Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Colite: o que é, tipos e principais sintomas

A colite é uma inflamação intestinal que provoca sintomas como alternância entre períodos de diarreia e prisão de ventre, que pode ser causada por uma intoxicação alimentar, estresse ou infecções bacterianas. Por ter várias causas, a colite pode ser dividida em diversos tipos, sendo os mais comuns a ulcerativa, a pseudomembranosa, a nervosa e a isquêmica. 

O tratamento é feito de acordo com a causa, mas normalmente é indicado pelo gastroenterologista o uso de medicamentos que aliviem os sintomas, como o Ibuprofeno ou o Paracetamol. Além disso, é importante ter uma alimentação prescrita por um nutricionista para a colite para evitar a irritação do intestino e o surgimento de mais lesões. 

Colite: o que é, tipos e principais sintomas

Tipos de colite

A colite tem várias causas, podendo acontecer devido à estresse, ansiedade, infecção por vírus, bactérias ou fungos, inflamações ou reações alérgicas a alimentos, por exemplo. Assim, a colite pode ser classificada de acordo com a causa, sendo que as principais incluem:

1. Colite ulcerativa

A colite ulcerativa é uma inflamação do intestino caracterizada pela presença de várias úlceras na parede intestinal que causam muito desconforto. As úlceras podem aparecer ao longo do intestino, em partes isoladas ou na parte final. Além da presença de úlceras, pode haver diarreia com muco e sangue, dor abdominal e febre. 

A causa da colite ulcerativa ainda não é bem esclarecida, mas é possível que aconteça devido a fatores genéticos, muitas vezes relacionados ao sistema imune, e a infecções por vírus ou bactérias. Saiba mais sobre a colite ulcerativa.

Quando a colite ulcerativa é rapidamente identificada, o gastroenterologista é capaz de tratar rapidamente e eliminar a causa e as feridas, no entanto, com a progressão da inflamação, as lesões ficam irreversíveis. Além disso, as pessoas que têm colite ulcerativa não tratada, têm mais chances de terem câncer colorretal. Veja quais são os sintomas do câncer colorretal. 

2. Colite pseudomembranosa

A colite pseudomembranosa é caracterizada por diarreia com consistência muito líquida, cólicas abdominais intensas, febre e mal-estar geral e é associada, na maioria das vezes, com o uso de antibióticos, como a Amoxicilina e a Azitromicina. Esse tipo de colite também está associada à presença da bactéria Clostridium difficile, que produz e libera toxinas capazes de lesionar as paredes do intestino. Entenda mais sobre a colite pseudomembranosa. 

3. Colite nervosa

A colite nervosa, também chamada de síndrome do intestino irritável, é mais comum em jovens e é causada por condições psicológicas, como estresse e ansiedade, por exemplo, o que deixa o intestino mais sensível e favorece a ocorrência de lesões. Esse tipo de colite é caracterizada por dor, inchaço abdominal e excesso de gases. Veja quais são os principais sintomas da síndrome do intestino irritável. 

4. Colite isquêmica

A colite isquêmica é muito relacionada com o estilo de vida da pessoa, pois sua causa principal é o entupimento das artérias principais do intestino pela presença de placas de gordura, o que leva a formação de úlcera, abscessos e inchaço, além de aumentar a probabilidade de acontecer hemorragia. Dessa forma, a melhor forma de evitar a colite isquêmica é melhorando os hábitos alimentares e praticando exercícios físicos. 

Colite: o que é, tipos e principais sintomas

Principais sintomas

Os principais sintomas associados à colite são:

  • Dor abdominal;
  • Alternância entre períodos de diarréia e prisão de ventre;
  • Presença de muco nas fezes;
  • Fezes com sangue;
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Desidratação;
  • Presença de feridas na boca, em alguns casos;
  • Gases.

O diagnóstico da colite é feito pelo gastroenterologista após o surgimento dos primeiros sintomas através da realização de exames como tomografia computadorizada, raio-X, colonoscopia com biópsia ou enema opaco, que é um exame de imagem que utiliza raio-X e contraste para avaliar as condições do intestino grosso e do reto. Entenda como é feito o exame enema opaco. 

Como é feito o tratamento

O tratamento para colite é feito com o objetivo de aliviar os sintomas, sendo muitas vezes prescritos pelo médico o uso de Paracetamol ou Ibuprofeno, por exemplo, para aliviar as dores abdominais e diminuir a febre. Além disso, a depender da causa, o médico pode indicar o uso de antibióticos, como o Metronidazol ou a Vancomicina. Saiba mais sobre o tratamento para colite.

Algumas recomendações para o tratamento da colite são evitar o consumo de alimentos crus e mastigar muito bem os alimentos. Se os sintomas persistirem, será preciso fazer uma dieta líquida, tomar sucos de verduras como o suco de beterraba ou de couve, por exemplo. É muito importante também aumentar a flora bacteriana comendo uma maior quantidade de alimentos probióticos como iogurtes e os leites fermentados, por exemplo. Veja como é feita a dieta para colite. 

O tratamento para colite também pode ser feito com o uso de medicamentos para parar a diarréia e melhorar a absorção de nutrientes pelo intestino, além da ingestão de suplementos alimentares, mas sempre sob orientação médica. 

Opção de remédio caseiro para colite

Um ótimo remédio caseiro para colite é o suco de maçã, que é uma boa fonte de fibras e de água, aliviando a mucosa intestinal e diminuindo os sintomas da colite. Veja essa e outras receitas de remédios caseiros para colite. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar