Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

Saber o que fazer diante dos acidentes domésticos mais comuns pode não só diminuir a gravidade do acidente, como salvar uma vida.

Os acidentes que acontecem mais frequentemente em casa são queimaduras, sangramentos do nariz, intoxicação, cortes, choque elétrico, quedas, asfixia e mordidas. Por isso, veja como agir diante de cada tipo de acidente e o que fazer para evitá-los:

1. Queimaduras

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

As queimaduras podem surgir devido à exposição prolongada ao sol ou a fontes de calor, como fogo ou água fervente, por exemplo, e o que se deve fazer inclui:

  1. Colocar a região afetada debaixo de água fria por 15 minutos, no caso de objetos quentes, ou aplicar creme de babosa, no caso de queimadura solar;
  2. Evitar esfregar qualquer tipo de produto, como manteiga ou óleo;
  3. Não furar as bolhas que podem surgir na pele queimada.

Leia mais em: Primeiros socorros para queimaduras.

Quando pode ser grave: se tiver um tamanho maior que a palma da mão ou quando não provoca qualquer tipo de dor. Nestes casos é recomendado chamar ajuda médica, ligando o 192, ou ir ao pronto-socorro.

Como evitar: deve-se evitar a exposição solar entre as 11 e as 16 horas e utilizar protetor solar, assim como afastar, das crianças, objetos que possam provocar queimaduras.

2. Sangramento pelo nariz

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

O sangramento pelo nariz normalmente não é uma situação grave, podendo ser causado quando se assoa o nariz com muita força, quando se cutuca o nariz ou quando se sofre uma pancada, por exemplo.

Para parar o sangramento deve-se:

  1. Sentar e inclinar a cabeça para a frente;
  2. Apertar as narinas com o polegar e indicador durante pelo menos 10 minutos;
  3. Após parar o sangramento, limpar o nariz e a boca, sem fazer pressão, utilizando uma compressa ou pano molhado com água morna;
  4. Não assoar o nariz durante pelo menos 4 horas após o nariz sangrar.

Saiba mais em: Primeiros socorros para nariz sangrando.

Quando pode ser grave: se surgirem outros sintomas como tonturas, desmaio ou sangramentos nos olhos e ouvidos. Nestes casos deve-se chamar uma ambulância, ligando o 192, ou ir imediatamente ao pronto-socorro.

Como evitar: não ficar exposto muito tempo ao sol ou a temperaturas muito altas, pois o calor dilata as veias do nariz, facilitando o sangramento.

3. Intoxicação ou envenenamento

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

A intoxicação é mais frequente em crianças devido à ingestão acidental de medicamentos ou produtos de limpeza que estão ao seu alcance. Nestes casos, o que se deve fazer imediatamente é:

  1. Chamar ajuda médica, ligando o 192;
  2. Identificar a fonte do envenenamento;
  3. Manter a vítima calma até a chegada da ajuda médica.

Veja mais em: Primeiros socorros para envenenamento.

Quando pode ser grave: todo o tipo de envenenamento é uma situação grave e, por isso, deve-se chamar de imediato a ajuda médica.

Como evitar: os produtos que podem provocar envenenamento devem ser mantidos trancados e afastados do alcance das crianças.

4. Cortes

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

Os cortes podem ser provocados por objetos cortantes, como faca ou tesoura, assim como objetos perfurantes, como pregos ou agulhas, por exemplo. Os primeiros socorros incluem:

  1. Fazer pressão sobre o local com um pano limpo;
  2. Lavar a região com soro fisiológico ou com água e sabão, após estancar a hemorragia;
  3. Cobrir o ferimento com um curativo esterilizado;
  4. Evitar retirar objetos que estejam perfurando a pele;
  5. Ligar para o 192 ou ir ao pronto-socorro se existirem objetos perfurando a pele.

Quando pode ser grave: se o corte for provocado por objetos com ferrugem ou quando a hemorragia é muito grande e difícil de estancar.

Como evitar: os objetos que podem causar cortes devem ser mantidos longe do alcance das crianças e devem ser utilizados com cuidado e atenção pelo adulto.

