Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para Pedra nos Rins

Para o tratamento da pedra nos rins deve-se consultar um nefrologista e seguir as suas orientações sobre os remédios que se devem ser tomados e o melhor tratamento clínico a seguir. Porém, quando os sintomas de pedra nos rins se manifestam não é aconselhado beber muita água, pois isso pode fazer a pedra mexer e aumentar mais a dor. Essa orientação de beber muitos líquidos deve ser seguida fora das crises, para evitar o aparecimento e o crescimento da pedra, facilitando a sua eliminação. Veja o que fazer para não ter pedra nos rins.

A crise de pedra nos rins que é muito dolorosa e envolve dores no fundo das costas, na virilha e até sangue na urina, podendo ser tratada com cirurgia para retirada da pedra ou técnicas menos invasivas como o laser ou choques, que servem para diminuir o tamanho das pedras e facilitar a sua eliminação pela urina. Saiba quais são as principais causas de pedras nos rins.

Tratamento para Pedra nos Rins

Como é feito o tratamento

O tratamento para pedra nos rins é determinado pelo nefrologista de acordo com as características da pedra e grau de dor descrito pela pessoa, podendo ser recomendado tomar medicamentos para dor e que facilitem a saída da pedra ou, caso não seja suficiente, cirurgia para remover a pedra. 

Os principais tratamentos para pedra nos rins são:

1. Medicamentos

Os medicamentos são normalmente indicados pelo médico quando a pessoa se encontra em crise, ou seja, com dores intensas e constantes. Os medicamentos podem ser administrados via oral ou diretamente na veia, em que o alívio é mais rápido. Veja o que fazer numa crise renal.

Assim, o nefrologista pode indicar anti-inflamatórios, como o Diclofenaco e o Ibuprofeno, analgésicos, como o Paracetamol, ou anti-espasmódicos, como o Buscopam. Além disso, o médico poderá indicar que a pessoa faça uso de medicamentos que promovam a eliminação das pedras, como o Alopurinol, por exemplo.

2. Cirurgia

A cirurgia é indicada se o cálculo renal for grande, maior que 6 mm, ou se estiver bloqueando a passagem da urina. Neste caso o médico poderá decidir entre as seguintes técnicas:

  • Litotripsia extracorpórea: causa a fragmentação dos cálculos renais através das ondas de choque, até elas se tornarem pó e serem eliminadas pela urina;
  • Nefrolitotomia percutânea: utiliza um pequeno aparelho de laser para reduzir o tamanho do cálculo renal; 
  • Ureteroscopia: utiliza um aparelho de laser para quebrar as pedras nos rins quando estas estão localizadas no ureter ou na pelve renal.

O tempo de internamento hospitalar vai variar conforme as condições da pessoa, se ele não apresentar complicações após 3 dias poderá ir para casa. Saiba mais sobre a cirurgia para cálculo renal.

Tratamento para Pedra nos Rins

3. Tratamento com laser

O tratamento a laser para pedra nos rins, chamado de Ureterolitotripsia flexível, tem como objetivo fragmentar e retirar as pedras nos rins e é feito a partir do orifício da uretra. Esse procedimento é indicado quando a pedra não é eliminada mesmo com o uso de medicamentos que facilitem a sua saída.

A ureterolitotripsia é feita sob anestesia geral, dura cerca de 1 hora e, pelo fato de não ser necessários cortes ou incisões, a recuperação é rápida, sendo o paciente liberado normalmente 24 horas após o procedimento. Ao término desse procedimento cirúrgico, é colocado um cateter denominado duplo J, em que uma extremidade fica na bexiga e a outra dentro do rim e tem como objetivo facilitar a saída de pedras que ainda estejam presentes e impedir a obstrução do ureter bem como facilitar o processo de cicatrização do ureter, caso a pedra tenha lesionado esse canal. 

É normal que após a ureterolitotripsia e colocação do cateter duplo J, a pessoa fique com uma sonda externa nas primeiras horas após o procedimento para drenar a urina.

4. Tratamento natural

O tratamento natural para pedra nos rins pode ser feito entre as crises quando não há dor e envolve beber 3 a 4 litros de água por dia para ajudar a eliminar as pedras de pequeno tamanho. Além disso, caso exista histórico na família de pedra nos rins, é importante fazer uma alimentação com poucas proteínas e sal porque isso pode evitar que apareçam novas pedras ou que as pedras pequenas aumentem de tamanho.

Além disso, uma boa opção caseira para as pedras nos rins de pequeno tamanho é o chá de quebra-pedra pois além de ter ação diurética e facilitar a eliminação da urina, ele relaxa os ureteres facilitando a saídas das pedras. Para fazer o chá basta colocar 20 g de folhas secas de quebra-pedra para cada 1 xícara de chá de água fervente. Deixar repousar, e depois beber quando estiver morno, várias vezes durante o dia. Veja outra opção de remédio caseiro para pedra nos rins.

Para saber mais sobre a dieta para pedra nos rins assista esse vídeo:

Para verificar se as pedras nos rins estão a sendo elimadas e se não existe formação de novas pedras é importante fazer exames, que são indicados pelo nefrologista, como a tomografia computorizada, raio-x, exame de sangue e de exame de urina, em que podem ser observados no microscópio pequenos cristais na urina caso existam pedras nos rins.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...