Gastroenterite: o que é, sintomas, causas e tratamento

Atualizado em fevereiro 2023

Gastroenterite é uma inflamação do estômago e do intestino que normalmente acontece após a ingestão de alimentos estragados, resultando em sintomas como dor na barriga, enjoo, vômitos e diarreia.

Na maior parte das vezes, a gastroenterite é causada pela ingestão de alimentos  ou bebidas contaminados, mas também pode surgir após o contato próximo com pessoas com gastroenterite ou ao colocar as mãos na boca depois de tocar numa superfície contaminada.

O tratamento da gastroenterite consiste em beber bastante líquidos, para evitar a desidratação. Além disso, é recomendado também manter uma dieta com alimentos de fácil digestão e baixo teor de gordura, para ajudar na recuperação do sistema digestório. Veja o que comer na gastroenterite.

Imagem ilustrativa número 1

Principais sintomas

Os principais sintomas indicativos de gastroenterite são:

  • Diarreia intensa e repentina;
  • Mal-estar geral;
  • Dor de barriga;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor no corpo;
  • Febre baixa;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite.

Os sintomas de gastroenterite podem surgir minutos após o consumo do alimento contaminado ou demorar até 1 dia para se desenvolverem.

Teste online de gastroenterite

Se acha que pode estar com gastroenterite, selecione selecione o que está sentindo para saber as suas chances:

  1. 1. Diarreia intensa
  2. 2. Fezes com sangue
  3. 3. Dor abdominal ou cólicas frequentes
  4. 4. Enjoos e vômitos
  5. 5. Mal estar geral e cansaço
  6. 6. Febre baixa
  7. 7. Perda de apetite
  8. 8. Nas últimas 24h comeu algum alimento que pudesse estar estragado?
  9. 9. Nas últimas 24h comeu fora de casa?

O teste de sintomas é apenas uma ferramenta, não servindo como diagnóstico e nem substituindo a consulta com um médico.

Quantos dias dura a gastroenterite?

A maioria dos casos de gastroenterite duram entre 3 a 5 dias. No entanto, os sintomas dessa inflamação variam conforme a causa da gastroenterite, podendo durar até 10 dias em algumas pessoas.

Como confirmar o diagnóstico

Para confirmar o diagnóstico, o clínico geral ou gastroenterologista realiza alguns exames físicos, como verificar a pressão arterial e auscultar o coração, além de avaliar os sinais apresentados e o histórico de saúde da pessoa.

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Gastroenterologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

O médico também poderá solicitar alguns exames mais específicos para confirmar o diagnóstico, como exame de fezes, de urina e de sangue.

Principais causas

A gastroenterite é mais frequente em crianças e idosos, sendo causada principalmente pela ingestão de alimentos estragados ou contaminados. Assim, após o consumo de alimentos contaminados ou estragados, as toxinas produzidas pelos microrganismos causam irritação da mucosa gástrica e chegam até a corrente sanguínea, desenvolvendo vírus, bactérias ou parasitas no organismo e causando infecção.

A gastroenterite também pode ocorrer ao colocar as mãos sujas na boca. No entanto, nessa situação a gastroenterite só se desenvolve quando existe uma alta carga infecciosa.

Além disso, essa inflamação também pode ser causada por parasitas, como Giardia Lamblia e Entamoeba histolytica por doenças, como doença celíaca, ou ainda pelo uso de remédios anti-inflamatórios como ácido acetilsalicílico e ibuprofeno.

Tipos de gastroenterite

Os principais tipos de gastroenterite são:

1. Gastroenterite viral

A gastroenterite viral é a inflamação do estômago e/ou do intestino causada por vários tipos de vírus, sendo os mais comuns o rotavírus, norovírus e adenovírus. É uma doença muito comum e contagiosa, cujos sintomas costumam aparecer entre 24 a 72 horas após a exposição ao vírus e, em geral, duram entre 3 a 5 dias, podendo persistir por até 10 dias.