5. Choque elétrico

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

Os choques elétricos são mais frequentes em crianças devido à falta de proteção nas tomadas da parede de casa, no entanto, também podem acontecer ao utilizar um aparelho doméstico em mau estado, por exemplo. O que se deve fazer nestes casos é:

  1. Desligar o quadro geral de energia;
  2. Afastar a vítima da fonte elétrica utilizando objetos de madeira, plástico ou borracha;
  3. Deitar a vítima para evitar quedas e fraturas após o choque elétrico;
  4. Chamar uma ambulância, ligando para o 192.

Veja mais sobre o que fazer em: Primeiros socorros para choque elétrico.

Quando pode ser grave: quando surgem queimaduras na pele, tremores constantes ou desmaio, por exemplo.

Como evitar: deve-se fazer a manutenção dos aparelhos eletrônicos de acordo com a indicação do fabricante, assim como evitar utilizar ou ligar fontes elétricas com as mãos úmidas. Além disso, caso existam crianças em casa, é recomendado proteger as tomadas da parede para evitar que a criança introduza os dedos na corrente elétrica.

6. Quedas

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

As quedas, geralmente, acontecem quando se tropeça ou escorrega em tapetes ou no chão molhado. No entanto, também podem acontecer quando se anda de bicicleta ou se está em cima de um objeto alto, como uma cadeira ou escadinha.

Os primeiros socorros para quedas incluem:

  1. Acalmar a vítima e observar a presença de fraturas ou sangramentos;
  2. Parar sangramentos, caso seja necessário, aplicando pressão no local com um pano limpo ou gaze;
  3. Lavar e aplicar gelo sobre a região afetada.

Leia mais sobre o que fazer no caso de queda em: O que fazer depois de uma queda.

Quando pode ser grave: se a pessoa cair de cabeça, apresentar sangramento excessivo, fraturar um osso ou tiver sintomas como vômitos, tonturas ou desmaio. Nestes casos deve-se chamar uma ambulância, ligando para o 192, ou ir imediatamente ao pronto-socorro.

Como evitar: deve-se evitar ficar de pé em cima de objetos altos ou instáveis, assim como utilizar sapatos bem ajustados ao pé, por exemplo.

7. Asfixia

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

A asfixia normalmente é provocada por engasgamento que pode acontecer, mais frequentemente, ao comer ou ao engolir objetos pequenos, como tampa de uma caneta, brinquedos ou moedas, por exemplo. Os primeiros socorros neste caso são:

  1. Bater 5 vezes no meio das costas da vítima, mantendo a mão aberta e num movimento rápido de baixo para cima;
  2. Fazer a manobra de Heimlich, caso a pessoa continue engasgada. Para isso, deve-se segurar a vítima por trás, passar os braços à volta do tronco e fazer pressão com um punho cerrado sobre a boca do estômago. Veja como fazer a manobra corretamente;
  3. Chamar ajuda médica, ligando para o 192, caso a pessoa continue engasgada após a manobra.

Veja ainda o que fazer em caso de engasgamento: O que fazer se alguém engasgar.

Quando pode ser grave: quando a vítima está mais de 30 segundos sem conseguir respirar ou apresenta rosto ou mãos azuladas. Nestes casos deve-se chamar uma ambulância ou ir imediatamente ao pronto-socorro para receber oxigênio.

Como evitar: é aconselhado mastigar corretamente os alimentos e evitar comer pedaços muito grandes de pão ou carne, por exemplo. Além disso, também se deve evitar colocar objetos pequenos na boca ou oferecer brinquedos com peças pequenas para as crianças.

8. Mordidas

Primeiros socorros para os 8 acidentes domésticos mais comuns

As mordidas ou picadas podem ser provocadas por vários tipos de animal, como cão, abelha, cobra, aranha ou formiga e, por isso, o tratamento pode variar. No entanto, os primeiros socorros para mordidas são:

  1. Chamar ajuda médica, ligando para o 192;
  2. Deitar a vítima e manter a região afetada abaixo do nível do coração;
  3. Lavar a região da mordida com água e sabão;
  4. Evitar fazer torniquete, sugar o veneno ou espremer o local da mordida.

Saiba mais em: Primeiros socorros em caso de mordida.

Quando pode ser grave: qualquer tipo de mordida pode ser grave, especialmente quando provocada por animais peçonhentos. Assim, é sempre aconselhado ir ao pronto-socorro para avaliar o mordida e iniciar o tratamento adequado.

Como evitar: é recomendado colocar redes nas janelas e portas para evitar a entrada de animais peçonhentos dentro de casa.

Leia mais em: Dicas de segurança para proteger seu filho em casa. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...