Dor nas costas e barriga: 8 causas e o que fazer

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
março 2022

Na maioria dos casos, a dor nas costas é provocada por uma contratura dos músculos ou alterações na coluna e ocorre devido a má postura ao longo do dia, como sentar no computador com as costas curvadas, passar muitas horas em pé ou dormir num colchão muito mole ou no chão, por exemplo.

No entanto, quando a dor nas costas irradia para a barriga, pode ser indicativo de pedra nos rins, gases, inflamação da vesícula ou alterações gastrointestinais, por exemplo.

Assim, caso a dor na barriga e nas costas seja muito intensa, atrapalhando as atividade do dia a dia, ou seja acompanhada por outros sintomas como náuseas, vômitos, inchaço abdominal, dor e ardor para urinar ou fezes moles, por exemplo, é importante que o médico seja consultado para que seja identificada a causa e iniciado o tratamento mais adequado.

1. Pedra nos rins

Na crise renal é comum a pessoa sentir intensa dor nas costas, no final da coluna mais para o lado direito ou esquerdo, mas em alguns casos também pode irradiar para a região abdominal. Além disso, a presença de pedra nos rins provoca a inflamação desse órgão, bexiga e ureteres, o que pode aumentar o risco de infecção urinária, que pode ter como sintoma a dor no pé da barriga.

O que fazer: é recomendado ir ao hospital para que seja identificado o tamanho da pedra e possa ser iniciado o tratamento para aliviar a dor e para favorecer a eliminação da pedra pela urina.

Assinale os sintomas que apresenta e saiba se pode ter pedra nos rins:

  1. 1.Dor intensa na parte de baixo das costas, que pode limitar os movimentos
  2. 2.Dor que irradia das costas para a virilha
  3. 3.Dor ao urinar
  4. 4.Urina rosa, vermelha ou marrom
  5. 5.Vontade frequente para urinar
  6. 6.Enjoos ou vômitos
  7. 7.Febre acima de 38º C

2. Problemas de coluna 

No caso da artrose na coluna a dor nas costas costuma ser perto do pescoço ou no final das costas, sendo mais centralizada, embora também possa afetar a barriga. 

O que fazer: ir ao ortopedista para fazer um raio X da coluna a fim de identificar a possível alteração e iniciar o tratamento que pode ser feito com uso de analgésicos, anti-inflamatórios ou fisioterapia para melhorar a postura, combater os sintomas e evitar o agravamento com o surgimento da hérnia de disco ou bico de papagaio, por exemplo. 

3. Gases

Em alguns casos a acumulo de gases intestinais também pode causar dor nas costas e no abdômen, deixando a barriga inchada. A dor pode ser em pontadas ou fisgadas e tende a iniciar localizada numa parte das costas ou da barriga e depois pode se deslocar para outra parte da barriga.

O que fazer: tomar um chá de erva-doce e a seguir caminhar cerca de 40 minutos pode ser útil para eliminar os gases naturalmente, mas se a dor não cessar pode-se experimentar tomar a água de ameixa, porque ajuda a eliminar as fezes que podem estar favorecendo a produção de gases. Fazer refeições ligeiras comendo alimentos frescos, como frutas e legumes e beber pequenas quantidades de água ao longo do dia, e beber chá de camomila ou cidreira pode ajudar a aliviar a dor.

4. Inflamação da vesícula

A inflamação da vesícula é, na maioria das vezes, causada pela presença de uma pedra nesse órgão, o que pode causar dor no estômago, sensação de peso na barriga, arrotos, inchaço abdominal, enjoos e vômitos, principalmente após refeições gordurosas. Em alguns casos, é possível haver ao mesmo tempo dor no estômago e nas costas, sendo importante que o médico seja consultado. Veja como identificar a pedra na vesícula.

O que fazer: é recomendado consultar o gastroenterologista e fazer um ultrassom para confirmar a presença da pedra e a necessidade de cirurgia para retirar a vesícula. 

5. Doenças do intestino

As doenças intestinais, como no caso da Síndrome do Intestino Irritável, geralmente causam dor no abdômen que pode irradiar para as costas, sendo mais difusa. Além da dor abdominal e nas costas, podem surgir outros sintomas como desconforto no pé da barriga, fezes moles ou muito duras e barriga inchada.

O que fazer: deve observar os hábitos intestinais a fim de identificar se pode ser prisão de ventre, gases ou diarreia. Uma consulta com um gastroenterologista pode ser útil para identificar outros sintomas, fazer exames para chegar ao diagnóstico e iniciar o tratamento.

6. Pancreatite

A pancreatite é uma situação grave, que pode precisar de atendimento médico de urgência, podendo ser realizada uma cirurgia de urgência. A dor da pancreatite começa mal localizada e afeta a parte superior da barriga, na parte mais próxima das costelas, chamada de "dor em barra", mas tende a ir piorando e pode irradiar para as costas. À medida que a inflamação piora, a dor fica mais localizada e se torna ainda mais forte. Saiba reconhecer os sintomas de pancreatite.

O que fazer: deve ir ao pronto-socorro para saber se realmente é pancreatite e iniciar o tratamento com analgésicos, anti-inflamatórios e enzimas específicas para o bom funcionamento do pâncreas. Dependendo do que causou a inflamação, como uma obstrução por cálculo, tumor ou infecções, pode ser preciso usar antibióticos ou realizar uma cirurgia, por exemplo.

7. Lombalgia

A lombalgia é a dor no fundo das costas, mas que também pode acontecer no meio das costas, especialmente depois de fazer muito esforço como subir escadas ou carregar sacolas pesadas. Ficar muito tempo sentado ou de pé, tende a piorar a dor, que pode começar a irradiar para o abdômen. Se irradiar para o bumbum ou para as pernas, pode ser indicativo de inflamação do nervo ciático

O que fazer: colocar uma compressa quente nas costas pode aliviar a dor leve ou moderada, mas é preciso ir ao ortopedista para realizar exames e iniciar o tratamento, que pode ser feito com sessões de fisioterapia, por exemplo.

8. Pielonefrite

A pielonefrite é uma infecção urinária alta, ou seja, que afeta os rins e ureteres, que ocorre devido à subida das bactérias para essa região ou por complicação de uma infecção urinaria baixa. Nesse caso, é comum sentir intensa dor nas costas, no lado do rim afetado, dor na região abdominal inferior ao urinar, febre alta com calafrios e tremores, além de mal-estar, náuseas e vômitos.

O que fazer: deve-se ir ao pronto socorro, porque é preciso tomar remédios para alivio da dor, além de antibióticos e antipiréticos e realização de exames de sangue e urina. Saiba mais o que é a pielonefrite e principais sintomas.

Dor na barriga e nas costas na gravidez

A dor nas costas que irradia para o abdômen no início da gravidez pode acontecer quando há uma neuralgia intercostal devido ao estiramento do nervo por causa do crescimento da barriga. No entanto, outra causa comum são as contrações uterinas. Já a dor que inicia na barriga, na região estomacal, que irradia para as costas, pode ser do refluxo gástrico, causa muito comum na gravidez, devido ao aumento do volume do útero e compressão do estômago.

O que sente: a dor causada pela neuralgia intercostal pode ser em forma de pontada e geralmente é perto das costelas, mas a dor nas costas irradia para o fundo da barriga pode ser sinal de contrações uterinas, como acontece no trabalho de parto. 

O que fazer: colocar uma compressa morna no local da dor e fazer um alongamento, inclinando o corpo para o lado oposto da dor pode ser uma boa ajuda para aliviar a dor. O obstetra pode indicar ainda a toma do complexo de vitamina B, já que esta vitamina ajuda na recuperação dos nervos periféricos. Já para o refluxo, deve-se ter uma alimentação leve e evitar se deitar após a alimentação.

Assista o vídeo seguinte e saiba mais sobre como aliviar a dor de costas na gravidez:

Quando ir ao médico

É importante ir no médico quando a dor nas costas irradia para a região abdominal e tem as seguintes características: 

  • É muito intensa e impossibilita a realização de atividades normais da vida diária, como comer, dormir ou andar;
  • Surge após uma queda, lesão ou pancada;
  • Agrava ao fim de uma semana;
  • Persiste durante mais do que 1 mês;
  • Surgem outros sintomas como incontinência urinária ou fecal, falta de ar, febre, formigueiro nas pernas ou diarreia.

Nestes casos, a causa da dor pode ser provocada por situações mais graves como inflamação de um órgão ou câncer e, por isso, deve-se ir no hospital para fazer exames, como Raio X ou ultrassom e iniciar o tratamento mais adequado logo que possível.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em março de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em março de 2020.

Bibliografia

  • GARCÍA, C. Dolor de espalda. PEDIATRÍA INTEGRAL. XVIII. 7; 413-424, 2014
  • UNIVERSIDAD DE CIENCIAS MÉDICAS DE MATANZAS. Dolor de espalda y malas posturas, ¿un problema para la salud?. 2018. Disponível em: <http://scielo.sld.cu/pdf/rme/v40n3/rme260318.pdf>. Acesso em 13 jan 2022
Mostrar bibliografia completa
  • FREMAP. Guía para el cuidado de la espalda. Disponível em: <https://www.icv.csic.es/prevencion/Documentos/manuales/Guia_para_el_cuidado_de_la_espalda.pdf>. Acesso em 13 jan 2022
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • DOR NAS COSTAS NA GRAVIDEZ - O que fazer

    07:53 | 253738 visualizações
  • O que fazer para aliviar a dor nas costas

    02:58 | 760171 visualizações