Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais sintomas da hipertensão pulmonar, causas e como tratar

A hipertensão pulmonar é uma situação caracterizada pelo aumento da pressão nas artérias pulmonares, o que leva ao aparecimento de sintomas respiratórios como falta de ar durante esforço, principalmente, além de dificuldade para respirar, fraqueza e tontura, por exemplo.

Na maioria dos casos não se sabe qual a causa da hipertensão pulmonar, no entanto pode ser relacionada com doenças pulmonares, cardíacas, inflamatórias ou ser devido ao aumento da resistência dos vasos nos pulmões. Em todos os casos é importante que a hipertensão pulmonar seja identificada e tratada pelo pneumologista ou clínico geral por meio do uso de medicamentos que atuam relaxando os vasos sanguíneos.

Principais sintomas da hipertensão pulmonar, causas e como tratar

Principais sintomas

Os sinais e sintomas de hipertensão pulmonar normalmente só aparecem nas fases mais avançadas da doença, sendo o principal sintoma a falta de ar durante o esforço. Outros sintomas que podem ser indicativos de hipertensão pulmonar são:

  • Desmaio durante esforços;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Dor no peito;
  • Dificuldade para respirar;
  • Fraqueza, já que há pouca quantidade de oxigênio chegando aos tecidos.

A falta de ar acontece, inicialmente, durante os esforços, mas à medida que a doença piora e fica mais grave, pode passar a acontecer mesmo em repouso. Além disto, como a hipertensão pulmonar está muito relacionada a alterações cardíacas podem também aparecer sintomas relacionados ao coração, como inchaço nas pernas e palpitações.

De acordo com os sintomas apresentados pela pessoa, a hipertensão pulmonar pode ser classificada em classes:

  • Classe I: Presença de hipertensão pulmonar nos exames, mas não causa sintomas;
  • Classe II: Falta de ar durante atividade física, limitando esforços físicos;
  • Classe III: Limitação importante da atividade física, falta de ar que recupera com o descanso;
  • Classe IV: Falta de ar e cansaço mesmo no repouso, havendo dificuldade para qualquer esforço físico.

Diagnóstico da hipertensão pulmonar

O diagnóstico da hipertensão pulmonar nas fases iniciais da doença é difícil, já as alterações observadas podem ser sugestivas também de outras doenças. Por isso, o diagnóstico da hipertensão pulmonar deve ser feito por meio da avaliação da história clínica, exame físico e realização de diversos exames, como raio-X de tórax, eletrocardiograma, teste de função pulmonar e tomografia.

Para confirmar os resultados, o médico pode ainda solicitar a realização de um cateterismo, que irá medir exatamente a pressão dentro da artéria pulmonar.

O que causa a hipertensão pulmonar

Qualquer pessoa pode desenvolver a hipertensão pulmonar, porém é mais comum em mulheres acima dos 30 anos. Apesar de não estarem totalmente esclarecidas, as alterações da circulação pulmonar estão relacionadas a aumento da inflamação, fibrose e estreitamento dos vasos sanguíneos. Assim, as principais causas, são:

  • Primárias: acontecem devido a alterações na formação dos vasos pulmonares, por causas desconhecidas, sendo, neste caso, chamadas de idiopáticas, e, também, por causas hereditárias, e doenças, como doenças da tireoide, esclerodermia, lúpus, infecção pelo HIV e doenças do sangue, por exemplo.
  • Secundárias: causadas por alterações no coração, como insuficiência cardíaca, e doenças pulmonares, como enfisema, apnéia do sono, trombose pulmonar ou sarcoidose, por exemplo.

Todas estas causas provocam dificuldade na circulação de sangue dentro do pulmão, o que pode sobrecarregar ainda mais o coração e piorar a doença, aumentando o risco de complicações.

Como é feito o tratamento

O tratamento para hipertensão pulmonar tem como objetivo tratar a causa e aliviar os sintomas, sendo, por isso, recomendado pelo médico o uso de medicamentos para melhorar a circulação e reduzir a pressão do pulmão, como anticoagulantes, vasodilatadores, anti-hipertensivos, diuréticos e terapia com máscara de oxigênio. Entretanto, em casos muito graves, o transplante cardíaco ou pulmonar podem ser a única solução.

Exercícios respiratórios, orientados por um fisioterapeuta podem, também, ajudar na recuperação e melhora dos sintomas.

Hipertensão pulmonar do recém nascido

Esta condição surge quando há uma alteração circulação sanguínea dos pulmões e coração do bebê, o que provoca dificuldade para oxigenar o corpo, e sintomas como dificuldade para respirar, lábios e dedos azulados e inchaço no copo. A hipertensão pulmonar do bebê, geralmente, acontece por asfixia dentro do útero ou durante o parto, pneumonia, hipotermia, hipoglicemia, ou pelo uso de medicamentos pela mãe, em excesso, como indometacina ou aspirina, por exemplo.

O tratamento é feito com uso de oxigenioterapia, com máscara ou em uma encubadora, mantendo o bebê aquecido e sem dor, além de medicamentos ou procedimentos para corrigir os defeitos no coração. Na fase inicial e mais grave, pode, ainda, ser necessário que a respiração seja feita com a ajuda de aparelhos, o que pode ser retirado após melhora dos sinais e sintomas.

Bibliografia >

  • HOEPER, Marius M. et al. Pulmonary Hypertension. Dtsch Arztebl Int. Vol 114. 73-84, 2017
  • CDC. Pulmonary Hypertension Fact Sheet. Disponível em: <https://www.cdc.gov/dhdsp/data_statistics/fact_sheets/fs_pulmonary_hypertension.htm>. Acesso em 20 Dez 2019
  • HOETTE, Susana; JARDIM, Carlos; SOUZA, Rogério. Diagnóstico e tratamento da hipertensão pulmonar: uma atualização. J Bras Pneumol. Vol 36. 6 ed; 795-811, 2010
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem