O que você precisa saber?

Como identificar e tratar uma Luxação

A luxação é uma lesão intra-articular em que um dos ossos é deslocado perdendo seu encaixe natural. Ela pode estar associada a uma fratura e geralmente é causada por um forte traumatismo como uma queda, acidente automobilístico ou devido a uma frouxidão nos ligamentos articulares que pode ser causada por doenças crônicas como artrite ou artrose, por exemplo.

Os primeiros socorros para luxação são dar um analgésico ao indivíduo e levá-lo para o hospital, para que lá ele receba o tratamento adequado. Se não for possível levá-lo, chame uma ambulância ligando gratuitamente para o número 192.

Embora uma luxação possa ocorre em qualquer articulação do corpo, as regiões mais afetadas são tornozelos, dedos, joelhos, ombros e punhos. Em consequência da luxação pode haver danos nos músculos, ligamentos e tendões que devem ser tratados posteriormente com fisioterapia.

Sinais e sintomas da luxação

Como identificar e tratar uma Luxação

Os sinais e sintomas de uma luxação são:

  • Dor local;
  • Deformidade na articulação;
  • Proeminência óssea;
  • Pode haver fratura óssea exposta;
  • Inchaço local;
  • Incapacidade de realizar movimentos.

O médico chega ao diagnóstico de luxação ao observar a área deformada e através do exame de raio X, que evidencia as alterações ósseas mas a ressonância magnética e a tomografia podem ser realizadas após a redução da luxação para avaliar os danos causados nos músculos, ligamentos e na cápsula articular.

Veja o que deve fazer quando acontece uma luxação.

Tratamento para luxação

O tratamento da luxação é feito com a ingestão de analgésicos para suportar a dor e "redução" da luxação, que consiste em posicionar o osso devidamente no seu lugar. Isto só deve ser feito pelos médicos, visto que é um procedimento perigoso, que requer prática clínica. Em alguns casos pode ser necessário realizar uma cirurgia para o correto posicionamento ósseo, sob anestesia epidural, como acontece em caso de luxação de quadril.

Após a redução da luxação, o indivíduo deverá permanecer com a articulação afetada imobilizada durante algumas semanas para facilitar a recuperação da lesão e evitar luxações recorrentes. Depois deverá ser encaminhado para a fisioterapia, onde ele deverá permanecer por algum tempo até que possa movimentar devidamente a articulação luxada. Nem sempre é necessário fazer fisioterapia porque em pessoa saudáveis após 1 semana de retirada da imobilização já deve ser possível recuperar a amplitude de movimento e a força muscular, mas em idosos ou quando a pessoa precisa ficar imobilizada por mais de 12 semanas pode ser preciso fazer fisioterapia.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...