Seriguela: o que é, benefícios e como comer

maio 2022

A seriguela, também conhecida como ciriguela, cajá vermelho, ciruela, jocote ou ciruela mexicana, é uma fruta fonte de fibras que diminuem a velocidade de absorção do açúcar dos alimentos, ajudando a controlar os níveis de glicose no sangue, prevenindo a resistência à insulina e a diabetes.

Além disso, a seriguela também é rica em vitamina C, flavonoides e carotenoides, compostos bioativos que possuem propriedades antioxidantes, protegendo as células saudáveis contra os danos causados pelos radicais livres, ajudando na prevenção de situações, como envelhecimento precoce, câncer e problemas cardiovasculares.

A seriguela é uma fruta que varia entre as cores verde, amarela, laranja e vermelha, com um sabor doce e levemente ácido, sendo comercializada em feiras e supermercados e que pode ser consumida ao natural ou usada no preparo de sucos, molhos, geleias e sorvetes, por exemplo.

A seriguela contém fibras, vitaminas e antioxidantes que promovem diversos benefícios para a saúde, como:

1. Combater a prisão de ventre

Por ser rica em água e fibras, a seriguela ajuda a aumentar a absorção de água no intestino, hidratando e facilitando a eliminação das fezes, combatendo, assim, a prisão de ventre. Conheça outros alimentos que também ajudam a combater a prisão de ventre.

2. Evitar a diabetes

A seriguela é rica em vitamina C e flavonoides, compostos bioativos com potente ação antioxidante, que ajudam a fortalecer e proteger as células do pâncreas contra os radicais livres, equilibrando os níveis de insulina no sangue e ajudando a evitar a resistência à insulina e a diabetes.

3. Ajudar no combate à anemia

Por ser rica em vitamina C, uma vitamina que ajuda a melhorar a absorção de ferro presente nos alimentos, a seriguela é uma fruta que pode ajudar no combate à anemia. Veja uma lista com alimentos ricos em vitamina C.

4. Facilitar a perda de peso

A seriguela é rica em fibras que ajudam a prolongar a sensação de saciedade, diminuindo o apetite ao longo do dia. Além disso, a seriguela também contém baixo teor de calorias, sendo uma ótima opção para incluir em dietas de perda de peso.

5. Prevenir o envelhecimento precoce

A seriguela ajuda a prevenir o envelhecimento precoce, porque é rica em flavonoides, carotenoides e vitamina C, potentes antioxidantes que evitam a formação de radicais livres no organismo, que são responsáveis pelos danos às células da pele, prevenindo, assim, a flacidez e as rugas. Saiba mais o que são e para que servem os antioxidantes.

6. Diminuir o colesterol

Por conter fibras, a seriguela ajuda a diminuir a absorção da gordura dos alimentos, diminuindo os níveis de colesterol “ruim”, o LDL,  no sangue, evitando doenças, como aterosclerose, infarto e derrame.

Além disso, os antioxidantes presentes na seriguela também evitam a oxidação das células de gordura, equilibrando os níveis de colesterol total e triglicerídeos no sangue.

7. Prevenir a pressão alta

A seriguela é rica em flavonoides, compostos com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que melhoram a saúde e elasticidade das artérias, facilitando a circulação de sangue e ajudando no controle da pressão arterial.

Além disso, a seriguela também contém potássio, um mineral que estimula a eliminação do excesso de sódio do organismo pela urina, ajudando na prevenção da pressão alta.

8. Fortalecer o sistema imunológico

Por ser rico em compostos antioxidantes, como a vitamina C, os carotenoides e os flavonoides, a seriguela fortalece as células do sistema imunológico, ajudando no combate de microrganismos e na prevenção de situações, como alergias, gripes e resfriados.

Tabela de informação nutricional

A tabela a seguir contém a informação nutricional de 100g, o que equivale a aproximadamente 5 unidades de seriguela:

Componentes

100g (5 unidades) de seriguela

Energia

76 calorias

Carboidratos

18,9 g

Fibras

3,9 g

Gordura

0,4 g

Proteínas

1,4 g

Vitamina C

27 mg

Carotenoides

639 mcg

Potássio

258 mg

Fósforo

49 mg

Magnésio

18 mg

Cálcio

27 mg

É importante lembrar que para se obter os benefícios com o consumo da seriguela, é fundamental manter uma alimentação saudável, associada à prática de atividades físicas regulares.

Como Consumir

A seriguela pode ser consumida ao natural e, de preferência com a casca ou pode ser usada em preparações como licores, sucos, geleias, molhos e sorvetes, por exemplo. Além disso, a farinha torrada feita com o caroço da fruta também pode ser usada para a produção de bolos ou biscoitos.

