O que comer quando se está com virose

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
julho 2022

Durante a virose é importante comer alimentos de fácil digestão, como arroz branco, pão branco e tapioca, assim como frutas e legumes cozidos e sem casca, como maçã, pera, chuchu e abobrinha.

Além disso, é importante também evitar alimentos ricos em fibras, como cereais integrais, frutas e legumes crus e com casca, e alimentos ricos em gordura, como frituras e fast food, já que são de difícil digestão e podem estimular os movimentos do intestino, causando mal estar e diarreia.

A virose é uma condição causada por um vírus, que pode gerar infecções respiratórias ou gastroenterite em adultos e crianças, provocando sintomas como vômitos, diarreia, cólicas e febre. Conheça os principais tipos e sintomas da virose.

Alimentos recomendados

Os alimentos recomendados durante a virose devem ter poucas fibras e baixo teor de gorduras, como:

  • Cereais com poucas fibras, como arroz, branco, farinha de milho, pão branco e macarrão branco;
  • Frutas, como maçã, pera, banana, goiaba, pêssego e melão, de preferência sem casca e sementes, e cozidas;
  • Legumes, como cenoura, abóbora, chuchu, vagem e abobrinha, de preferência sem casca e bem cozidos;
  • Proteínas com pouca gordura, como frango sem pele, peixes brancos, peru e tofu;
  • Tubérculos, como batata, aipim, inhame, cará e tapioca;
  • Laticínios sem lactose, como leite s/ lactose, iogurte s/ lactose e queijos s/ lactose;
  • Bebidas vegetais, como leite de arroz, de soja, de aveia ou amêndoas;
  • Água, que deve ser fracionada em pequenas quantidades ao longo do dia, para evitar a desidratação.

Além disso, alguns chás como camomila, gengibre e funcho também podem ser consumidos durante a dieta, já que ajudam a aliviar enjoos e vômitos. Conheça outras opções de chás para aliviar enjoos e vômitos.

É recomendado também fazer de 5 a 6 refeições por dia, fracionadas em pequenas porções, para facilitar a digestão dos alimentos, evitando náuseas e vômitos.

Veja com a nutricionista Tatiana Zanin outras sugestões de alimentos para tratar a virose:

O que comer em casos de vômitos

Em casos de vômitos é aconselhado evitar a ingestão de alimentos e bebidas por 1 hora e, depois, testar beber pequenas quantidades de água. Assim que o organismo tolerar a água, pode-se tentar comer pequenas porções de alimentos aos poucos.

Cardápio de 3 dias para virose

A tabela a seguir contém um exemplo de cardápio de 3 dias para tratar a virose:

Refeições

Dia 1

Dia 2

Dia 3

Café da manhã

1 xícara de chá de funcho + 1 tapioca com queijo branco s/ lactose

1 prato de mingau feito com 300ml de leite s/ lactose, ou bebida vegetal de soja, canela em pó, farinha de arroz e 1 col de sobremesa de mel

1 xícara de chá de hortelã + 1 pão francês branco com 1 col de sopa de cottage s/ lactose

Lanche da manhã

1 goiaba s/ casca e cozida s/ açúcar

1 maçã s/ casca e s/ açúcar, cozida com canela em pó 

1 pera cozida s/ casca e s/ açúcar 

Almoço

2 col de arroz branco + 1 filé de peixe branco grelhado + 3 col de sopa de vagem refogada + 1 fatia de melão

1 coxa de frango s/ pele ensopada + 3 col de sopa de purê de batata + 2 col de sopa de cenoura e abobrinha cozidos + 1 pêssego s/ casca

1 filé de peito de peru grelhado + 4 colheres de sopa de aipim cozido picado + 3 col de sopa de feijão verde ensopado + 1 fatia de abacaxi

Lanche da tarde

1 banana

1 goiaba s/ casca

1 maçã / casca e cozida s/ açúcar 

Jantar

1 prato de sopa com músculo bovino, cenoura, abobrinha, batata e vagem

2 col sopa de arroz branco + 3 col sopa de vagem e cenoura ensopados + 1 filé de peixe branco ensopado

