Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para gordura no fígado

Nos casos de gordura no fígado, também conhecida como esteatose hepática, é importante realizar algumas alterações nos hábitos alimentares, já que essa é uma das melhores formas de tratar e melhorar os sintomas da condição, especialmente a perda de apetite, a dor abdominal do lado direito e a barriga inchada.

O fígado gordo é o resultado de maus hábitos alimentares, associados ao aumento de peso e a doenças da obesidade como: pré-diabetes, diabetes, colesterol alto, triglicerídeos altos e hipertensão. Assim, esta dieta tem o objetivo de eliminar a gordura acumulada a nível abdominal, de forma a tentar reduzir progressivamente a gordura no fígado.

Dieta para gordura no fígado

Conselhos de dieta para fígado gordo

Uma das recomendações principais para eliminar gradualmente a gordura acumulada no fígado é diminuir de peso, caso se tenha sobrepeso. Isso porque, quando se perde pelo menos 10% do peso atual, os níveis de enzimas no fígado aumentam e favorecem a eliminação da gordura acumulada.

A seguir, estão indicados quais os alimentos permitidos e quais se devem evitar:

Alimentos permitidos

  • Consumir 4 a 5 porções de fruta e vegetais por dia, como abobrinha, berinjela, alface, tomate, cebola, cenoura, maçã, pera, pêssego, mamão, morangos, amoras, framboesas, laranja, limão, ameixas, entre outros;
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra diariamente, como arroz integral, pão integral ou macarrão integral;
  • Ovos;
  • Carnes brancas (com pouca gordura), como peru, frango ou peixe;
  • Leite e iogurte desnatados;
  • Queijos brancos;
  • 1 colher (de sobremesa) de azeite cru.

O tipo de gordura que pode ser consumida, mas em pequenas quantidades, são as gorduras poliinsaturadas, monoinsaturadas e os alimentos ricos em ômega 3. Alguns exemplos destes tipos de gordura são: azeite, abacate, frutos secos como amendoim, nozes, amêndoas; e peixes como salmão, truta, sardinhas ou cavala, por exemplo. Confira mais exemplos de alimentos ricos em ômega 3.

Veja mais algumas dicas importantes no vídeo em:

Dieta para gordura no fígado

1.7 milhões visualizações

Alimentos que devem ser evitados

Os alimentos que devem ser evitados para evitar o acúmulo de gordura no fígado são:

  • Alimentos com gorduras saturadas: queijo amarelo, queijo creme, requeijão, chocolate, biscoitos, bolos, embutidos, molhos, manteiga, coco, margarina, pizza ou hambúrguer, por exemplo;
  • Produtos ricos em açúcar, especialmente industrializados e processados, como biscoitos ou sucos;
  • Comidas rápidas, prontas ou congeladas;
  • Bebidas alcoólicas.

Em algumas pessoas, a gordura no fígado pode causar dor abdominal e, por isso, o consumo de alimentos que produzem gases, como o feijão, pode causar maior mal-estar, pelo que também devem ser evitados. Confira uma lista de alimentos que causam gases.

Exemplo de cardápio para fígado gordo

Na tabela a seguir está um exemplo de menu para 3 dias, numa dieta para gordura no fígado:

RefeiçõesDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã2 fatias de pão integral + 2 fatias de queijo branco + 1 copo de suco de laranja sem açúcar1 pote de iogurte + ½ xícara de cereais integrais + 1 pera2 ovos mexidos + 1 fatia de queijo branco + 1 fatia de pão integral + 1 copo de suco de morango sem açúcar
Lanche da manhã1 pêssego médio2 torradas integrais com colheres de queijo ricotta1 banana
Almoço/Jantar90 g de peito de frango grelhado + ½ xícara de arroz + 1 xícara de salada de alface, cenoura e milho, temperada com uma gotas de limão e sal + 1 pera1 filé de pescada no forno com purê de abóbora + 1 xícara de salada de beterraba com cenoura cozida, temperada com umas gotas de limão e Orégano + 1 banana1 tortilha de trigo integral mediana + 90 g de peito de peru cortada em tiras + salada de tomate, alface e cebola, temperada com gotas de limão e uma colher de (sobremesa) de azeite + 1 pêssego
Lanche da tarde1 potinho de gelatina sem acúcar1 maçã1 iogurte desnatado com ½ xícara de granola

Outras recomendações

É importante ingerir bastante água ao longo do dia, sendo recomendado beber pelo menos 2 litros por dia. Também é possível ingerir chás que favorecem a limpeza do fígado para eliminar as toxinas que se encontram acumuladas, como cardo mariano, milefólio ou alcachofra. Veja outros exemplos de remédios caseiros para gordura no fígado.

No caso da pessoa não beber muita água é possível adicionar limão, pois além de dar algum sabor à água também contém vitamina C que ajuda a desintoxicar o fígado. Além disso, deve-se sempre fazer pelo menos 3 refeições principais e 2 lanches ao longo do dia, evitando-se ficar muito tempo sem comer.

Nesta dieta é ainda importante que os alimentos sejam preparados de forma simples, sem muitos condimentos ou gordura, devendo ser cozinhados preferencialmente como grelhados, ao vapor ou no forno.

Ao seguir corretamente estas orientações é possível eliminar gradualmente a gordura acumulada a nível abdominal, assim como a acumulada no fígado, podendo ver-se resultados em cerca de 2 meses. No entanto, o ideal é que sempre se consulte um nutricionista para adequar o cardápio às necessidades individuais de cada pessoa.


Bibliografia

  • MAHAN, L. Kathleen et al. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 13.ed. São Paulo: Elsevier Editora, 2013. 645-664.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem