Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Dor de cabeça constante: 10 causas (e o que fazer)

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
novembro 2022

A dor de cabeça constante pode ser causada pelo calor, estresse ou ansiedade, por exemplo, mas também pode indicar problemas mais sérios como sinusite, enxaqueca e tumores cerebrais.

Normalmente, além da dor de cabeça constante, também podem ocorrer outros sintomas, como dificuldade para enxergar, preocupação excessiva, náusea, vômitos ou febre, que dependem da causa da dor.

Assim, em caso de dor de cabeça constante, especialmente quando a dor é frequente ou associada a outros sintomas, é importante consultar o clínico geral ou neurologista para que seja identificada a causa e iniciado o tratamento mais adequado, que pode envolver medidas como ingerir mais líquidos, uso de analgésicos ou cirurgia, nos casos mais graves

Imagem ilustrativa número 4

Principais causas

As principais causas de dor de cabeça constante são:

1. Calor

O calor excessivo pode causar desidratação leve e dilatação dos vasos sanguíneos, incluindo os que existem na cabeça, resultando em dor de cabeça. Também podem ocorrer outros sintomas como fraqueza, tontura e sensação de cabeça vazia.

O que fazer: em caso de dor de cabeça causada pelo calor é importante procurar um local fresco e ventilado. Além disso, é recomendado evitar realizar esforços e ingerir líquidos em quantidade suficiente para repor os líquidos do corpo perdidos com o calor.

2. Problemas de visão

Os problemas de visão como astigmatismo, hipermetropia e miopia, por exemplo, podem provocar dor de cabeça constante, especialmente em crianças, porque fazem com que a pessoa force a visão para enxergar. Conheça outras causas de dor de cabeça em criança.

O que fazer: em caso de suspeita de problemas de visão é importante consultar um oftalmologista para que seja feita uma avaliação e seja verificada a necessidade de usar óculos ou lentes corretivas, o que ajuda a aliviar e prevenir as dores de cabeça.

3. Estresse ou ansiedade

Em caso de estresse ou ansiedade, a pessoa pode não conseguir dormir bem e tem a mente sempre ativa, podendo apresentar mais dificuldade para se concentrar e cansaço excessivo ao longo do dia. O corpo e a mente cansada favorecem a dor de cabeça, que pode ser interpretada como uma tentativa do corpo de que é preciso relaxar.

O que fazer: em caso de estresse ou ansiedade é recomendado buscar opções de relaxamento, como aromaterapia, yoga e prática de atividade física, por exemplo. Além disso, fazer psicoterapia também pode ajudar a controlar a ansiedade em alguns casos. A dor de cabeça tende a melhorar na medida em que o corpo relaxa. Conheça mais opções relaxamento.

4. Alimentação

Em algumas pessoas, o consumo de alimentos estimulantes como café, refrigerantes e chocolate, por exemplo, podem resultar em dor de cabeça. Além disso, ficar muito tempo sem se alimentar também pode causar dor de cabeça constante devido à hipoglicemia.

O que fazer: caso a dor de cabeça seja causada por alimentos como café ou chocolate é recomendado evitar o consumo excessivo desses alimentos. Além disso, é importante manter uma alimentação equilibrada para evitar a hipoglicemia.

5. Bruxismo

O bruxismo é o ato involuntário de apertar ou raspar os dentes durante a noite, o que pode alterar o posicionamento da articulação da mandíbula e causar dor de cabeça constante. Entenda melhor o que é o bruxismo.

O que fazer: A dor de cabeça causada pelo bruxismo pode ser aliviada com o uso de analgésicos como dipirona ou paracetamol. No entanto, é recomendado procurar o clínico geral ou dentista para que a causa do bruxismo seja identificada e o tratamento seja iniciado, que normalmente é feito com o uso de placas dentárias para o bruxismo.

6. Período menstrual

As alterações hormonais no corpo devido ao período menstrual podem provocar dor de cabeça constante enquanto duram, o que é chamado de enxaqueca menstrual. Além disso, a dor de cabeça tende a afetar apenas um lado da cabeça e causar sintomas como náusea ou vômitos em algumas mulheres. Veja como identificar a enxaqueca menstrual.

O que fazer: caso a dor de cabeça ocorra sempre durante período menstrual, é indicado consultar o neurologista ou ginecologista para uma avaliação. O tratamento geralmente envolve o uso de medicamentos analgésicos e ajuste da dose do contraceptivo, caso esteja sendo utilizado.

7. COVID-19

A COVID-19 também pode causar dor de cabeça constante, além de tosse, febre e perda do olfato, em alguns casos. Algumas vezes, a dor de cabeça pode persistir mesmo após a melhora da infecção, podendo indicar a síndrome pós-COVID. Veja como identificar a síndrome pós-COVID.

O que fazer: em caso de COVID-19 ou síndrome pós-COVID é recomendado consultar o clínico geral para que seja feito o diagnóstico e indicado o tratamento mais adequado. De forma geral, pode ser recomendado o uso de medicamentos analgésicos para aliviar os sintomas. No entanto, nos casos mais graves de COVID-19, pode ser necessário que a pessoa permaneça no hospital, podendo ser indicado o uso de medicamentos específicos e adequados para o caso. Veja como é feito o tratamento da COVID-19.