1 prato de canja feita com  peito de frango, cenoura, arroz branco e abobrinha

Ceia

1 prato de mingau feito com 200 ml de bebida vegetal de arroz, farinha de milho e canela em pó

1 xícara de chá de erva-cidreira + 1 pera cozida s/ casca e s/ açúcar

1 xícara de chá de alecrim + 1 banana

Este cardápio é apenas um modelo, onde as quantidades e tipos de alimentos podem variar de acordo com a idade, o sexo, o peso e o estado de saúde de cada pessoa, Por isso, é aconselhado consultar um nutricionista para que seja feita uma avaliação completa e planejada uma dieta de acordo com as necessidades individuais.

Alimentos que devem ser evitados

Os alimentos que devem ser evitados durante a virose são principalmente os que contêm fibras de difícil digestão, com lactose e os ricos em gordura, como:

  • Frutas laxantes, como mamão, laranja, ameixa, abacate, figo e kiwi;
  • Frutas secas, como uva-passa, damasco seco ou tâmaras;
  • Sementes e oleaginosas, como chia, sementes de abóbora, nozes e amendoim;
  • Vegetais folhosos, como rúcula, alface, espinafre, couve, acelga e chicória;
  • Laticínios com lactose, como iogurte com lactose, leite com lactose, queijos com lactose e manteiga com lactose;
  • Alimentos ricos em gordura, como sorvete, batata frita, hambúrguer, pizza e salgadinhos de pacote;
  • Alimentos ricos em enxofre, como brócolis, couve-flor, aspargos, alho-poró, cebola, rabanete, alho, nabo e couve de Bruxelas, feijão e ovos;
  • Embutidos, como salsicha, linguiça, mortadela, salame e presunto;
  • Molhos e temperos prontos, como ketchup, maionese, mostarda e molho shoyu;
  • Condimentos, como pimenta, curry, páprica e cominho;
  • Proteínas com muita gordura, como bacon, picanha, carne de cordeiro, carne de pato e carne de porco;
  • Alimentos doces, como mel, açúcar, bolos, biscoitos recheados, chocolates, refrigerantes e sucos industrializados;
  • Bebidas com cafeína, como café, chá preto, chá verde e chá mate;

Além disso, deve-se evitar também sucos naturais de fruta, já que contêm muita frutose, um tipo de carboidrato que estimula a contração do intestino, piorando os quadros de diarreia.

O que comer após a virose

Após a virose é importante retomar à uma alimentação balanceada e variada, incluindo gradativamente os outros tipos de alimentos na dieta, como todas as frutas, legumes e verduras, os cereais integrais e os laticínios com pouca gordura. Veja outras dicas para retomar uma alimentação balanceada

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em julho de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em julho de 2022.

Bibliografia

  • MARTINS, Sofia et al. Diagnóstico e tratamento da Gastrenterite Aguda – as perspectivas da ESPGHAN-ESPID e da SLAGHNP. Acta Pediátrica Portuguesa. Vol.42. 4.ed; 172-176, 2011
  • UNIVERSITY HEALTH NETWORK. Dicas Alimentares para Pessoas com Diarreia. 2016. Disponível em: <https://www.uhn.ca/PatientsFamilies/Health_Information/Health_Topics/Documents/Eating_Hints_for_People_with_Diarrhea_Portuguese.pdf>. Acesso em 28 jul 2022
Mostrar bibliografia completa
  • DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE DE PORTUGAL. Temas da saúde: Diarreia. Disponível em: <https://www.sns24.gov.pt/tema/sintomas/diarreia/#sec-9>. Acesso em 28 jul 2022
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Como PARAR a DIARREIA mais rápido

    17:10 | 139461 visualizações
  • GASTROENTERITE: o que comer nos 4 primeiros dias

    10:06 | 73674 visualizações
  • APRENDER A LAVAR AS MÃOS ✋

    02:44 | 43857 visualizações