Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para gastroenterite

Na dieta para gastroenterite deve-se priorizar alimentos de fácil digestão e com poucas fibras, como arroz branco bem cozido, caldos, frango desfiado, purê de batata e frutas cozidas ou com bastante água, como melancia e melão.

A gastroenterite é uma infecção intestinal normalmente causada por alimentos contaminados e costuma durar apenas poucos dias. Ela causa dores abdominais, diarreia e vômitos, além de febre e dor de cabeça nos casos mais graves.

Dieta para gastroenterite

Alimentos Permitidos

Os alimentos que devem ser consumidos deve ser de fácil digestão para deixar o estômago e o intestino descansarem para acelerar a recuperação da doença, como:

  • Frutas com fibras que reduzem a diarreia e têm bastante água, como melancia, melão, goiaba, maçã sem casca, suco de laranja, suco de tangerina, banana não muito madura;
  • Cereais não integrais, como arroz branco, macarrão branco, farofa, tapioca;
  • Batata cozida e purê de batata;
  • Carnes magras e de fácil digestão, como frango cozido e carne moída;
  • Chás calmantes como camomila e cidreira, com gengibre.

Além dos alimentos, é importante beber bastantes líquidos para manter a hidratação e repor a água perdida na diarreia ou nos vômitos. Além da água pura, pode-se utilizar chás e sucos coados consumidos em pequenas quantidades ao longo do dia. Veja como preparar o soro caseiro.

Alimentos Proibidos

Dieta para gastroenterite

Os alimentos proibidos durante a gastroenterite são aqueles de difícil digestão e que estimulam uma maior movimentação no estômago e no intestino, como:

  • Café e outros alimentos com cafeína, como refrigerantes de cola, chocolate e chás verde, preto e mate;
  • Frituras, pois o excesso de gordura pode causar diarreia;
  • Alimentos que produzem gases, como feijão, lentilha, ovo e repolho;
  • Vegetais crus e folhosos, pois são ricos em fibras que podem causar inchaço abdominal e diarreia;
  • Frutas laxantes, como mamão, ameixa, abacate e figo;
  • Sementes como chia e linhaça, pois aceleram o trânsito intestinal;
  • Oleaginosas, como castanha, amendoim e nozes, pois são ricas em gordura e podem causar diarreia;
  • Carnes processadas e ricas em gordura, como salsicha, linguiça, presunto, mortadela e bacon.

À medida que o funcionamento intestinal for melhorando, deve-se introduzir aos poucos legumes cozidos e outras frutas na alimentação, observando alterações na consistência das fezes e na produção de gases intestinais.

Cardápio da Dieta para Gastroenterite

A tabela a seguir trás o exemplo de um cardápio de 3 dias para tratar a crise de gastroenterite:

RefeiçãoDia 1Dia 2Dia 3
Café da Manhã1 copo de suco de goiaba + 3 torradas com requeijãochá de camomila e gengibre + 1 tapioca pequena com queijo branco1 iogurte natural + 1 fatia de pão com queijo branco
Lanche da manhã1 maçã cozida1 copo de suco de laranja coado1 banana amassada com 1 colher de aveia
Almoço/Jantarsopa de frango desfiado com batata e cenourapurê de batata com carne moídaarroz branco bem cozido com frango e legumes cozidos
Lanche da Tardechá de casca de laranja com gengibre + 1 fatia de pão com queijo branco1 banana + 3 torradas com requeijão 1 copo de suco de maçã + 1 5 bolachas de água e sal

Além de ter cuidado na alimentação, também pode ser necessário o uso de medicamentos probióticos para repor a flora intestinal e acelerar a recuperação do intestino. Veja exemplos de suplementos com probióticos.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...