Doença pulmonar: o que é, sintomas, causas e quando ir ao médico

agosto 2022
  1. Sintomas
  2. Causas
  3. Marcar consulta
  4. Tratamento

A doença pulmonar é um conjunto de doenças que afetam os pulmões, como a asma, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica, pneumonia ou embolia pulmonar, podendo ter diversas causas, como infecções por vírus, bactérias ou fungos, exposição à substâncias irritantes, como fumaça do cigarro, poeira ou asbesto, ou ainda devido a coágulos ou predisposição genética, por exemplo.

Os pulmões são órgão responsáveis pelas trocas gasosas, levando oxigênio para os tecidos e eliminando o gás carbônico através da respiração, e quando tem sua função afetada, pode causar sintomas como falta de ar, tosse seca ou com catarro, dor no peito, que piora ao inspirar fundo, ou lábios e dedos com coloração azulada.

Na presença de sintomas de doença pulmonar, é importante consultar o pneumologista para que sejam feitos exames, como raio X do tórax, exame de escarro, espirometria ou prova da função pulmonar, para diagnosticar qual tipo de doença e iniciar o tratamento mais adequado de acordo com sua causa.

Sintomas de doença pulmonar

Os sintomas mais comuns que podem indicar uma doença pulmonar são:

  • Falta de ar ou dificuldade para respirar;
  • Chiado ou ruído ao respirar;
  • Respiração muito rápida;
  • Tosse seca ou com catarro;
  • Tosse constante e que pode conter sangue;
  • Dor ou desconforto no peito;
  • Sensação de pressão ou aperto no peito;
  • Pigarro;
  • Coriza ou nariz entupido;
  • Lábios e pontas dos dedos arroxeados ou azulados;
  • Tontura;
  • Cansaço excessivo;
  • Inchaço nos tornozelos, pernas ou pés.
  • Palpitação cardíaca;
  • Pulso acelerado.

Além disso, em alguns casos pode surgir febre, dor de cabeça, dor muscular generalizada, ou perda do olfato ou paladar, por exemplo.

Possíveis causas

A doença pulmonar pode ter diversas causas, como predisposição genética, infecções por vírus, bactérias ou fungos, aspiração de vômito, coágulos nos pulmões, ou exposição a agentes irritantes, como poeira, pólen ou fumaça de cigarro, por exemplo.

As doenças pulmonares mais comuns são:

Além disso, a doença pulmonar também pode surgir devido ao uso de medicamentos, como ácido acetilsalicílico, amiodarona, anfotericina B, anticoncepcionais orais, fluoxetina, hidroclorotiazida, bleomicina, carbamazepina ou clorambucil, ou ainda drogas de abuso, como cocaína ou heroína, por exemplo.

Outras causas de doença pulmonar são traumas pulmonares ou doenças cardiovasculares, como trombose venosa profunda ou insuficiência cardíaca, por exemplo.

Quando marcar consulta

É importante consultar um pneumologista logo que os sintomas de doenças pulmonares aparecem, principalmente se a pessoa fumar com frequência, para que sejam feitos exames, seja identificada a causa e, assim, seja possível iniciar o tratamento mais adequado.

Além disso, deve-se procurar o pronto socorro mais próximo sempre que surgirem sintomas de doenças pulmonares associados a outros sintomas como confusão mental, pele pálida, suor frio, sensação de ansiedade ou pânico ou desmaio, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento da doença pulmonar deve ser feito com orientação do pneumologista e varia de acordo com sua causa, podendo ser recomendado o uso de antibióticos, corticoides, anti-inflamatórios, xaropes para tosse, broncodilatadores na forma de bombinhas, além de nebulização ou fisioterapia respiratória.

Nos casos mais graves, como na presença de dificuldades para respirar, confusão mental ou quando os sintomas não melhoram após o início do tratamento, pode ser necessário o internamento hospitalar, para fazer o uso de medicamentos diretamente na veia e da máscara de oxigênio, ou ventilador mecânico, para diminuir o trabalho dos pulmões, facilitando, assim, a recuperação.

Além disso, no caso de câncer de pulmão, pode ser indicado pelo médico o tratamento cirúrgico ou quimioterapia, por exemplo.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em agosto de 2022. Revisão médica por Dr. Gonzalo Ramirez - Clínico Geral e Psicólogo, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • FALCON-RODRIGUES, C. I.; et al. Aeroparticles, Composition, and Lung Diseases. Front. Immunol. 7. 3, 2016
  • OHBAYASHI, H.. Matrix Metalloproteinases in Lung Diseases. Current Protein and Peptide Science. 3. 4; 409-421(13), 2002
Mostrar bibliografia completa
  • ROSSI, S. E.; et al. Pulmonary Drug Toxicity: Radiologic and Pathologic Manifestations. RadioGraphics. 20. 5; 2000
  • SHWAIBLMAIR, M.; et al. Drug Induced Interstitial Lung Disease. Open Respir Med J. 6. 63–74, 2012
  • SHI, W.; et al. Lung Development and Adult Lung Diseases. Chest. 132. 2; 651-656, 2007
  • BOUCHER, R. C. Muco-Obstructive Lung Diseases. N Engl J Med. 380. 1941-1953, 2019
  • KWAH, J. H.; PETERS, A. T. Asthma in adults: Principles of treatment. Allergy Asthma Proc. 40. 6; 396-402, 2019
  • ALBERT, R. H. Diagnosis and treatment of acute bronchitis. Am Fam Physician. 82. 11; 1345-50, 2010
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. Lung Cancer Causes, Risk Factors, and Prevention. 2019. Disponível em: <https://www.cancer.org/content/dam/CRC/PDF/Public/8704.00.pdf>. Acesso em 13 jul 2022
  • AMERICAN LUNG ASSOCIATION. Lung Disease Lookup. Disponível em: <https://www.lung.org/lung-health-diseases/lung-disease-lookup>. Acesso em 13 jul 2022
Revisão médica:
Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
Clínico geral pela UPAEP com cédula profissional nº 12420918 e licenciado em Psicologia Clínica pela UDLAP nº 10101998.

Tuasaude no Youtube

  • PNEUMONIA: os sintomas que você tem que conhecer

    08:37 | 14417 visualizações
  • 5 EXERCÍCIOS PARA FORTALECER O PULMÃO | com @Mirca Fisioterapia e Bem-estar

    06:03 | 745169 visualizações
  • O que comer para asma

    02:48 | 309335 visualizações