O que você precisa saber?

Febre, vômito e diarreia são Sintomas de Virose

Os sintomas da virose geralmente são diarreia, febre e vômito e apesar de serem mais frequentes em bebês e crianças, também podem surgir em adultos. A virose é toda e qualquer doença que é causada por vírus e que tem uma curta duração, que raramente ultrapassa 10 dias.

A principal diferença da virose de doenças como Dengue ou Zika são os outros sintomas que estão presentes nestas doenças mas que não surgem em caso de virose. Conheça os sintomas da dengue.

São sintomas característicos de virose:

  • Diarreia, febre e vômito;
  • Enjoo e falta de apetite;
  • Dor muscular e dor na barriga.

Normalmente o primeiro sintoma é a febre baixa, que não ultrapassa 38ºC e que significa que o corpo está trabalhando para combater o vírus. A seguir surgem diarreia e vômito, que podem ser mais ou menos intensos dependendo da resistência que a pessoa possui. O mal-estar, falta do apetite e as dores vão se instalando aos poucos e podem permanecer até a cura da doença que pode variar de 5 a 10 dias.

Sintomas de viroseSintomas de virose

Quando a criança apresenta virose é normal os pais e os irmãos também serem afetados, mas nos adultos os sintomas são mais leves e duram menos tempo.

Como saber se é virose

O médico pode identificar a virose somente com base nos sintomas, especialmente quando a pessoa não apresenta nenhum outro sintoma e quando existem outras pessoas afetadas, na família, na mesma escola ou no trabalho, por exemplo.

É comum haver períodos em que várias crianças da mesma creche apresentam sintomas de virose e por isso se os pais sabem que os colegas de seu filho estão com virose, existe a possibilidade de que seu filho também esteja afetado por esta mesma doença. Por isso, é importante dizer ao médico os sintomas que apresenta e se existem casos de pessoas próximas com os mesmos sintomas.

Para se certificar de que é virose o médico pode ou não pedir exames específicos.

Porque os médicos nem sempre pedem exames

Nem sempre é necessário fazer exames para saber se é uma virose porque na maior parte das vezes não se consegue descobrir qual o vírus em causa e além disso os exames clássicos como o exame de sangue comum, chamado de hemograma, e o exame de urina não apresentam alterações.

Mas para se certificar de que não se trata de outras doenças, como rubéola por exemplo, o médico poderá solicitar um exame de sangue especifico para aquela doença.

Como curar a virose mais rápido

O tratamento para virose consiste no alívio dos sintomas porque não existem remédios específicos para estes vírus, sendo aconselhado tomar muita água, repouso e boa alimentação.

Durante o tratamento da virose, aconselha-se o consumo de alimentos leves e de fácil digestão, dando-se preferência a frutas, legumes, verduras e carnes magras cozidas. Também é recomendado evitar alimentos muito condimentados, gordurosos, gasosos e de difícil digestão.

Para evitar a desidratação, deve-se ingerir, no mínimo, a mesma quantidade de água perdida através dos vômitos e da diarreia. A água pode ser substituída pelo soro caseiro porque este é mais eficaz contra a desidratação porque contém sair minerais que são perdidos no vômito e na diarreia. Veja como fazer o soro caseiro no vídeo a seguir:

Nos casos mais graves, quando há diarreia severa o médico poderá indicar o uso de antibióticos e um regulador da flora intestinal.

Sinais de alerta para voltar ao médico

É importante voltar no médico quando apresenta sinais e sintomas de desidratação, como olhos fundos, pele muito seca e desidratada, ou quando a diarreia piora ou apresenta-se com sangue. Se outros sintomas como manchas na pele, febre que não cede com Paracetamol e desmaio acontecerem também deve-se ir ao pronto-socorro.

Porque a virose é mais comum nas crianças

Os sintomas causados por vírus são mais comuns em bebês e crianças porque eles ainda não tem toda a resistência que os adultos possuem e o seu sistema imune ainda encontra-se em desenvolvimento.

Assim, cada vez que a criança entra em contato com um micro-organismo diferente, até que seu corpo possa produzir os anticorpos contra o invasor ela apresentará os sintomas de virose. No entanto, dificilmente a criança ou o adulto desenvolverá os sintomas ao entrar em contato com o mesmo vírus, mas como existem muitos vírus diferentes, ao entrar em contato com um outro vírus, poderá apresentar sintomas, embora possam ser mais fracos.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...