Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis

O tratamento para as infecções sexualmente transmissíveis (IST's), anteriormente conhecidas como doenças sexualmente transmissíveis, ou apenas DST, varia de acordo com o tipo específico de infecção. No entanto, a maior parte destas doenças tem cura e, em vários casos, desde que sejam identificadas precocemente, podem, até, ser completamente eliminadas com uma só injeção.

Assim, o mais importante é que, sempre que exista suspeita de estar infectado, se consulte um infectologista ou um clínico geral, para fazer os exames de sangue necessários e iniciar o tratamento mais adequado.

Mesmo no caso de doenças que não têm cura, como a AIDS, o tratamento é muito importante, já que ajuda a evitar o agravamentos da doença e alívio dos sintomas, além de prevenir a transmissão da doença para outras pessoas.

Tratamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis

A seguir, indicamos as orientações de tratamento presentes no protocolo clínico do Ministério da Saúde:

1. Clamídia

A clamídia é uma IST provocada por uma bactéria, conhecida como Chlamydia trachomatis, que pode afetar tanto homens como mulheres, gerando sintomas como sensação de queimação na urina, dor durante o contato sexual ou coceira na região íntima.

Para eliminar a bactéria, o tratamento passa pelo uso de antibióticos, da seguinte forma:

1ª opção

  • Azitromicina 1 g, em comprimido, em dose única;

ou

  • Doxiciclina 100 mg, em comprimido, de 12/12 horas por 7 dias.

ou

  • Amoxicilina 500 mg, comprimido, 8/8h por 7 dias

Este tratamento deve ser sempre orientado por um médico, já que pode ser necessário adaptar às características de cada pessoa. Por exemplo, no caso de grávidas, a Doxiciclina não deve ser utilizada.

Veja quais os principais sintomas da clamídia e como acontece a transmissão.

2. Gonorreia

A gonorreia é provocada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, que causa sinais como corrimento branco-amarelado, coceira e dor ao urinar e que, normalmente, demoram até 10 dias para surgir após o contato sexual desprotegido.

A primeira opção de tratamento inclui o uso de:

  • Ciprofloxacino 500 mg, comprimido, em dose única, e;
  • Azitromicina 500 mg, 2 comprimidos, em dose única.

ou

  • Ceftriaxona 500 mg, injeção intramuscular, em dose única, e;
  • Azitromicina 500 mg, 2 comprimidos, em dose única.

Em mulheres grávidas, e crianças com menos de 18 anos, o ciprofloxacino deve ser substituído pela ceftriaxona.

Entenda melhor o que é a gonorreia, seus sintomas e como prevenir a infecção.

Tratamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis

3. HPV

O HPV é um grupo de vários vírus do mesmo tipo que pode infectar o sistema reprodutor, tanto de homens como mulheres e que, na maioria dos casos, leva apenas ao surgimento de pequenas verrugas, que podem ser eliminadas com o uso de cremes, crioterapia ou uma pequena cirurgia. O tipo de tratamento depende do tamanho, número e locais onde surgem as verrugas e, por isso, é sempre importante que exista orientação de um médico.

Confira com mais detalhe as formas de tratamento disponíveis para o HPV.

No entanto, além das verrugas, também existem alguns tipos de vírus de HPV que podem levar ao surgimento de câncer, sendo que o mais conhecido é o câncer de colo do útero em mulheres, especialmente se as lesões provocadas pelo vírus não forem tratadas precocemente.

O tratamento do HPV consegue eliminar os sintomas e ate evitar o surgimento de câncer, mas não elimina o vírus do organismo. Por esse motivo, os sintomas podem voltar a surgir, sendo que a única forma de cura acontece quando o sistema imune é capaz de eliminar o vírus, o que pode demorar vários anos para acontecer.

4. Herpes genital

O herpes genital é uma IST causada pelo mesmo vírus que causa a herpes no lábio, o herpes simplex. Esta é uma das IST's mais frequentes que provoca o aparecimento de pequenas bolhas cheias de liquido na região genital, que coçam e liberam um líquido ligeiramente amarelado.

