Pílula anticoncepcional: como funciona, como tomar e dúvidas

Revisão médica: Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
dezembro 2021

A pílula anticoncepcional, ou simplesmente "pílula", é um remédio à base de hormônios e o principal método contraceptivo utilizado pela maior parte das mulheres, devendo ser tomado diariamente para garantir uma proteção de 98% contra uma gravidez indesejada.

Alguns exemplos de pílula anticoncepcional são Diane 35, Yasmin ou Cerazette, por exemplo, no entanto o tipo de anticoncepcional varia de mulher para mulher e, por isso, deve ser indicado por um ginecologista.

O uso correto da pílula tem algumas vantagens sobre outros métodos contraceptivos, como a regulação da menstruação, o combate da acne ou a diminuição das cólicas menstruais, mas também tem algumas desvantagens, como não proteger contra infecções sexualmente transmissíveis e ter o poder de causar efeitos colaterais como por exemplo dor de cabeça ou enjoo. Conheça os principais métodos contraceptivos, vantagens e desvantagens.

Como funciona a pílula

A pílula anticoncepcional atua inibindo a ovulação devido à presença de hormônios em sua composição e, por isso, a mulher não entra no período fértil. Dessa forma, mesmo que exista uma ejaculação no interior do canal vaginal, os espermatozoides não têm qualquer tipo de óvulo para fecundar, não existindo gravidez.

Além disso, a pílula também impede a dilatação do colo do útero, diminuindo a entrada de espermatozoides e evitando que o útero tenha condições para o desenvolvimento de um bebê. Entenda como fica o período fértil de quem toma anticoncepcional.

Como usar corretamente

Para utilizar a pílula corretamente deve-se levar em consideração que existem diferentes tipos de pílulas:

  • Pílula normal: Deve-se tomar 1 pílula por dia, sempre no mesmo horário até o fim da cartela, e depois fazer uma pausa de 4, 5 ou 7 dias, dependendo da pílula, devendo-se consultar a bula.
  • Pílula de uso contínuo: Deve-se tomar 1 pílula por dia, sempre no mesmo horário, todos os dias, sem pausa entre as cartelas.

É importante que a pílula seja tomada no mesmo horário, pois assim é possível garantir a quantidade ideal de hormônios circulantes capazes de impedir a ovulação. No entanto, caso haja esquecimento, é importante que a pílula seja tomada assim que lembrada e que seja utilizada camisinha nas relações sexuais. Veja o que fazer em caso de esquecimento da pílula anticoncepcional.

Dúvidas comuns sobre a pílula

Algumas das dúvidas mais comuns sobre a pílula são:

1. A pílula engorda?

Algumas pílulas anticoncepcionais possuem como efeito colateral o inchaço e um ligeiro aumento de peso, entretanto, isto é mais comum nas pílulas de uso contínuo e nos implantes subcutâneos.

2. A pílula é abortiva?

A pílula anticoncepcional não é abortiva, mas quando ela é tomada durante a gravidez pode trazer prejuízos ao bebê.

3. Como tomar a pílula pela primeira vez?

Para tomar a pílula pela primeira vez, deve-se tomar o primeiro comprimido no primeiro dia da menstruação. Saiba ainda como trocar de anticoncepcional sem correr o risco de engravidar.

4. Posso ter relações no período de pausa?

Sim, não há risco de gravidez nesse período se a pílula foi tomada corretamente durante todo o mês anterior.

5. O homem pode tomar a pílula?

Não, a pílula anticoncepcional é indicada somente para mulheres, não tendo nenhum efeito contraceptivo nos homens. Veja quais são os anticoncepcionais que podem ser usados pelo homem.

6. A pílula faz mal?

Assim como qualquer outro medicamento, a pílula pode fazer mal para algumas pessoas, e por isso suas contraindicações devem ser respeitadas.

7. A pílula muda o corpo?

Não, mas no início da adolescência as meninas passam a ter um corpo mais desenvolvido, apresentando mamas e quadris mais largos, e isto não se deve ao uso da pílula, nem ao início das relações sexuais.

8. A pílula pode falhar?

Sim, a pílula pode falhar quando a mulher esquece de tomar o comprimido todos os dias, não respeita o horário da toma ou quando vomita ou tem uma diarreia até 2 horas após tomar a pílula. Alguns remédios também podem cortar o efeito da pílula. Confira quais são os remédios que cortam o efeito do anticoncepcional.

9. Quando a pílula começa a fazer efeito?

A pílula anticoncepcional começa a fazer efeito logo no primeiro dia de sua toma, no entanto, é melhor esperar terminar uma cartela para ter relações.

10. A pílula protege contra doenças?

Existem alguns estudos que indicam que ela pode diminuir o risco de alguns tipos de câncer, no entanto, ela não protege contra doenças sexualmente transmissíveis e, por isso, além de tomar a pílula, deve-se também usar preservativo em todas as relações sexuais.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em dezembro de 2021. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em fevereiro de 2016.
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.

Tuasaude no Youtube

  • O que fazer se esquecer de tomar a Pílula

    03:42 | 298294 visualizações