Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Métodos contraceptivos

Os métodos contraceptivos são métodos que são utilizados para evitar a gravidez. Também podem ser utilizados para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis. Alguns exemplos de métodos contraceptivos são: 

  • pílula anticoncepcional;
  • preservativo;
  • espermicida sob a forma de espuma, creme ou gel;
  • coito interrompido, que é a retirada do pênis antes da ejaculação (falha);
  • diafragma;
  • implantes contraceptivos;
  • tabelinha (falha);
  • dispositivo intrauterino - DIU, que pode ou não conter hormônios. Saiba tudo sobre o DIU com hormônios Mirena em 10 Dúvidas Comuns Sobre Mirena;
  • esterilização cirúrgica: ligadura das trompas nas mulheres e vasectomia nos homens;
  • abstinência sexual.

Os métodos mais eficazes na prevenção da gravidez são os contraceptivos orais, os implantes, os contraceptivos injetáveis e os dispositivos intrauterinos, porque  fornecem uma proteção a longo prazo e não dependem de decisões tomadas no último instante como no caso do coito interrompido, dos espermicidas ou do diafragma.

Métodos contraceptivos masculinos

Os métodos contraceptivos masculinos são a camisinha (preservativo), vasectomia, abstinência sexual e o coito interrompido, sendo que o coito interrompido é desaconselhado pois pode causar uma gravidez indesejada e não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis.

Métodos contraceptivos de barreira

Os métodos contraceptivos de barreira são aqueles que formam uma barreira e impede o encontro dos espermatozoides com o óvulo e por isso impossibilitam uma gravidez. Alguns exemplos são: preservativo, diafragma.

Métodos contraceptivos hormonais

Os métodos contraceptivos hormonais são aqueles que alteram a capacidade de maturação do óvulo e por isso a mulher não tem período fértil. Alguns exemplos são: pílula anticoncepcional, adesivo anticoncepcional, DIU com hormônios, anel vaginal, implante, injeção mensal e trimestral.

Como escolher o melhor método contraceptivo?

Para escolher o melhor método contraceptivo deve-se conversar com o ginecologista, pois é importante saber como está sua saúde e como utilizá-lo corretamente para que seja realmente eficaz na prevenção da gravidez. Qualquer método contraceptivo pode falhar, mas para evitar que elas aconteçam deve-se utilizar o mesmo método contraceptivo por no mínimo 3 meses e de forma correta.

Link úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...