Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quanto tempo demora para nascer um dente (e o que fazer se demorar)

Junho 2020

Quando o dente de leite cai e o dente permanente não nasce, mesmo após 3 meses de espera, deve-se levar a criança ao dentista, especialmente se ela apresentar sintomas como dor de dente, alterações na gengiva e mau hálito, por exemplo. 

O dentista deverá ter em consideração a idade, a dentição da criança e realizar um exame de raio-x panorâmico, que só é recomendado a partir dos 6 anos de idade, para verificar toda a arcada dentária e se o dente que não nasceu se encontra escondido em outros locais da boca.

Normalmente, demora cerca de 1 mês para o dente permanente nascer, porém, se não surgir mesmo após 1 ano, pode ser necessário colocar uma contenção, para manter o espaço necessário para o crescimento dos dentes permanentes. Os implantes dentários não são recomendados na infância, pois podem prejudicar o desenvolvimento dos dentes permanentes.

Quanto tempo demora para nascer um dente (e o que fazer se demorar)

Por que o dente definitivo está demorando para nascer?

Algumas das razões pela qual o dente está a demorar para nascer são:

1. Dente de leite caiu antes do período ideal

O dente permanente pode demorar para nascer, porque o dente de leite pode ter caído antes do período ideal, devido a uma pancada ou devido à presença de cáries, por exemplo. Neste caso, o dente permanente só deve surgir na época prevista, que pode ocorrer entre os 6 e os 12 anos, dependendo do dente afetado.

Os dentes de leite, na maior parte dos casos, caem na seguinte ordem:

Quanto tempo demora para nascer um dente (e o que fazer se demorar)

2. Não há dente permanente

Quando a criança já passou dos 6 anos e começou a perder os dentes de leite, mas nem todos os dentes permanentes estão surgindo, deve-se esperar até 3 meses para ir ao dentista, para que ela faça uma avaliação, de forma a verificar se o germe do dente se encontra presente, que é uma estrutura embrionária da onde se deriva o dente.

Em algumas crianças, é possível que o dente de leite caia e não nasça outro dente, porque ela não possui um dente para substituição, uma situação chamada anodontia. Neste caso, é preciso o acompanhamento de um dentista.

Pode-se suspeitar da anodontia, quando existem outros casos na família e quando o dente de leite já caiu há mais de 2 anos e o definitivo ainda não nasceu. No entanto, em alguns casos, o dente pode estar localizado em outra região da boca e somente um raio-x panorâmico da boca poderá indicar o seu local.

Como é feito o tratamento

Quando o dente não nasceu, mas se encontra presente na gengiva, o dentista pode optar por colocar um aparelho ortodôntico para tracionar os dentes, abrindo espaço para que o dente permanente consiga se posicionar e nascer.

Se não houver nenhum dente sobressalente na gengiva, o dentista pode recomendar a colocação de aparelho nos dentes para que os outros dentes permaneçam na sua posição ideal e, no futuro, quando a criança completar cerca de 17 ou 18 anos, possa ser colocado umimplante dentário permanente. No entanto, quando os dentes se acomodam bem, apesar da falta do outro dente, pode não ser necessário tratamento porque, neste caso, não prejudica a mastigação, nem a aparência.

O que fazer enquanto o dente não nasce

Para garantir a saúde bucal, a criança deve ser ensinada a lavar bem os dentes, para evitar cáries e gengivites. Os dentinhos devem ser escovados pelo menos 3 vezes ao dia, após as refeições e sempre antes de dormir. Se a criança tiver um bom espaço entre os dentes, não é necessário usar fio dental, mas se os dentinhos estiverem muito próximos, ela deve passar o fio dental antes da última escovação do dia. Saiba como escovar os dentes corretamente.

Outros cuidados importante são comer alimentos ricos em cálcio para que os dentes e ossos fiquem fortes e evitar comer alimentos doces porque favorecem as cáries.

Bibliografia >

  • FACULTY OF DENTISTRY. When permanent teeth never come. Disponível em: <https://www.odont.uio.no/english/research/news/2017/-when-permanent-teeth-never-come--.html>. Acesso em 01 Jun 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem