Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para ácido úrico

A dieta para ácido úrico deve ser pobre em carnes, principalmente em vísceras como fígado, rins e moela, além de peixes e frutos do mar, pois estes alimentos são ricos em purinas, substâncias que aumentam os níveis de ácido úrico no sangue.

Nesta dieta também é importante ingerir de 2 a 3 litros de água por dia e aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina C, como laranja, abacaxi, kiwi e acerola, pois eles auxiliam na eliminação de ácido úrico pelos rins e previnem a formação de cálculos renais.

Veja ainda alguns remédios caseiros para baixar o ácido úrico.

Alimentos proibidos na dieta para ácido úrico
Alimentos proibidos na dieta para ácido úrico

Alimentos permitidos e proibidos

Os alimentos permitidos e proibidos na dieta para ácido úrico variam de acordo com o seu teor de purinas, estando divididos como mostra a tabela a seguir:

PermitidosConsumo moderadoProibidos
Frutas, frutas secas e verdurasErvilha, feijão, soja, milho, lentilha, grão-de-bicoMolhos, caldos de carne, extrato de carne
Pão, arroz, macarrão e farinha de trigo brancosAspargos, couve-flor, espinafreCarnes vermelhas, carnes brancas, salsicha, linguiça, bacon, preseunto
Leite, iogurte, manteiga e queijosCogumelosVísceras como fígado, rins e moela
OvosCereais integrais: farinha integral, pão integral, farelo de trigo, aveiaPeixes com muita gordura: anchovas, sardinhas, salmão, cavala, truta, arenque
Chocolate e cacau---Mariscos: caranguejo, camarão, mexilhões, ovas e caviar
Café e chás---Bebidas alcoólicas, especialmente a cerveja

As carnes, os peixes e os alimentos com teor médio de purinas devem ser consumidos com moderação, incluindo apenas pequenas quantidades na alimentação diária. No entanto, fígado e outros órgãos de animais devem ser evitados. Veja 5 motivos para não comer bife de fígado.

Dicas para reduzir o ácido úrico

Para ajudar a reduzir o ácido úrico, existem algumas dicas que podem ser seguidas todos os dias como:

  • Consumir pelo menos 1,5 a 2 litros de água por dia;
  • Aumentar o consumo de frutas e vegetais, pelo menos 5 vezes por dia;
  • Moderar a ingestão de carne e peixe;
  • Dar preferência para alimentos diuréticos como melancia, pepino, salsão ou alho. Veja uma lista de alimentos diuréticos;
  • Evitar o consumo de alimentos ricos em purinas, como fígado, rins e moela;
  • Diminuir o consumo de produtos industrializados e com muito açúcar, como refrigerantes, bolachas ou comida preparada;
  • Aumentar o consumo de alimentos com vitamina C como laranja, abacaxi e acerola. Veja outros alimentos ricos em vitamina C.

O melhor é sempre consultar um nutricionista para fazer um plano alimentar de acordo com as necessidades individuais. Além disso, o nutricionista também pode indicar a suplementação de vitamina C em dose de 500 a 1500 mg/dia, já que esta vitamina ajuda a eliminar o excesso de ácido úrico pela urina.

Confira ainda 7 alimentos que aumentam a gota e você nem imagina.

Exemplo de cardápio para 3 dias

A seguir está o exemplo de um cardápio de 3 dias para ajudar a controlar os níveis de ácido úrico no sangue:

Dia 1

  • Café da manhã: suco de laranja + 1 pão branco com queijo
  • Lanche da manhã: 1 iogurte natural + 3 bolachas Maria
  • Almoço/Jantar: 80g de bife de frango acebolado + 6 col. de sopa de arroz + salada verde de alface, tomate e pepino + 1 fatia de abacaxi;
  • Lanche da tarde: 1 copo de vitamina de abacate + 3 torradas com ricota.

Dia 2

  • Café da manhã: 1 xícara de café com leite + 4 torradas com manteiga + 1 fatia de mamão;
  • Lanche da manhã: 1 maçã + 2 castanhas;
  • Almoço/Jantar: Macarronada feita com 80g de carne moída e molho de tomate + salada de rúcula com cenoura + 1 tangerina;
  • Lanche da tarde: 1 iogurte natural + 1 pão branco com 1 fatia de queijo.

Dia 3

  • Café da manhã: 200 ml de iogurte natural + 1 tapioca com queijo + 1 banana;
  • Lanche da manhã: 1 copo de suco verde de couve;
  • Almoço: 1 hambúguer de soja + 1 ovo + 5 col. de arroz + salada refogada de brócolis, tomate, cebola e berinjela;
  • Lanche da tarde: vitamina de banana + 6 bolachas cream cracker.

Também é importante lembrar que deve-se reduzir o consumo de produtos ricos em açúcar como refrigerantes, sucos artificiais, doces e biscoitos recheados, pois como a dieta para ácido úrico deve ser pobre em alimentos integrais, o excesso de carboidratos e açúcares pode favorecer o desenvolvimentos de doenças como diabetes.

Assista ao vídeo a seguir e veja mais dicas para controlar o ácido úrico:

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...