Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor de cabeça em criança: o que pode causar e como tratar

A dor de cabeça nas crianças pode surgir desde muito cedo, mas nem sempre a criança sabe se expressar e dizer o que está sentindo. No entanto, os pais podem suspeitar que a criança não está bem quando nota que ela deixa de fazer atividades que gosta muito, como brincar com os amigos ou jogar futebol, por exemplo.

Se criança disser que a cabeça dói, os pais podem certificar-se que se trata de uma forte dor de cabeça ou mesmo de uma enxaqueca ao pedir para que ela realize algum esforço, como dar uns pulinhos e agachar, por exemplo, para ver se a dor piora, porque uma das características da enxaqueca nas crianças é o aumento da dor ao realizar esforços. Conheça os diferentes tipos de dor de cabeça.

Dor de cabeça em criança: o que pode causar e como tratar

O que pode causar dor de cabeça nas crianças

A dor de cabeça na criança pode estar associada a estímulos cerebrais ou visuais constantes, como por exemplo:

  • Sol forte ou temperatura alta;
  • Uso exagerado de tv, computador ou tablet;
  • Som da tv ou do rádio muito alto;
  • Consumo de alimentos ricos em cafeína, como o chocolate e coca-cola;
  • Estresse, como ter uma prova na escola;
  • Noites mal dormidas;
  • Problemas de visão.

É importante que seja identificada a causa da dor de cabeça na criança para que possa ser tomada alguma medida para aliviar a dor e evitar que volte a acontecer.

É recomendado levar a criança ao médico quando a criança diz várias vezes por dia que a cabeça dói durante 3 dias seguidos ou quando surgem outros sintomas associados, como vômitos, enjôo ou diarreia, por exemplo. Saiba mais sobre a dor de cabeça constante.

Nestes casos, é importante levar a criança ao pediatra para que seja feita uma avaliação e exames complementares e se possa iniciar o tratamento. Em alguns casos, pode ser recomendado consultar o neurologista. Confira 5 passos para aliviar a dor de cabeça sem remédios.

O que dizer ao médico na consulta

Na consulta médica é importante que os pais forneçam todas as informações possíveis sobre a dor de cabeça da criança, informando quantas vezes por semana a criança queixa-se de dor na cabeça, qual a intensidade e tipo de dor, o que fez para que a criança parasse de sentir dor e quanto tempo demorou para a dor passar. Além disso, é importante informar se a criança estava fazendo uso de algum medicamento e se há alguém na família que queixa-se de dor de cabeça frequentemente ou tem enxaqueca.

A partir das informações fornecidas durante a consulta, o médico poderá solicitar alguns exames, como por exemplo ressonância magnética, para que possa estabelecer o melhor tratamento.

Como aliviar a dor de cabeça naturalmente

O tratamento da dor de cabeça em crianças pode ser feito com medidas simples, para que a dor passe naturalmente, como por exemplo:

  • Tomar um banho revigorante;
  • Colocar uma toalha molhada em água fria na testa da criança;
  • Oferecer água para criança ou chá. Conheça alguns remédios caseiros para dor de cabeça.
  • Desligar a televisão e o rádio e não deixar seu filho a assistir televisão mais de 2 horas por dia;
  • Descansar num local com pouca luz e bem ventilado, durante algum tempo;
  • Comer alimentos calmantes, como banana, cereja, salmão e sardinha. Veja outros alimentos para aliviar a dor de cabeça.

Outras opções para tratar a dor de cabeça nas crianças é a terapia cognitivo comportamental, orientada por um psicólogo, e medicamentos, como a Amitriptilina, que só deve ser utilizado sob a orientação do pediatra. Saiba mais sobre o tratamento para dor de cabeça.

Veja aqui uma massagem que você pode fazer na cabeça da criança para combater a dor e o desconforto:

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Carregando
...