Urografia excretora: o que é, quando é indicada e preparo

Revisão médica: Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
setembro 2022

A urografia excretora, conhecida também como urografia venosa, é um exame feito através de raio X, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, sendo usado para avaliar a estrutura e as funções do sistema urinário, incluindo os rins, a uretra e a bexiga.

Esse exame é indicado para identificar alterações como tumores, aumento da próstata, pedras nos rins ou hidronefrose, uma dilatação do rim que surge quando a urina não consegue chegar até à bexiga e se acumula nos rins, causando dor, febre e náuseas. Entenda melhor como acontece a hidronefrose.

A urografia excretora dura entre 15 minutos a 4 horas e geralmente é feita por um radiologista, que é o responsável por realizar exames como tomografia computadorizada, ressonância magnética e mamografia, por exemplo.

Quando é indicado

O exame de urografia excretora geralmente é indicado para identificar alterações nas vias urinárias, como bexiga, rins, uretra e ureter. Por isso, esse exame serve para identificar problemas, como:

  • Tumores nos rins, bexiga ou ureter;
  • Doenças congênitas no sistema urinário;
  • Aumento da próstata;
  • Hidronefrose;
  • Cicatrizes causadas por infecções no sistema urinário;
  • Pedras nos rins ou bexiga.

A urografia excretora pode ser indicada pelo médico principalmente na presença de sintomas como dor na parte inferior das costas, presença de sangue na urina e infecções urinárias frequentes, por exemplo.

Como é o preparo para urografia excretora

O preparo para a urografia excretora varia de acordo com cada instituição, o objetivo do exame e a idade de cada pessoa. Assim, os preparos para esse exame incluem:

  1. Raio X: para este tipo de exame pode ser recomendado ficar sem comer e beber depois da meia noite do dia anterior ao exame. Além disso, o médico também pode indicar o uso de um remédio laxante na noite anterior ao dia do exame;
  2. Tomografia Computadorizada: o médico poderá recomendar um jejum total de alimentos e bebidas por algumas horas antes do exame;
  3. Ressonância magnética: poderá ser indicado beber água antes do exame e não urinar até o final do exame. Além disso, o médico também pode recomendar fazer jejum de 8 a 12 horas antes do exame;

Além disso, pessoas que não conseguem ficar paradas por longos períodos, como crianças, portadores de claustrofobia, demência e esquizofrenia, podem precisar de sedativos para dormir durante o exame. Nestes casos, é importante conversar com o médico sobre as restrições necessárias de alimentos e bebidas antes da sedação.

Como é feito o exame

A urografia excretora varia de acordo com o tipo de exame recomendado pelo médico, podendo incluir:

1. Raio X

Durante o exame de urografia excretora por raio X, a pessoa fica deitada de barriga para cima, e as imagens da barriga são tiradas. A seguir, o contraste, uma substância que ajuda a obter uma melhor definição das imagens, é injetado na veia do braço ou mão da pessoa e outras imagens são tiradas. Durante o exame, o radiologista pode pedir para a pessoa esvaziar a bexiga para capturar também uma imagem com a bexiga vazia.

Esse exame dura de 1 a 4 horas, sendo importante ficar parado durante a captura das imagens. Além disso, o radiologista também pode pedir para segurar a respiração por alguns segundos durante a captura das imagens.

2. Ressonância magnética

Durante a ressonância magnética, a pessoa fica dentro do aparelho que emite o campo magnético na posição de bruços, de barriga para cima ou de lado. É importante ficar parado durante esse exame e, por isso, o uso de sedativos para dormir pode ser indicado para algumas pessoas.

A seguir, o enfermeiro ou o radiologista injeta o contraste na veia da pessoa e a posiciona dentro do aparelho de ressonância magnética, onde as imagens serão retiradas. Esse exame leva cerca de 15 a 30 minutos.

3. Tomografia computadorizada

Neste exame, a pessoa poderá ficar na maca de barriga para cima, de bruços ou de lado. A seguir, o enfermeiro ou o radiologista injeta o contraste na veia da mão ou braço. Em seguida, a maca é deslocada para dentro do tomógrafo onde as imagens são geradas.

O radiologista também poderá pedir para prender a respiração por alguns segundos durante o exame. Esse exame dura cerca de 30 minutos. Entenda melhor como é feita a tomografia computadorizada.

Durante esse exame é importante ficar imóvel e, por isso, pode ser recomendado o uso de sedativos para dormir para algumas pessoas.

Possíveis efeitos colaterais

Durante a urografia excretora feita por ressonância magnética, a parte do corpo que está sendo avaliada pode ficar levemente quente.

Já a injeção de contraste poderá causar uma leve picada, irritação ou vermelhidão no local da aplicação. O contraste também pode causar sintomas leves e que geralmente desaparecem após alguns minutos, como ondas de calor, coceira, náuseas, dor de cabeça e um gosto metálico na boca.

Além disso, o contraste também pode causar reações alérgicas mais graves em algumas pessoas, provocando falta de ar, vômitos, inchaço na boca e outras partes do corpo, sendo recomendado informar imediatamente esses sintomas para o radiologista ou enfermeiro.

A urografia excretora não é indicada para pessoas com alergia ao contraste.

Riscos da urografia excretora

Os riscos da urografia excretora estão relacionados principalmente com a injeção de contraste, que pode causar reações alérgicas graves em algumas pessoas e que inclui sintomas como inchaço dos lábios e garganta, aumentos dos batimentos cardíacos e queda de pressão arterial.

Por isso, é recomendado ficar atento aos possíveis sintomas de alergia e comunicar ao radiologista ou enfermeiro imediatamente. Conheça todos os riscos do uso de contraste.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em setembro de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • RADIOLOGICAL SOCIETY OF NORTH AMERICA. Urography. Disponível em: <https://www.radiologyinfo.org/en/info/urography#db30535362474f57abb7e502ea30af7c>. Acesso em 13 set 2022
  • RADIOLOGICAL SOCIETY OF NORTH AMERICA. Intravenous Pyelogram (IVP). Disponível em: <https://www.radiologyinfo.org/en/info/ivp#949586204573452bb454e43de838fe07>. Acesso em 13 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE - MEDLINE PLUS. Intravenous Pyelogram (IVP). Disponível em: <https://medlineplus.gov/lab-tests/intravenous-pyelogram-ivp/>. Acesso em 13 set 2022
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Clínico geral
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878