Já as folhas da serigueleira, que é a árvore da seriguela, são usadas popularmente no preparo de chás. No entanto, ainda não existe comprovação científica sobre os benefícios, os efeitos colaterais e as contraindicações do uso das folhas dessa árvore.

Receitas saudáveis com seriguela

Os bolos, sucos, bolos e molhos são algumas receitas saudáveis e saborosas com a seriguela.

1. Bolo de seriguela

Ingredientes:

  • 1 e ½ copo de seriguela sem o caroço;
  • ½ xícara de azeite ou óleo de coco;
  • 3 ovos;
  • 1 colher de adoçante culinário ou 1 xícara de açúcar mascavo;
  • 3 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó.

Modo de preparo:

Lavar bem as seriguelas e retirar os caroços com as mãos. Colocar a polpa e a casca da seriguela, os ovos e o azeite, ou óleo de coco, e o açúcar no liquidificador. Bater até a mistura ficar bem homogênea, transferir a mistura para uma tigela e misturar a farinha aos poucos, com uma espátula ou colher. Colocar o fermento, misturando bem à massa. Transferir a massa para um tabuleiro untado e levar para assar no forno, pré-aquecido à 180 ºC, por 30 a 40 minutos.

2. Suco de seriguela

Ingredientes:

  • 400 g de seriguela;
  • 1 litro de água filtrada ou fervida;
  • Pedras de gelo à gosto.

Modo de preparo:

Lavar bem e retirar os caroços das seriguelas. Colocar a polpa e a casca da fruta no liquidificador com a água e bater bem. Acrescentar as pedras de gelo, batendo mais um pouco até a bebida ficar cremosa e servir.

3. Molho de seriguela com ervas

Ingredientes:

  • 200 g de seriguela;
  • ½ xícara de chá de vinho branco;
  • 2 colheres de sopa de açúcar;
  • 6 ramos de salsinha;
  • 8 folhas de sálvia;
  • 6 ramos de tomilho;
  • 5 colheres de sopa de azeite;
  • 1 xícara de água;
  • Sal e pimenta do reino à gosto.

Modo de preparo:

Lavar, secar bem e picar as folhas de salsinha, sálvia e tomilho e reservar. Lavar bem e retirar as sementes da seriguela. Bater no liquidificador as polpas e cascas das seriguelas com o vinho, o açúcar e a água, até ficar uma mistura homogênea e reservar. Em uma panela, aquecer o azeite e refogar por 2 minutos as folhas das ervas em fogo médio, mexendo sem parar. Colocar a mistura de seriguela, a pimenta e o sal na frigideira. Cozinhar a mistura, mexendo de vez em quando, por 3 minutos ou até o molho ficar bem encorpado. Apagar o fogo e servir o molho com carnes ou vegetais.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em maio de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em maio de 2022.

Bibliografia

  • SILVA, C, Maria Carla. Caracterização in vitro do potencial antioxidantes de extrato obtido a partir da seriguela. Tese de conclusão de bacharelado em nutrição, 2018. Universidade Federal de Campina Grande.
  • BARBOSA, C, Frederico. Nutrição em foco: uma abordagem holística. 3.ed. Piracanjuba-Goiás: Conhecimento Livre, 2020. 554-567.
Mostrar bibliografia completa
  • ALMEIDA, F, Cynthia Layse et al. Spondias purpurea L. (Anacardiaceae): Antioxidant and Antiulcer Activities of the Leaf Hexane Extract. Oxidative Medicine and Cellular Longevity. Vol.2017. 1-16, 2017
  • ALBUQUERQUE, G, Juliana et al. Integral utilization of seriguela fruit (Spondias purpurea L.) in the production of cookies. Revista Brasileira de Fruticultura. Vol.38. 3.ed; 1-7, 2016
  • ABREU, M, Danilo José. Semente de seriguela: caracterização nutricional, antinutricional e aplicabilidade tecnológica. Tese de conclusão de pós graduação em ciência e tecnologia de alimentos , 2019. Universidade Federal de Goiás.
  • ORTEGA, F, Nailene et al. Características físicas e químicas dos frutos Spondias purpurea L. e Campomanesia adamantium. Brazilian Journal of Food Research. Vol.10. 3.ed; 101-108, 2019
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - TACO. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 17 fev 2022
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 7 Melhores Frutas para Soltar o Intestino Preso

    12:40 | 141889 visualizações
  • 6 frutas para emagrecer mais rápido

    11:30 | 1432595 visualizações