Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba como pode identificar o HPV

Para identificar o HPV é necessário verificar minuciosamente a região genital num local privado e com bastante claridade, observando atentamente toda a região para procurar lesões na pele com um aspecto parecido com pequenas verrugas.

Para facilitar a observação da pele é preciso um espelho, porém algumas lesões são tão pequeninas que não são vistas a olho nu, ou estão localizadas em regiões mais internas, como vagina e próximo do colo do útero, que somente nos exames ginecológicos, como a colposcopia, captura híbrida e papanicolau, é que podem ser descobertos pelo médico.

Que exames é preciso fazer para saber se é HPV?

Para saber se tem HPV é necessário ir no médico, que pode ser um ginecologista, urologista ou dermatologista para fazer exames mais específicos e confirmar seé portador do vírus do HPV.

Geralmente, o Papanicolau é o exame mais utilizado para identificar lesões provocadas pelo HPV, sendo que este exame não deteta o vírus, mas permite identificar as lesões que este pode causar.

PapanicolauPapanicolau

A colposcopia e a peniscopia são outros exames médicos realizados com um aparelho que permite ver de forma detalhada lesões nos órgãos ginecológicos do homem ou da mulher.

Além disso, o teste de hibridização molecular ou captura híbrida são as técnica mais especifica para detectar o vírus do papiloma humano porque há analise dos genes do vírus, sendo necessário fazer uma coleta de uma pequena porção da lesão para ser analisada no laboratório.

O que significa ter HPV positivo?

Ter HPV positivo não significa em todos os casos, ter câncer, pois só quando o exame do HPV é positivo e ao mesmo tempo se verificam alterações no Papanicolau é que necessário fazer exames mais específicos para confirmar se é câncer.

No caso de ter HPV positivo e não existirem alterações no Papanicolau significa que é portador do vírus mas não existem alterações nas células e, nesse caso, o médico irá recomendar a realização de um novo exame 12 meses depois para confirmar a presença do vírus que na maioria dos casos desaparece até 2 anos depois.

Veja de forma simples no vídeo a seguir quais os sintomas e como tratar esta doença.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...