Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Peniscopia: o que é, para que serve e como é feita

Revisão clínica: Rodolfo Favaretto
Urologista
dezembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como é feita
  3. Como se preparar
  4. Cuidados

A peniscopia é um exame de diagnóstico utilizado pelo urologista para identificar lesões ou alterações que não são visíveis a olho nu, ou verrugas microscópicas, que podem estar presentes no pênis, escroto ou região perianal em homens.

Geralmente, é indicado para diagnosticar infecções por HPV, mas, também pode ser usada em casos de herpes, candidíase ou outros tipos de infecções genitais, pois permite uma observação detalhada da região genital. Veja outros exames para detectar o HPV.

Esse exame é realizado no consultório do urologista e é simples e não dói, sendo aplicado ácido acético na região para ajudar a observar melhor a pele da região genital. Durante o exame, caso o médico verifique a presença de alguma alteração suspeita, pode coletar uma amostra para que seja feita a biópsia.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

A peniscopia é indicada para observar com mais detalhes o pênis, o saco escrotal ou região perianal em homens, podendo ser realizado para:

  • Identificar lesões pequenas ou microscópicas causadas pelo HPV;
  • Analisar verrugas genitais ou outras lesões que podem ser identificadas visualmente;
  • Avaliar a região genital ou perianal, quando a parceira ou o parceiro tenha diagnóstico de HPV ou de câncer de colo de útero, ou apresenta sintomas de HPV, mesmo que ainda não existam alterações visíveis no pênis;
  • Diagnosticar doenças virais, especialmente o HPV;
  • Acompanhar o tratamento de verrugas genitais causadas pelo HPV;
  • Diagnosticar câncer no pênis;
  • Investigar outras infecções sexualmente transmissíveis, como herpes genital ou sífilis, que causam feridas ou úlceras na região genital.

Além disso, a peniscopia pode ser feita pelo urologista para identificar a candidíase masculina, por exemplo. Saiba identificar os sintomas da candidíase no homem

Como é feita a peniscopia

A peniscopia é um exame simples e rápido, que não dói, feito no consultório do urologista, seguindo algumas etapas, como: 

  1. Aplicação de uma compressa com ácido acético a 5%, em volta do pênis durante cerca de 10 minutos, pois permite deixar as lesões mais evidentes;
  2. Observação da região com a ajuda de um peniscópio, que é um aparelho com lentes capazes de aumentar até 40 vezes a imagem.

No caso de serem identificadas verrugas ou qualquer outra alteração na pele durante a realização do exame, o médico pode realizar uma biópsia feita com anestesia local, para coletar uma pequena amostra da pele da região para ser analisada em laboratório, sendo assim possível identificar o tipo de alteração, e se a lesão é benigna ou maligna, e indicar o tratamento mais adequado. Saiba como é feito o tratamento do HPV no homem.

Como se preparar para a peniscopia

Para a realização da peniscopia, devem ser tomados alguns cuidados, como:

  • Aparar os pêlos pubianos antes do exame, sem raspar com lâmina;
  • Não ter relação sexual por 72 horas antes do exame, mesmo que seja com uso de camisinha;
  • Não colocar remédios no pênis ou região perianal no dia do exame;
  • Não lavar os genitais imediatamente antes do exame;
  • Informar ao médico se apresenta alguma alergia a remédios ou qualquer outra substância;
  • Informar ao médico sobre o uso de remédios anticoagulantes, como varfarina, heparina, rivaroxabana ou ácido acetilsalicílico, pois podem aumentar o risco de sangramento, caso seja feita biópsia.

Estes cuidados facilitam a observação do pênis e previnem falsos resultados, evitando ter de repetir o exame, além de prevenir complicações.

Cuidados após o exame

A peniscopia é um exame rápido e dura cerca de 15 a 20 minutos, sendo que após o exame, não são necessários cuidados adicionais. 

No entanto, caso tenha sido realizada a peniscopia com biópsia, é recomendado evitar relações sexuais durante 1 semana após o exame, além da aplicação de pomadas receitadas pelo urologista, para permitir a cicatrização da pele.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em dezembro de 2022. Revisão clínica por Rodolfo Favaretto - Urologista, em abril de 2020.

Bibliografia

  • MARQUES, S. M.; et al. Type-specific human papillomavirus infection among heterosexual males examined by peniscopy. Sex Transm Infect. 89. 1; 82, 2013
  • TRUZZI, J. C.; et al. Contemporary human papillomavirus genotyping and correlations to peniscopy, cytology, and histopatology on over 1000 males. Diagn Cytopathol. 48. 11; 1021-1026, 2020
Mostrar bibliografia completa
  • IARC WORKING GROUP ON THE EVALUATION OF CARCINOGENIC RISKS TO HUMANS. HUMAN PAPILLOMAVIRUSES. LYON (FR): INTERNATIONAL AGENCY FOR RESEARCH ON CANCER. Human Papillomavirus (HPV) Infection. 2007. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK321770/>. Acesso em 02 dez 2022
Revisão clínica:
Rodolfo Favaretto
Urologista
Médico formado pela Universidade de Ribeirão Preto com CRM-SP 133358 e especialista em Urologia desde 2016 pela Sociedade Brasileira de Urologia.

Tuasaude no Youtube

  • Como se livrar da CANDIDÍASE MASCULINA rapidamente

    06:45 | 39371 visualizações
  • O que significam as ALTERAÇÕES NO PÊNIS (coceira, manchas, espinhas...)

    03:57 | 533249 visualizações
  • Como LAVAR O PINTO do jeito certo

    02:40 | 227608 visualizações
  • HPV - o que é e como se trata

    02:57 | 852449 visualizações