8. Sinusite

A dor de cabeça constante pode ser causada por sinusite e provocar a sensação de pressão ou aperto na testa. Além disso, também podem ocorrer outros sintomas como febre, catarro na garganta e tosse, por exemplo. Saiba como identificar os sintomas de sinusite.

O que fazer: em caso de suspeita de sinusite é importante consultar um clínico geral ou otorrinolaringologista para que seja feita uma avaliação e iniciado o tratamento, que normalmente envolve o uso de antibióticos e de medidas para ajudar a deixar as secreções mais fluidas e facilitar a sua eliminação.

9. Enxaqueca

A dor de cabeça constante pode ser causada por enxaqueca e, neste caso, normalmente é latejante e afeta apenas um dos lados da cabeça. Além disso, podem ocorrer outros sintomas como náusea, vômitos, desconforto em ambientes iluminados ou com barulho. Entenda melhor o que é enxaqueca.

O que fazer: nesse caso, é recomendado beber bastante líquidos e evitar ficar em jejum. Além disso, é importante consultar o neurologista para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado, que também envolve o uso de medicamentos como analgésicos e anticonvulsivantes.

10. Tumor cerebral

A presença de tumor no cérebro também pode causar dor de cabeça constante em alguns casos. Além disso, podem ocorrer sintomas como crise convulsiva, fraqueza em partes do corpo, náusea, vômitos e episódios de perda transitória da visão. Veja outros sintomas dos tumores no cérebro.

Normalmente, a dor tende a ser pior pela manhã, ao deitar, tossir ou fazer esforços intensos, como ao carregar pesos.

O que fazer: em caso de suspeita de um tumor cerebral é recomendado consultar um clínico geral ou neurologista para uma avaliação, podendo ser indicados exames como tomografia computadorizada ou ressonância magnética para confirmar o diagnóstico. A dor de cabeça tende a melhorar com o tratamento do tumor, que pode envolver medidas como cirurgia e quimioterapia.

Como aliviar a dor de cabeça constante

Para aliviar a dor de cabeça constante, pode ser recomendado:

  • Massagear a região da cabeça em que a dor ocorre;
  • Colocar uma compressa gelada na cabeça, na testa ou na nuca, já que a constrição dos vasos sanguíneos cerebrais aliviam a dor de cabeça;
  • Ficar num local calmo e tranquilo, ao abrigo da luz para conseguir descansar um pouco;
  • Beber um copo de água fresca com gotas de limão para reidratar o corpo;
  • Evitar ficar no sol por mais de 1 hora, mesmo com chapéu e óculos de sol;
  • Tomar um analgésico para dor de cabeça, como o Paracetamol, por exemplo;
  • Andar descalço na grama, por exemplo, para reduzir a ansiedade e o estresse;
  • Tomar um chá de canela para acelerar a menstruação, se a causa da dor de cabeça for causada pela TPM.

Seja qual for a causa da dor de cabeça, o uso de analgésicos por mais de 3 dias é desaconselhado, pois pode piorar a dor de cabeça. Veja algumas opções de remédios caseiros para dor de cabeça.

Adequar a alimentação também é muito importante porque determinados alimentos ajudam a prevenir a dor de cabeça. Assista o vídeo para saber como se alimentar:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em novembro de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em outubro de 2020.

Bibliografia

  • MAASUMI, Kasra; TEPPER, Stewart J; KRIEGLER, Jennifer S. Menstrual Migraine and Treatment Options: Review. Headache. Vol.57, n.2. 194-208, 2017
  • PALMERI, Antonio; VALENTINIS, Luca; ZANCHIN, Giorgio. Update on headache and brain tumors. Cephalalgia. Vol.41, n.4. 431-437, 2021
Mostrar bibliografia completa
  • STATPEARLS. Sinusitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470383/>. Acesso em 16 nov 2022
  • STATPEARLS. Bruxism Management. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK482466/>. Acesso em 16 nov 2022
  • OLSON, Avery K; HANSEN, Keith A. Menstrual Migraines: Diagnosis, Evidence, and Treatment. S D Med . Vol.74, n.12. 570-575, 2021
  • STATPEARLS. Menstrual Related Headache. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK557451/>. Acesso em 16 nov 2022
  • NOWACZEWSKA, Magdalena; WICINSKI, Michal; KAZMIERCZAK, Wojcieh. The Ambiguous Role of Caffeine in Migraine Headache: From Trigger to Treatment. Nutrients. Vol.12, n.8. 2259, 2020
  • SHEA-AGUILAR, Antonio L; DIAZ-DE-TERAN, Javier. Migraine review for general practice. Aten Primaria. Vol.54, n.2. 2022
  • TANA, Claudio et al. Long COVID headache. J Headache Pain. Vol.23, n.1. 93, 2022
  • STATPEARLS. Features, Evaluation, and Treatment of Coronavirus (COVID-19). 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK554776/>. Acesso em 16 nov 2022
  • STATPEARLS. Heat Illness. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK553117/>. Acesso em 16 nov 2022
  • STATPEARLS. Muscle Contraction Tension Headache. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK562274/>. Acesso em 16 nov 2022
  • American Psychistric Association. Manual Diagnóstico e Estatístico de transtornos mentais - DSM-V. 5.ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentos para aliviar a dor de cabeça

    04:00 | 187772 visualizações