Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais sintomas e causas da pneumonia viral

A pneumonia viral é uma infecção do pulmão, que inflama os finos tecidos responsáveis pela respiração e gera sintomas como febre alta, falta de ar e tosse com catarro. Esta pneumonia acontece mais em pessoas com o sistema imune enfraquecido, por isso é mais frequente em crianças e idosos.

Os principais vírus causadores deste tipo de pneumonia são os vírus que causam resfriados e gripes, como o Haemophilus influenzae A ou B, principalmente os mais agressivos como H1N1 e H5N1, além de outros como vírus parainfluenza, vírus sincicial respiratório e adenovírus, por exemplo, que podem ser transportados nas gotas de saliva de uma pessoa infectada para outra.

Assim, o vírus da pneumonia viral é transmissível, entretanto, ele raramente provoca uma pneumonia, sendo mais comum somente o surgimento de gripes e resfriados, uma vez que o sistema imune é capaz de combater estes microorganismos. A prevenção ao desenvolvimento desta pneumonia pode ser feita ao se evitar o contato próximo com pessoas com esta infecção, além de ter hábitos de higiene, como manter as mãos lavadas e higienizadas.

Principais sintomas e causas da pneumonia viral

Como saber se é pneumonia viral

Os sintomas da pneumonia viral incluem:

  • Tosse seca, que evolui para tosse com catarro transparente, branco ou rosado;
  • Dor no tórax e dificuldade para respirar;
  • Febre alta, até 39ºC;
  • Dor de garganta ou de ouvido;
  • Rinite ou conjuntivite, que podem acompanhar os sintomas.

A pneumonia viral se diferencia da pneumonia bacteriana por, geralmente, ter um início mais súbito, produzir um catarro mais transparente ou branco, além de ter outros sinais de infecção viral, como congestão nasal, sinusite, irritação nos olhos e espirros, por exemplo, entretanto, pode ser difícil diferenciar os 2 tipos de infecção, sem fazer exames.

Nos idosos, os sintomas de pneumonia também podem incluir confusão mental, cansaço extremo e falta de apetite, mesmo que não haja febre. Já em bebês ou crianças, também é muito comum surgir respiração muito rápida que provoca a abertura exagerada das asas do nariz. Veja que outros sintomas podem indicar pneumonia infantil.

Como confirmar o diagnóstico

Para confirmar o diagnóstico desta doença, o médico poderá solicitar amostras de secreções respiratórias do nariz e garganta, para análise no laboratório, que devem ser coletadas, idealmente, até o 3º dia da doença, mas que podem ser coletadas até o 7º dia após o início dos sintomas, para identificar o vírus.

Além disso, são feitos exames como Raio X de tórax, para avaliar o comprometimento dos pulmões, e exames de sangue, como hemograma, função dos rins, e avaliação da oxigenação do sangue, para avaliar o grau e gravidade da infecção.

Em qualquer caso de suspeita de pneumonia é aconselhado passar por uma consulta com o clínico geral ou pneumologista, ou ir ao pronto-socorro, para iniciar o tratamento adequado e evitar o agravamento da doença.

Como é feito o tratamento

O tratamento para infecções virais é orientado pelo médico, e deve ser feito com algumas orientações como:

  • Repouso em casa, evitando ir à escola ou trabalho;
  • Boa hidratação, com água, chá, água de coco ou suco natural;
  • Dieta leve, evitando alimentos gordurosos.

Além disso, o tratamento da pneumonia viral ou uma gripe causada pelos vírus H1N1 ou H5N1, em pessoas que têm maior risco de desenvolver pneumonia, como idosos e crianças, também envolve o uso de remédios antivirais, receitados pelo clínico geral ou pneumologista, como Oseltamivir, Zanamivir e Ribavirina, por exemplo.

O tratamento pode ser feito em casa, entretanto, quando a pessoa demonstra sinais de gravidade, como dificuldade para respirar, oxigenação do sangue baixa, confusão mental ou alterações no funcionamento dos rins, por exemplo, pode ser necessária a internação para realização de medicamentos na veia e uso de máscara de oxigênio. Saiba mais detalhes sobre como deve ser o tratamento da pneumonia viral.

Já nos casos em que a pneumonia viral sofre uma contaminação por bactérias, ou quando acontece em conjunto com uma pneumonia bacteriana, também é indicado o uso de antibióticos, como Amoxicilina, Azitromicina, Claritromicina ou Ceftriaxona, por exemplo, por cerca de 7 a 10 dias. 

Como prevenir

Para prevenir infecções virais de qualquer tipo, é muito importante manter as mãos limpas, lavando ou usando o álcool gel, sempre que frequentar locais públicos, com o ônibus, shoppings e mercados, além de evitar compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos. 

A vacina contra a gripe, aplicada anualmente, também é uma importante forma de evitar a infecção pelos principais tipos de vírus.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...