Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é hidronefrose e como tratar

A hidronefrose é a dilatação do rim que acontece quando a urina não consegue passar até à bexiga e, por isso se acumula dentro do rim. Quando isso acontece, o rim não consegue funcionar normalmente e, por isso, ao longo do tempo sua função vai diminuindo, podendo existir risco de desenvolver uma insuficiência renal.

Geralmente, a hidronefrose surge como complicação de outra doença, como pedra nos rins ou tumor nas vias urinárias, sendo recomendado consultar o nefrologista ou o clínico geral para identificar a causa do problema e iniciar o tratamento adequado, de forma a evitar sequelas mais graves.

Na maioria dos casos, a hidronefrose afeta apenas um dos rins, mas também é possível sofrer de hidronefrose bilateral, na qual os sintomas podem surgir mais rapidamente e ser mais intensos, já que ambos os rins estão afetados.

O que é hidronefrose e como tratar

Principais sintomas

Os primeiros sintomas de hidronefrose são mais leves e normalmente incluem vontade para urinar frequentemente e vontade repentina de urinar. No entanto, com o tempo, podem surgir outros sinais como:

  • Dor constante no abdômen;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor ao urinar;
  • Sensação de bexiga cheia mesmo depois de urinar;
  • Febre leve.

Além disso, pessoas com hidronefrose também possuem maior risco de desenvolver infecções urinárias, que são acompanhadas de outros sintomas como queimação ao urinar, urina turva, dor nas costas e arrepios, por exemplo. Veja uma lista mais completa dos sintomas de infecção urinária.

Sempre que existir suspeita de algum problema urinário, é importante ir ao ginecologista, nefrologista ou urologista para fazer exames de diagnóstico, como ultrassom, teste de urina ou exame de sangue, para identificar uma possível causa e iniciar o tratamento adequado.

Possíveis causas da hidronefrose

A hidronefrose geralmente surge quando existe um bloqueio nos ureteres, que são os canais que levam a urina desde o rim até à bexiga, impedindo a passagem da urina. Algumas situações que podem causar esse bloqueio são pedra nos rins, tumores na vias urinárias ou aumento da próstata nos homens, por exemplo.

Além disso, a hidronefrose também é muito frequente durante a gravidez pois o crescimento do feto dentro do útero pode acabar pressionando as vias urinárias e impedindo a passagem da urina, que passa a se acumular no interior do rim.

Como é feito o tratamento

O tratamento para hidronefrose consiste em retirar a urina acumulada e eliminar a causa da doença, para que a urina possa fluir livremente até à bexiga e sair do rim, diminuindo o inchaço. Dessa forma, o tratamento pode variar de acordo com a causa da hidronefrose:

  • Pedra nos rins: o médico pode recomendar fazer terapia com ultrassom ou cirurgia para retirar a pedra, de acordo com o tamanho;
  • Aumento da próstata no homem: pode ser colocada uma pequena rede no interior das vias urinárias para aliviar a pressão causada pela próstata e permitir o fluxo de urina;
  • Infecções urinárias: podem ser tratadas apenas com o uso de um antibiótico, como Amoxicilina ou Ceprofloxacino

Já no caso de tumores, pode ser necessário fazer cirurgia para remover a massa, além de puder ser necessário fazer tratamento com quimio ou radioterapia, por exemplo. Entenda melhor como é tratado um tumor na bexiga.

Normalmente, o rim recupera em cerca de 6 semanas após o início do tratamento, não existindo risco de novas lesões no órgão além das que já surgiram até ao momento em que o tratamento foi iniciado.

Possíveis complicações da hidronefrose

Quando a hidronefrose não é tratada adequadamente, o inchaço do rim vai provocando pequenos danos que dificultam o funcionamento do órgão. Assim, ao longo do tempo podem surgir desiquilíbrios de minerais importantes do corpo assim como infecções graves nos rins, além de um elevado risco de desenvolver insuficiência renal.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...