Gabiroba: o que é, benefícios e como comer (com receitas)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
julho 2022

A gabiroba, conhecida também como guabiroba, é uma fruta rica em fibras que diminuem a absorção de gorduras dos alimentos, equilibrando os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue e evitando, assim, situações como aterosclerose, AVC  e infarto.

Além disso, a gabiroba também é rica em vitamina C e carotenoides, compostos com propriedades antioxidantes que ajudam a combater o excesso de radicais livres na pele, prevenindo a formação de rugas e a flacidez.

Variando entre as cores amarela, vermelha e verde, a gabiroba tem um sabor adocicado e pode ser encontrada em feiras e supermercados, podendo ser consumida ao natural ou usada em receitas, como sucos, geleias, molhos, bolos e licores.

Por possuir propriedades antioxidantes, hipolipemiantes e hipoglicemiantes, os principais benefícios do consumo da gabiroba para a saúde são:

1. Manter o bom funcionamento do intestino

Por conter ótimas quantidades de magnésio, um mineral que possui propriedades relaxantes, a gabiroba facilita a evacuação, melhorando o funcionamento do intestino.

Além disso, a gabiroba é rica em fibras que absorvem água para as fezes, deixando-as mais macias e facilitando sua passagem pelo intestino, ajudando, assim, a combater a prisão de ventre. Conheça outras frutas que ajudam a combater a prisão de ventre.

2. Diminuir o colesterol

As fibras presentes na gabiroba reduzem a absorção da gordura dos alimentos, diminuindo os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue e evitando, assim, doenças, como infarto, aterosclerose e derrame.

3. Prevenir anemia

A gabiroba previne a anemia, por ser rica em vitamina C, uma vitamina que  melhora a absorção de ferro dos alimentos, ajudando na formação da hemoglobina, um dos componentes das hemácias que é responsável por transportar o oxigênio no organismo e que normalmente está reduzida na anemia.

4. Equilibrar a pressão arterial

Por conter boas quantidades de potássio, um mineral que ajuda a eliminar o excesso de sódio do organismo, a gabiroba ajuda a equilibrar a pressão arterial, prevenindo complicações como infarto, AVC e insuficiência renal. Veja outros alimentos ricos em potássio.

5. Prevenir o envelhecimento precoce

Por ser rica em vitamina C, a gabiroba ajuda na produção de colágeno na pele, uma proteína que promove a maciez e sustentação da pele, prevenindo a formação de rugas, flacidez e o envelhecimento precoce.

6. Fortalecer o sistema imunológico

A gabiroba é uma fruta rica em vitamina C, uma vitamina que fortalece o sistema imunológico e as células de defesa do organismo, ajudando na prevenção de gripes, resfriados e alergias, por exemplo.

7. Ajudar na perda de peso

A gabiroba ajuda na perda de peso, por ser rica em fibras que aumentam o tempo de digestão dos alimentos, prolongando a saciedade e diminuindo a vontade de comer ao longo do dia.

Além disso, a gabiroba é uma fruta com baixo teor de calorias e carboidratos, sendo uma ótima opção para incluir em dietas para perda de peso.

Veja no vídeo a seguir outras frutas que também ajudam na perda de peso:

8. Controlar os níveis de glicose

Por ser rica em fibras, a gabiroba diminui a velocidade de absorção dos carboidratos dos alimentos, ajudando a controlar os níveis de glicose no sangue e prevenindo, assim, a resistência à insulina e a diabetes.

9. Prevenir osteoporose

Por conter magnésio e cálcio, minerais que participam da formação e manutenção dos ossos, a gabiroba ajuda na prevenção de fraturas, osteopenia e osteoporose.

Tabela de informação nutricional

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100g, o que equivale a aproximadamente 8 unidades, de gabiroba fresca:

Componentes

8 unidades de gabiroba fresca  (100g)

Energia

76 kcal

Proteínas

1,4 g

Carboidratos

10,82 g

Gorduras

1,7 g

Fibras

7,1 g

Potássio

215 mg

Cálcio

161,4 mg

Magnésio

77,9 mg

Manganês

2,4 mg

Beta-caroteno

2973 mcg

Alfa-caroteno

1208 mcg

Vitamina C

559,6 mg

Para se obter os benefícios da gabiroba é fundamental manter uma alimentação saudável e variada e praticar exercícios físicos regularmente.

Como consumir

Apesar de não existir uma quantidade específica indicada para o consumo de gabiroba, a recomendação diária de frutas é entre 2 a 3 porções, que corresponde de 12 a 19 unidades de gabiroba por dia, o que pesa entre 160g a 240 g.

A gabiroba pode ser consumida ao natural ou adicionada em receitas, como sucos, sorvetes, geleias, molhos, bolos e licores.

Receitas saudáveis com gabiroba

Algumas receitas saborosas e saudáveis com gabiroba são o suco e o bolo:

1. Suco de gabiroba

Ingredientes:

  • 100g de polpa de gabiroba;
  • 1 litro de água filtrada ou fervida;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater até ficar uma mistura homogênea. Transferir para uma jarra e, se preferir, adoçar com um pouco de mel. Servir em seguida.

2. Bolo de gabiroba

Ingredientes:

  • 2 xícaras de casca de gabiroba;
  • 2/4 de xícara de açúcar mascavo;
  • 1 xícara de azeite ou outro óleo vegetal;
  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 2 xícaras de leite ou bebida vegetal;
  • 1 colher de sopa de amido de milho;
  • 2 colheres de sopa de fermento químico em pó;
  • 3 ovos.

Modo de preparo:

Preaquecer o forno a 180 ºC. Em uma batedeira, bater as claras dos ovos até ficarem em ponto de neve e reservar. Lavar bem e descascar as gabirobas. Colocar as cascas de gabiroba com o leite no liquidificador e bater bem até ficar uma mistura homogênea.

Na batedeira, bater bem as gemas dos ovos com o açúcar e o óleo vegetal. Adicionar aos poucos a mistura de gabiroba à massa e, por fim, adicionar as claras em neve, batendo por alguns minutos. Colocar o fermento em pó na massa e misturar bem com uma colher. Transferir a massa para uma forma untada e assar no forno por 40 minutos. Esperar amornar e servir.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em julho de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em julho de 2022.

Bibliografia

  • EMBRAPA. Valor nutricional da Guabiroba. 2015. Disponível em: <https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/131712/1/2015-folder-guabiroba-ef.pdf>. Acesso em 25 jul 2022
  • SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE A BODIVERSIDADE BRASILEIRA. Biodiversidade e nutrição: grabiroba fruto inteiro. Disponível em: <https://ferramentas.sibbr.gov.br/ficha/bin/view/FN/ShortName/633_guabiroba_fruto_inteiro>. Acesso em 25 jul 2022
Mostrar bibliografia completa
  • WESP, L, Cristiane. CAracterização morfológica e f´sicio química de guabirobeiras (Campomanesia spp.) acessadas no estado do Rio Grande do Sul. tese de doutorado, 2014. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • ALVES, M, Aline et al. Caracterização física e química, fenólicos totais e atividade antioxidante da polpa e resíduo de gabiroba. Revista Brasileira de Fruticultura. Vol.35. 3.ed; 837-844, 2013
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 7 Melhores Frutas para Soltar o Intestino Preso

    12:40 | 35863 visualizações
  • 8 Melhores frutas para DIABETES

    16:43 | 337815 visualizações
  • 6 frutas para emagrecer mais rápido

    11:30 | 1364306 visualizações