Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de tumor cerebral

​​Os sintomas de tumor no cérebro dependem do tamanho, da velocidade de crescimento e da localização do tumor que, apesar de poder surgir em qualquer idade, costuma aparecer principalmente após os 60 anos.

Normalmente os tumores cerebrais benignos, como o meningioma ou o glioma, crescem devagar e nem sempre precisam de tratamento, pois muitas vezes o risco da cirurgia é maior que os malefícios do tumor. Veja quais são os principais tipos de tumor cerebral.

No entanto, quando os tumores são malignos, as células cancerosas proliferam-se rapidamente e podem atingir várias regiões do cérebro. Essas células cancerosas também podem surgir como metástase de outros focos de câncer, como câncer de pulmão ou de mama. Para diferenciar, veja os sinais de aneurisma cerebral.

Sintomas de tumor cerebral

Sintomas gerais

O tumor cerebral, independente da região do cérebro afetada, causa sintomas gerais como dor de cabeça, visão turva e embaçada, convulsões, náuseas, vômitos, falta de equilíbrio, alterações no humor e no comportamento, dormência ou fraqueza em uma parte do corpo, apatia e sonolência.

No entanto, é importante lembrar que esses sintomas também podem ser causados por outras doenças, como enxaqueca, esclerose múltipla e derrame cerebral, sendo necessário procurar o médico para que sejam realizados exames e, assim, se possa identificar a causa dos sintomas.

Sintomas específicos por região afetada

Além dos sintomas gerais, o tumor no cérebro pode causar sintomas específicos que variam de acordo com a localização e tamanho do tumor:

Sintomas de tumor cerebral
Região do cérebro afetadaPrincipais sintomas
Lobo frontal
  • Dificuldade para movimentar pernas ou braços;
  • Sensação de formigamento no corpo;
  • Dificuldade de atenção;
  • Alteração frequente do humor e, às vezes, da personalidade.
Lobo parietal
  • Alterações no tato, com dificuldade para sentir quente ou frio;
  • Dificuldade para nomear um objeto;
  • Dificuldade para distinguir o lado direito do lado esquerdo;
  • Perda de coordenação motora. 
Lobo temporal
  • Perda gradual da audição;
  • Dificuldade para compreender o que lhe é dito;
  • Problemas de memória;
  • Diminuição do interesse sexual;
  • Dificuldade para reconhecer rostos familiares;
  • Comportamento agressivo.
Lobo occipital
  • Alterações na visão, como visão embaçada ou pontos negros na visão, por exemplo;
  • Dificuldade para identificar cores;
  • Dificuldade para ler ou escrever.
Cerebelo
  • Dificuldade para manter o equilíbrio;
  • Perda da capacidade para coordenar movimentos precisos, como apertar um botão;
  • Dificuldade para andar;
  • Tremores;
  • Náuseas.

A intensidade dos sintomas varia de acordo com o tamanho do tumor e características das células, se malignas ou benignas. Além disso, fatores como idade e estado geral de saúde podem influenciar a gravidade e evolução do sintomas.

Como é feito o diagnóstico

Na presença de um ou mais sintomas, deve-se procurar o neurologista para que exames mais específicos de diagnóstico sejam realizados, como a ressonância magnética ou a tomografia computadorizada, pois quanto mais cedo o tumor for identificado, mais fácil e eficiente será o tratamento. Veja como é feita a ressonância magnética.

Além disso, se algum nódulo for detectado no exame, mas não tenha ficado claro se é maligno ou benigno, o médico pode pedir uma biópsia do tumor para que as células sejam avaliadas no laboratório, podendo, assim, determinar a melhor forma de tratamento. Saiba como é feito o tratamento para o tumor cerebral.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...