Gastroenterite bacteriana: o que é, sintomas, causas e tratamento

Atualizado em abril 2024

A gastroenterite bacteriana é a inflamação do estômago e/ou intestino causada por uma infecção bacteriana, podendo provocar sintomas como febre alta, diarreia aquosa e com sangue, náusea ou dor no abdome.

Este tipo de gastroenterite, normalmente surge após a ingestão de água ou alimentos contaminados, sendo mais frequente em pessoas que ingeriram alimentos de qualidade duvidosa ou fizeram viagens recentes, por exemplo.

Leia também: Gastroenterite: o que é, sintomas, causas e tratamentotuasaude.com/gastroenterite

Em caso de suspeita de gastroenterite bacteriana, é recomendado consultar um gastroenterologista ou clínico geral. O tratamento pode envolver, além do uso de soro de reidratação oral e remédios para aliviar os sintomas, o uso de antibióticos.

Médico examinando o abdome de uma paciente deitada na maca

Principais sintomas

Os principais sintomas de gastroenterite bacteriana são:

  • Diarreia aquosa; 
  • Sangue e/ou muco nas fezes;
  • Náusea e/ou vômitos;
  • Dor no abdome;
  • Febre acima de 37,2ºC.

Os sintomas de gastroenterite bacteriana podem ser muito parecidos com os de uma gastroenterite viral, mas tendem a ser mais graves, especialmente em idosos com mais de 65 anos e pessoas com outros problemas de saúde, como HIV ou diabetes. 

Leia também: Gastroenterite viral: o que é, sintomas, causas e tratamentotuasaude.com/gastroenterite-viral

Além disso, a presença de sangue nas fezes e febre alta também é mais frequente nos casos em que a gastroenterite é bacteriana.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico de gastroenterite bacteriana normalmente é feito pelo gastroenterologista ou clínico geral baseado nos sintomas presentes, sua gravidade e histórico de saúde da pessoa, nem sempre necessitando de exames específicos.

Caso deseje marcar uma consulta, encontre um gastroenterologista mais próximo de você utilizando a ferramenta abaixo:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Gastroenterologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

No entanto, especialmente nos casos mais graves, o médico pode indicar exames como a hemocultura e/ou a cultura de fezes, conhecida como coprocultura, para tentar identificar o microorganismo causador da gastroenterite e indicar o tratamento mais adequado.

O que causa gastroenterite bacteriana

A gastroenterite bacteriana é causada pela infecção do estômago e/ou intestino por bactérias, como E. coli, Salmonella sp., Campylobacter sp. ou Shigella sp., especialmente após a ingestão de água ou alimentos contaminados.

Leia também: Infecção por Escherichia coli: sintomas e tratamentotuasaude.com/sintomas-e-coli

Além disso, a gastroenterite bacteriana é mais frequente em em caso de contato recente com pessoas com uma diarreia infecciosa, consumo de alimentos de qualidade duvidosa, viagens recentes e uso de antiácidos ou antibióticos, por exemplo. 

Como é feito o tratamento

O tratamento da gastroenterite bacteriana é feito com o uso do soro de reidratação oral, medicamentos para aliviar sintomas como náusea ou febre e, em alguns casos, antibióticos, especialmente se os sintomas forem graves ou existir sangue e/ou muco nas fezes. 

Leia também: 6 tratamentos para infecção intestinaltuasaude.com/tratamento-para-infeccao-intestinal

Além disso, nos casos mais graves, o médico também pode indicar o uso de soro e/ou antibióticos diretamente na veia e o tratamento precisar ser feito com a pessoa internada no hospital para que se recupere da infecção e desidratação.

Como prevenir

Para prevenir a gastroenterite bacteriana, são recomendadas algumas medidas, como:

  • Lavar as mãos antes de comer ou preparar alimentos;
  • Evitar comer alimentos crus, mal cozidos ou fora do prazo de validade;
  • Não consumir alimentos de origem duvidosa;
  • Evitar o contato com pessoas com sintomas como diarreia ou vômitos.

Além disso, especialmente ao conviver com alguém que está com gastroenterite, é importante lavar as mãos com frequência, lavar ou desinfetar seus objetos e roupas após a utilização e manter o banheiro limpo, por exemplo, para evitar com que outras pessoas se contaminem.

Vídeos relacionados