Anuscopia: o que é, para que serve e como é feita

Atualizado em dezembro 2023

A anuscopia é um exame feito para verificar as causas de alterações na região anal, como hemorroidas internas, fístulas perianais, incontinência fecal e lesões por HPV, por exemplo, sendo normalmente indicado quando a pessoa apresenta sintomas como coceira, inchaço, sangramento e dor no ânus.

A anuscopia é um exame simples, que não precisa de sedação e nem de preparo específico, sendo apenas recomendado que a bexiga seja esvaziada e que a pessoa evacue antes do exame para diminuir o desconforto durante o procedimento.

A anuscopia não causa dor e não requer nenhum repouso após a realização, podendo retornar as atividades habituais logo em seguida. No entanto, em alguns casos, o médico pode solicitar que se faça colonoscopia ou retossigmoidoscopia que requerem sedação e têm preparo mais específicos. Saiba mais como deve ser o preparo para retossigmoidoscopia.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

A anuscopia serve para diagnosticar as seguintes alterações:

  • Hemorroidas;
  • Fístula perianal;
  • Incontinência fecal;
  • Fissura anal;
  • Varizes retais;
  • Câncer.

Este exame pode ainda identificar outros problemas de saúde como infecções sexualmente transmissíveis que se manifestam na região do ânus, como o condiloma anal, lesões pelo HPV, herpes genital e clamídia. O câncer anal também pode ser diagnosticado através da realização de anuscopia e biópsia, que podem ser feitos no mesmo momento. Saiba como identificar o câncer anal.

Assim, o exame de anuscopia pode ser indicado quando a pessoa apresenta sintomas de alterações na região anal, como dor, irritação, caroços, sangramentos, inchaço e vermelhidão, por exemplo.

Apesar de ser um exame seguro, a anuscopia não é indicada para pessoas que estejam com sangramento anal muito intenso, porque isto impede que o médico visualize a região anal de forma precisa e também porque fazer o exame neste caso pode causar mais irritação e piorar o sangramento.

Como deve ser o preparo

Para realização de anuscopia não é preciso ficar em jejum, pois na maioria das vezes não é preciso sedação, sendo apenas recomendado esvaziar a bexiga e evacuar para que a pessoa sinta menos desconforto.

Dependendo do tipo de sintomas, das suspeitas do médico e se for realizado a anuscopia de alta resolução, será indicado tomar laxante para deixar o canal anal livre de fezes. Além disso, após o exame também não é necessário nenhum cuidado específico, podendo retornar às atividades habituais do dia-a-dia.

Como é feito

O exame de anuscopia é feito, geralmente, em um consultório médico ou em uma sala de exames de um hospital ou clínica e normalmente não causa dor, apenas desconforto. Antes de iniciar o exame a pessoa é informada sobre o procedimento e orientada a trocar a roupa e vestir um avental com abertura para trás e em seguida, é deitada de lado em uma maca.

O médico irá fazer um exame de toque retal para verificar se existe algum caroço obstruindo o canal retal, depois disso será colocado um lubrificante à base de água no aparelho do exame, chamado de anuscópio, que tem uma câmera e uma lâmpada para analisar a mucosa do ânus. O aparelho é introduzido no canal retal e o médico vai analisando as imagens em uma tela de computador, podendo ou não coletar amostra do tecido para biópsia.

Ao final, o anuscópio é retirado e neste momento a pessoa pode sentir vontade de evacuar e pode haver um pequeno sangramento se tiver hemorroida, mas isto é normal, no entanto se depois de 24 horas ainda estiver com sangramento ou dores é necessário voltar a consultar com o médico.