Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Conheça os tratamentos para curar a gripe na gravidez

A gripe na gravidez deve ser tratada sob orientação do médico, sendo recomendado o repouso, consumo de bastante líquidos e alimentação equilibrada e saudável com o objetivo de fortalecer o sistema imune para combater o vírus responsável pela infecção. Além disso, no caso dos sintomas serem persistentes ou serem percebidos sinais de gravidade, como dificuldade para respirar e confusão mental, pode ser recomendado que a mulher fique internada para que seja monitorada e sejam evitadas complicações para o bebê.

Durante a gripe é importante adotar alguns cuidados para evitar novas infecções e transmissão do vírus para outras pessoas, como evitar ambientes fechados e com grande quantidade de pessoas, evitar o compartilhamento de toalhas e talheres e lavar frequentemente as mãos, já que as mãos correspondem à principal via de transmissão e contágio de infecções.

Conheça os tratamentos para curar a gripe na gravidez

O que fazer

É importante que assim que surgirem sinais e sintomas de gripe, a mulher fique em repouso e tenha uma alimentação rica em alimentos que ajudam a fortalecer o sistema imune, como por exemplo acerola, abacaxi, morango, laranja e tangerina. Conheça outros alimentos que melhoram o sistema imune.

Para combater a tosse, que pode ser muito desconfortável na gravidez, o que se pode fazer é beber bastante líquidos para facilitar a eliminação das secreções, além de também ser interessante chupar uma bala gengibre ou de mel, já que são capazes de evitar que a garganta fique seca e irritada.

A gripe durante a gravidez é facilmente combatida pelo próprio organismo, havendo desaparecimento dos sintomas em poucos dias. No entanto, durante esse período é importante que a gestante adote algumas medidas não só para evitar a transmissão para outras pessoas, mas também para evitar novas infecções, sendo recomendado:

  • Evitar compartilhar alimentos, copos e talheres;
  • Evitar ir para ambientes fechados e com grande concentração de pessoas;
  • Lavar as mãos frequentemente;
  • Evitar apertos de mãos, beijos e abraços;
  • Evitar colocar a mão na boca.

O uso de remédios só deve ser feito sob orientação do médico, já que muitos medicamentos são contraindicados durante a gravidez devido ao potencial risco para o bebê, como por exemplo a Aspirina e o Ibuprofeno, que são frequentemente recomendados na gripe, mas que podem interferir no desenvolvimento do bebê ou retardar o trabalho de parto.

Quando ir ao médico

Para evitar complicações para a mãe e para o bebê é importante ir ao médico quando surgirem sinais e sintomas de gravidade, como dificuldade para respirar, febre persistente acima dos 38º C, diminuição da pressão arterial e confusão mental, por exemplo, sendo recomendado nesses casos que a mulher vá imediatamente para o hospital para que fique em observação.

No hospital, para verificar a gravidade da infecção é normalmente realizada coleta de material da nasofaringe, que é analisada em laboratório, e administrado Oseltamivir com o objetivo de evitar a progressão da doença viral.

Tratamento natural para gripe na gravidez

O tratamento natural para a gripe é uma forma de complementar o tratamento recomendado pelo médico e tem como objetivo acelerar a recuperação da mulher a partir do alívio dos sinais e sintomas apresentados, sendo indicado para isso a realização de nebulização com soro fisiológico, para aliviar a congestão nasal, e a realização de gargarejos com água e sal para dor de garganta ou usar um spray de mel com própolis para a garganta.

Além disso, o consumo de chá de limão e mel pode ajudar a fortalecer o sistema imune. Veja no vídeo a seguir como preparar o chá:

Remédio Caseiro para Gripe

353 mil visualizações

Confira também uma lista completa dos chás que a grávida não pode tomar.

Bibliografia >

  • GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Orientações para o atendimento de gestantes com síndrome gripal. Disponível em: <http://www1.saude.rs.gov.br/dados/1307972609167Protocolo%20de%20Atendimento%20de%20Gestantes%20com%20S%EDndrome%20Gripal.pdf>. Acesso em 14 Jan 2020
  • ROTINAS ASSISTENCIAIS DA MATERNIDADE-ESCOLA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Gripe. Disponível em: <http://www.me.ufrj.br/images/pdfs/protocolos/obstetricia/gripe_na_gravidez.pdf>. Acesso em 14 Jan 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem