Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédios para combater a dor na coluna

Os analgésicos como o Paracetamol podem ser úteis para aliviar o desconforto da dor no fundo das costas, mas a dose diária máxima é de 4g por dia. Anti-inflamatórios como o Ibuprofeno podem ser usados quando a dor é muito forte e há inflamação mas não deve ter ingerido mais de 1,2 g por dia.

A dor lombar, também conhecida por lombalgia ou ciatalgia, é caracterizada por provocar dor com ou sem rigidez entre a região final das costelas e glúteos. Ela pode ser aguda: quando os sintomas aparecem subitamente e em pouco tempo passa sem necessidade de tratamento, ou crônica: quando os sintomas permanecem por semanas ou meses.

Remédios para combater a dor na coluna

O tratamento medicamentoso que ajuda a curar a dor lombar, inclui:

1. Comprimidos ou injeções

Os comprimidos atuam de forma sistêmica, trazendo alívio dos sintomas mas geralmente tem efeitos colaterais e não devem ser tomados sem orientação médica. Além dos clássicos Paracetamol e Ibuprofeno, que são mais indicados para dor discreta ou moderada, o médico também pode receitar uma combinação dos medicamentos Pregabalina e Celecoxibe que é bastante eficaz na eliminação da dor intensa, relacionada aos nervos periféricos.

Os relaxantes musculares como Carisoprodol e Ciclobenzaprina também podem ser usados contra a lombalgia.

Quando a dor nas costas é muito intensa e há sinais de compressão do nervo ciático como dor em queimação, impossibilidade de ficar sentado ou andar, quando parece que a coluna está travada, o médico pode receitar estes medicamentos em forma de injeções, assim como a Vitamina B6 para combater os sintomas.

Estas injeções podem ser usadas durante 7 dias e durante esse período a dor deve ser controlada ou eliminada. No entanto, depois de um episódio desse é importante fazer exames como Raio X ou ressonância magnética para avaliar a coluna e iniciar a fisioterapia para tratar a causa da dor lombar.

2. Emplastro e pomadas

Emplastros ou adesivos como Salompas, Dorflex e Calminex assim como as pomadas como Diclofenaco podem ser usadas e não precisam de receita para serem compradas, sendo de fácil acesso. Elas podem trazer alívio dos sintomas em poucas horas e geralmente são as primeiras opções para combater a dor nas costas mas só são eficaz no combate a dor ligeira ou moderada.

Outras formas de curar a dor lombar

Inicialmente o uso de medicamentos é eficaz no controle da dor mas é importante se esforçar para descobrir qual é a sua origem para que o tratamento pode ser direcionado para eliminação da causa. Muitas vezes é preciso fazer fisioterapia para controlar a dor sem medicamentos, realinhar todas as estruturas da coluna e do quadril, além de fortalecer e alongar músculos específicos da coluna. 

Alguns métodos para tratamento da dor lombar são:

  • Fisioterapia, que deve ser individualizada porque a pessoa precisa passar por uma avaliação pessoal, para que sejam encontradas as alterações que podem ser corrigidas. Veja ocmo é feita a fisioterapia para lombalgia
  • Compressas quentes na região dolorida ou sessões de eletroterapia, que aquecem a região, e podem ser úteis para desinflamar a área e eliminar a dor
  • Exercícios de correção postural podem ser introduzidos após alívio da dor, para previnir crises de sintomas e fortalecer a musculatura da coluna. O Pilates Clínico e o RPG são muito indicados, pois trazem alívio dos sintomas em poucas semanas, embora o tratamento completo passa demorar cerca de 6 meses à 1 ano. 
  • Alongamentos da coluna ajudam a aliviar a dor e aumentar a amplitude dos movimentos, proporcionando relaxamento muscular. Aprenda alguns exercícios de alongamento para aliviar a dor na coluna

Por vezes, quando há hérnia de disco ou espondilolistese o ortopedista poderá indicar uma cirurgia na coluna, mas esta não exclui a necessidade de fisioterapia antes e depois do procedimento.

Aprenda mais formas de tratar a lombalgia, sem precisar de remédios, em: Tratamento para lombalgia.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...