Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Principais sintomas de HPV na mulher e no homem

O principal sinal e sintoma indicativo de infecção pelo HPV é o aparecimento de lesões em forma de verruga na região genital, também conhecida como crista de galo ou condiloma acuminado, que podem causar desconforto e é indicativo de infecção ativa, de forma que a transmissão para outra pessoa torna-se mais fácil.

O HPV é uma infecção sexualmente transmissível causada pelo Papilomavírus Humano (HPV), que é altamente infeccioso e facilmente transmitido por meio da relação sexual sem preservativo. Essa doença possui evolução crônica e a cura é difícil de ser alcançada, sendo importante que o diagnóstico seja feito logo nos sintomas iniciais e o tratamento feito conforme orientação médica.

Principais sintomas de HPV na mulher e no homem

Os sintomas de HPV podem demorar entre e meses e anos para se manifestar, sendo isso influenciado pelo sistema imunológico da pessoa e carga viral, ou seja, quantidade de vírus circulantes no organismo. Além disso, os sintomas podem variar entre homens e mulheres:

Na mulher

Nas mulheres, o principal sinal e sintomas indicativo de HPV é a presença de verrugas na região genital, que também são conhecidas como crista de galo, e que podem surgir na vulva, nos pequenos e grandes lábios, no ânus e no colo do útero. Outros sintomas de HPV na mulher são:

  • Vermelhidão local;
  • Ardor no local da verruga;
  • Coceira na região genital;
  • Formação de placas com verrugas, quando a carga viral é elevada;
  • Presença de lesões nos lábios, bochechas ou garganta, quando a infecção foi por meio da relação sexual oral.

Apesar de ser mais frequente na área mais externa da região genital, as lesões do HPV também podem estar presentes no colo do útero e, caso não seja identificada e tratada, pode aumentar o risco do desenvolvimento do câncer de colo do útero. Saiba reconhecer os sintomas de HPV na mulher.

No homem

Assim como as mulheres, os homens também podem apresentar verrugas e lesões na região genital, principalmente no corpo do pênis, saco escrotal e ânus. No entanto, na maioria dos casos, as lesões são muito pequenas, não conseguindo ser observadas a olho nu, sendo necessária a realização do exame de peniscopia para que possam ser identificadas de forma mais eficaz.

Além disso, caso a infecção tenha acontecido por meio de relação sexual oral, é possível que surjam também lesões na boca, parte interna da bochecha e garganta. Veja como identificar o HPV no homem.

HPV no céu da boca
HPV no céu da boca

O que fazer em caso de suspeita

No caso de suspeita de infecção pelo HPV, é importante que a pessoa consulte o urologista, ginecologista ou clínico geral para que seja feita uma avaliação dos sintomas e possam ser indicados outros exames que ajudem a confirmar a infecção pelo HPV, como peniscopia, no caso dos homens, e papanicolau seguida de colposcopia, no caso das mulheres.

Além disso, podem também ser solicitados exames para identificar a presença de anticorpos circulantes no sangue contra o HPV e exames mais específicos que ajudam a identificar o vírus e a sua quantidade no organismo. Saiba mais sobre os exames indicados para o HPV.

Transmissão do HPV

A transmissão do HPV acontece a partir do contato íntimo sem camisinha com uma pessoa portadora do vírus, mesmo que essa pessoa não apresente sintomas visíveis, seja por sexo vaginal, oral ou anal. O HPV é altamente infectante e, por isso, basta o contato com as lesões verrucosas ou planas do HPV para que exista infecção.

O tempo de incubação do vírus varia de 1 mês a 2 anos e durante este período, apesar de não haver sintomas, já é possível a transmissão do vírus para outras pessoas. Além disso, as mulheres também podem transmitir o HPV para o bebê durante o parto normal, no entanto essa via de transmissão é mais rara.

Como é feito o tratamento

O tratamento para HPV deve ser feito de acordo com a recomendação do médico, mesmo que não existam sintomas aparentes, sendo indicado com o objetivo de tratar as lesões e diminuir o risco de transmissão. Assim, pode ser indicada a aplicação de pomadas ou solução pelo médico, assim como realização de cirurgia para remoção das lesões, dependendo da quantidade de verrugas, tamanho e localização.

Além disso, durante todo o tratamento é importante evitar ter relações sexuais, mesmo que com camisinha, pois assim é possível diminuir o risco de transmissão do HPV e aquisição de outras infecções. Confira mais detalhes do tratamento para HPV.

Veja de forma simples como identificar os primeiros sintomas e o que fazer para tratar o HPV assistindo ao vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. HPV and Men - Fact Sheet. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/hpv/stdfact-hpv-and-men.htm>. Acesso em 01 Ago 2019
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia prático sobre HPV - perguntas e respostas. 2017. Disponível em: <https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/dezembro/07/Perguntas-e-respostas-HPV-.pdf>. Acesso em 18 Nov 2019
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. HPV: o que é, causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção. Disponível em: <http://saude.gov.br/saude-de-a-z/hpv#tratamento>. Acesso em 08 Jan 2020
  • PROGRAMA MUNICIPAL DE DST/ AIDS DE SÃO PAULO SETOR DE ASSISTÊNCIA DO NÚCLEO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS. Diretrizes para o diagnóstico e tratamento do HPV na Rede Municipal especializada em DST/ AIDS. 2008. . Acesso em 14 Mar 2019
  • SNS24. Vírus do papiloma humano (HPV). Disponível em: <https://www.sns24.gov.pt/tema/doencas-infecciosas/virus-do-papiloma-humano-hpv/#sec-1>. Acesso em 20 Jan 2021
  • DGS. Perguntas e respostas sobre HPV. Disponível em: <https://www.saudereprodutiva.dgs.pt/paginas-intermedias/para-todos/pais-e-educadores/hpv-pais-e-educadores.aspx>. Acesso em 20 Jan 2021
  • APF. Vírus do Papiloma Humano - HPV. Disponível em: <http://www.apf.pt/infecoes-sexualmente-transmissiveis/virus-do-papiloma-humano-hpv>. Acesso em 20 Jan 2021
  • LIGA PORTUGUESA CONTRA O CANCRO. O que é o HPV?. Disponível em: <https://www.hpv.pt/o-que-e-o-hpv/>. Acesso em 20 Jan 2021
Mais sobre este assunto:

Carregando
...