A gastroenterite viral geralmente acontece pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas; ao compartilhar alimentos, bebidas ou utensílios de cozinha com pessoas portadoras do vírus; com a ingestão de alimentos e água contaminados; ou pelo ar. Conheça mais sobre a gastroenterite viral.

2. Gastroenterite bacteriana

A gastroenterite bacteriana é a inflamação no estômago e/ou no intestino causada por bactérias como Salmonella sp., Shigella sp., Campylobacter sp., Escherichia coli ou Staphylococcus aureus, entre outras.

Este tipo de gastroenterite é causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada com a bactéria ou com as substâncias tóxicas que ela produz. Além disso, esse tipo de gastroenterite também pode ocorrer pela falta de higiene, como não lavar as mãos antes do preparo de alimentos, após ir ao banheiro ou após contato com animais, por exemplo, ou ainda pode ser transmitida de uma pessoa para outra através do contato com objetos ou superfícies contaminadas.

3. Gastroenterite parasitária

A gastroenterite parasitária pode ser causada por parasitas como Giardia Lamblia, Entamoeba histolytica ou Cryptosporidium. Esses parasitas produzem alterações a nível intestinal, sendo transmitidos principalmente através da ingestão de alimentos e água contaminados com fezes ou pela relação sexual anal.

4. Gastroenterite não infecciosa

A gastroenterite não infecciosa costuma ser aguda, sendo causada principalmente pelo uso de medicamentos como os anti-inflamatórios não esteroides usados ​​para tratar dor, inflamação e febre, como ácido acetilsalicílico, ibuprofeno ou diclofenaco.

Além disso, doenças como a doença de Crohn e a doença celíaca também podem causar inflamação da mucosa intestinal, gerando a gastroenterite não infecciosa.

Esta doença também pode surgir da ingestão de toxinas de alimentos, como botulismo ou intoxicação por ciguatera, que é uma toxina acumulada em alguns tipos de peixes e mariscos. É importante ressaltar que esse tipo de gastroenterite não é contagiosa.

Como é feito o tratamento

O tratamento da gastroenterite consiste principalmente em repousar, manter uma dieta leve e beber bastante líquidos.

  • Repouso, já que a gastroenterite pode causar desidratação e cansaço;
  • Dieta leve e de fácil digestão, incluindo arroz branco e frutas sem casca para  controlar os sintomas, ajudando na recuperação da infecção; Veja como deve ser a dieta na gastroenterite;
  • Ingestão de bastante líquidos, como água,  chás, água de coco, sais de reidratação oral e soro caseiro;
  • Uso de antieméticos, como domperidona, difenidramina e granisetrona, podem ser recomendados pelo médico para alívio de enjoos e vômitos. Confira os remédios indicados para vômitos e enjoos;
  • Uso de antibióticos, como azitromicina e tetraciclina, podem ser prescritos pelo médico para o tratamento de gastroenterite bacteriana;
  • Uso de probióticos, podem ser prescritos pelo médico para regular a flora bacteriana intestinal, ajudando a diminuir a diarreia. Saiba mais sobre os benefícios dos probióticos.

Já em casos mais graves, o médico pode indicar a administração intravenosa de hidratação no hospital, para a pessoa se estabilizar mais rapidamente.

Confira no vídeo a seguir mais dicas de como combater a gastroenterite:

youtube image - GASTROENTERITE: o que comer nos 4 primeiros dias

Como prevenir a gastroenterite

Algumas dicas para prevenir a gastroenterite são lavar bem as mãos depois de ir ao banheiro, antes de cozinhar e  antes de comer; evitar partilhar talheres e outros objetos com pessoas doentes; manter as superfícies limpas em casa, principalmente na cozinha; e evitar comer carne e peixe crus ou vegetais não lavados.

Além disso, as crianças também correm alto risco de contrair gastroenterite por infecção por um vírus conhecido como rotavírus, principalmente quando começam a frequentar a creche. Nesses casos, é recomendado fazer a vacinação contra o vírus durante o primeiro ano de vida.