniciado o tratamento.

Conheça outras formas de aliviar a dor nas costas de acordo com a sua causa.

Tratamento para pedra nos rins

O tratamento durante uma crise de pedra nos rins deve ser indicado por um médico urologista ou clínico geral e normalmente é feito por meio do uso de remédios analgésicos, como Dipirona ou Paracetamol, e remédios antiespasmódicos, como Escopolamina. Quando a dor se intensifica ou não passa, a pessoa deve procurar um atendimento em pronto-socorro para tomar remédios na veia e, após algumas horas, em que o quadro de dor melhora, o paciente recebe alta.

Em casa, o tratamento pode ser mantido com remédios analgésicos orais, como o Paracetamol, repouso e hidratação com cerca de 2 litros de água por dia, para facilitar a saída da pedra.

Nos casos mais graves, em que pedra é muito grande para sair sozinha, pode ser necessária cirurgia ou tratamento a laser para facilitar sua saída. No entanto, durante a gravidez, o tratamento deve ser feito apenas com remédios analgésicos e acompanhamento médico. Veja todos os tipos de tratamento para pedras nos rins.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis, Enfermeiro em Julho de 2020. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra, Médica de Saúde Familiar em Abril de 2020.

Bibliografia

  • Longo, DL et al.. Harrison’s Principles of Internal Medicine. 19.ed. New York: McGraw-Hill, 2015.
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.