Normalmente o tratamento é feito com aciclovir, um potente remédio antiviral contra o herpes, seguindo o plano:

HerpesRemédioDoseDuração
Primeiro episódio

Aciclovir 200 mg

ou

Aciclovir 200 mg

2 comprimidos de 8/8h



1 comprimido de 4/4h
7 dias




7 dias
Recorrente

Aciclovir 200 mg

ou

Aciclovir 200 mg

2 comprimidos de 8/8h



1 comprimido de 4/4h
5 dias




5 dias

Este tratamento não elimina o vírus do organismo, mas ajuda a reduzir a intensidade e a duração dos episódios de sinais que aparecem na região genital.

Veja os sintomas que podem indicar a herpes genital, no homem e na mulher.

5. Tricomoníase

A tricomoníase é uma infecção causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis, que gera sintomas diferentes na mulher e no homem, mas que geralmente incluem dor ao urinar, corrimento com cheiro desagradável e coceira intensa na região genital.

Para tratar esta infecção, normalmente é usado o antibiótico Metronidazol, seguindo o esquema:

  • Metronidazol 400 mg, 5 comprimidos em dose única;
  • Metronidazol 250 mg, 2 comprimidos de 12/12h por 7 dias.

Já no caso das gestantes, este tratamento deve ser adaptado e, por isso, é importante fazer o tratamento com conhecimento do obstetra.

Confira os sintomas que ajudam a identificar um caso de tricomoníase.

Tratamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis

6. Sífilis

A sífilis é uma IST causada pela bactéria Treponema pallidum, que pode causar diferentes tipos de sintomas de acordo com o estágio em que se encontra, mas que é mais conhecida pela feridas que pode causar na região genital.

Para tratar a sífilis, o medicamento de escolha é a penicilina, que deve ser administrada em doses que variam de acordo com o estágio da infecção:

1. Sífilis primária, secundária ou latente recente

  • Penicilina G benzatina, 2,4 milhões de UI, em injeção intramuscular única, sendo administradas 1,2 milhões de UI em cada glúteo.

A alternativa a este tratamento consiste em tomar Doxiciclina 100 mg, 2 vezes ao dia, por 15 dias. Já no caso de grávidas, o tratamento deve ser feito com Ceftriaxona 1g, em injeção intramuscular, por 8 a 10 dias.

2. Sífilis latente tardia ou terciária

  • Penicilina G benzatina, 2,4 milhões de UI, em injeção por semana, durante 3 semanas.

Em alternativa, o tratamento também pode ser feito com Doxiciclina 100 mg, 2 vezes ao dia por 30 dias. Ou, no caso das gestantes, com Ceftriaxona 1g, em injeção intramuscular, por 8 a 10 dias.

Confira mais informações sobre os estágios da sífilis e como identificar cada um.

7. HIV/AIDS

Embora não exista um tratamento capaz de curar a infecção por HIV, existem alguns remédios antivirais que ajudam a eliminar a carga viral no sangue, evitando não só o agravamento da doença, mas também impedindo a transmissão da infecção.

Alguns dos antivirais que podem ser usados incluem a Lamivudina, o Tenofovir, o Efavirenz ou a Didanosina, por exemplo.

Veja neste vídeo mais informações importantes sobre o HIV e seu tratamento:

O que é HIV e AIDS, sintomas, teste, tratamento e cura

429 mil visualizações

Cuidados gerais durante o tratamento

Embora o tratamento de cada tipo de IST varie, existem alguns cuidados gerais que se deve ter. Estes cuidados ajudam a ter uma recuperação mais rápida e a chegar na cura da infecção, mas também são muito importantes para evitar a transmissão da IST para outras pessoas.

Assim, é aconselhado:

  • Fazer o tratamento até ao final, mesmo que exista melhora dos sintomas;
  • Evitar o contato sexual, mesmo que protegido;
  • Fazer exames de diagnóstico para outras IST's.

Além disso, no caso de crianças ou grávidas é importante ter outros cuidados especiais, sendo importante consultar um pediatra ou um obstetra, la´me do infectologista.


Bibliografia

  • Ministério da Saúde. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT): Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). 2.ed. Brasília: 2016.
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem